24 Horas de Daytona: Fittipaldi, Law e Donohue são 5º e conquistam melhor resultado pela Corvette

Postado por -

Carro número 5 da equipe Action Express teve problemas no motor e na troca de freios

Mais uma prova emocionante marcou neste domingo (dia 29) os 50 anos da tradicional 24 Horas de Daytona, prova de endurance que abre a temporada da categoria Grand-Am nos Estados Unidos. Cinquenta e oito carros – nas categorias DP e GT – participaram da disputa no circuito misto de Daytona Beach, na Flórida. Nas 24 horas, a corrida teve o total de 761 voltas, com 14 bandeiras amarelas.

Correndo a prova pela sétima vez, o brasileiro Christian Fittipaldi e os companheiros Darren Law e David Donohue terminaram na quinta posição, com o protótipo Chevrolet / Corvette de número 5 da equipe Action Express Racing (categoria DP).

A vitória ficou com os pilotos AJ Allmendinger, Oswaldo Negri, John Pew e Justin Wilson, da equipe Michael Shank Racing. Os protótipos Ford / Riley mostraram-se imbatíveis e, além do primeiro lugar, também conquistaram a segunda e a terceira posição.

Fittipaldi e os companheiros tiveram problemas desde os treinos de quinta-feira, quando uma quebra do motor impediu a equipe de participar do treino de classificação. Largando em último lugar, Law parou logo na primeira volta da corrida com o motor falhando. A equipe aguardou a primeira bandeira amarela para solucionar o problema, que só foi totalmente superado após seis horas de disputas.

Na metade da prova, o carro chegou a estar na terceira posição. Mas um problema na troca do freio fez o time cair duas colocações. Apesar disso, a equipe conquistou o melhor resultado a bordo de um Corvette, que foi a grande sensação dos treinos.

"Considerando todos os problemas que tivemos, estou contente com este quinto lugar. Nas seis primeiras horas, o motor estava falhando, mas quando resolvemos, o carro estava bem competitivo. Na metade da prova, quando paramos para realizar uma troca normal da pastilha e disco de freio, o disco da roda traseira externa ficou preso e perdemos umas três voltas nos boxes para arrumar", contou Fittipaldi.

"Quando amanheceu, estava bem quente, e o carro piorou muito. Ficou difícil de guiar. Éramos um segundo, um segundo e meio mais lento. Mas, no geral, estou feliz. Fomos o melhor Corvette na prova e, sem dúvida, os carros da Ford dominaram a corrida. Eles tinham muita potência e uma vantagem, principalmente na reta. Fizeram a lição de casa direitinho e estão de parabéns, mas com certeza estavam em um estágio bem diferente dos demais", finalizou o brasileiro, que foi campeão das 24 Horas de Daytona em 2004 e terceiro colocado no ano passado.

Confira os 10 primeiros nas 24 Horas de Daytona de 2012:

1 Allmendinger / Negri / Pew / Wilson Michael Shank Racing with Curb-Agajanian / Ford Riley 761 voltas
2 Dalziel / Luhr / McNish / Popow / Potolicchio Starworks Motorsport / Ford Riley 761
3 Goncalvez / McDowell / Nasr / Yacaman Michael Shank Racing with Curb-Agajanian / Ford Riley 761
4 Dixon / Franchitti / McMurray / Montoya Chip Ganassi Racing with Felix Sabates / BMW Riley 760
5 Donohue / Fittipaldi / Law Action Express Racing / Corvette DP 758 
6 Hand / Pruett / Rahal / Rojas Chip Ganassi Racing with Felix Sabates / BMW Riley 757
7 Frisselle / Frisselle / Lowe / Tracy Doran Racing / Ford Dallara 748
8 Garcia / Gavin / Magnussen / Westbrook Spirit of Daytona / Corvette DP 746
9 Barbosa / Borcheller / France / Papis Action Express Racing / Corvette DP 739
10 Hunter-Reay / Mayer / Potolicchio / Potolicchio / Valiante Starworks Motorsport / Ford Riley 736 

Fonte: FG Com

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.