A importância da calibragem

Postado por -
Manter o pneu com a pressão correta melhora o desempenho do carro e economiza combustível
 
Você calibra os pneus do seu carro toda semana? Se a resposta é não, saiba que andar com os pneus com pressão cerca de 20% abaixo da especificada no manual do veículo pode reduzir a vida útil do seu pneu em até 30%. Além disso, pneus murchos também acarretam um maior consumo de combustível, podendo variar de 18% a 25% a mais, segundo informações da Bridgestone, maior fabricante mundial de pneus.
 
A pressão acima também não é recomendável. O excesso pode causar um desgaste mais acentuado, perda de estabilidade em curvas, maior propensão a estouros e rachadura na base dos sulcos.
 
Uma pesquisa realizada pela empresa apontou que um em cada cinco motoristas dos principais países latino-americanos dirige com baixa pressão em pelo menos um dos pneus de seu carro. Esse estudo também detectou que um em cada sete motoristas dirige em situação de risco por deixar os pneus com pressão abaixo do limite mínimo de segurança (9 psi abaixo do recomendado).
 
Como resultado, os motoristas desperdiçam anualmente 100 milhões de litros de combustível. Os números também refletem na emissão extra de 236 milhões de kg de CO2 na atmosfera.
 
José Carlos Quadrelli, Gerente Geral de Engenharia de Vendas da Bridgestone, explica que rodar com o pneu abaixo da pressão indicada aumenta o contato dos ombros do pneu com o piso e o desgaste nessas regiões do pneu, aumentando o consumo de combustível e comprometendo a eficiência do componente. Além disso, exige mais esforço do motor. “A calibragem dos pneus, além de fundamental para a segurança, é item essencial tanto para a boa condição de rodagem, para um menor desgaste, boa dirigibilidade e é um dos principais influenciadores do consumo de combustível e, consequentemente, na emissão de poluentes”, alerta.
 
Outro ponto importante é não esquecer de checar as condições do estepe e mantê-lo pronto para o uso. Uma dica é colocar até cinco libras a mais do que o normal, já que o pneu reserva nem sempre é calibrado com a mesma frequência dos pneus em uso. A pressão correta do pneu é a indicada pelo fabricante do veículo e deve ser checada sempre com o pneu frio.

Fonte: segs

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.