Barrichello, Stafuza e Cattucci formam pódio em Florianópolis no Sul-Americano de Kart

Postado por -

International Rotax Max Challenge South American, que terminou neste domingo em Santa Catarina, rendeu ao piloto da Stock Car uma vaga para o Campeonato Mundial da categoria. Pilotos da KFF Pro Racing terminam entre os melhores na Graduados

A edição de 2015 do International Rotax Max Challenge South American, que reuniu mais de 100 pilotos de diversos países do cone sul durante esta semana no Kartódromo Arena Sapiens, em Florianópolis (SC), terminou neste domingo (5) com o atual campeão da Stock Car brasileira no alto do pódio. Pela categoria DD2, a primeira posição na competição ficou com Rubens Barrichello, que recebeu a bateria final neste domingo à frente do argentino Brian Stafuza e do brasileiro campeão mundial de kart em 2008, Alberto Cattucci.

O International Rotax Max Challenge South American é a principal competição sul-americana do kartismo na atualidade. Promovido pela fabricante austríaca de motores Rotax, o torneio reúne pilotos que buscam, além do título sul-americano de kart, uma vaga no campeonato mundial da marca, o Rotax Max Challenge Grand Finals.

Sul-Americano de Kart: Barrichello, Stafuza e Cattucci formam pódio em Florianópolis

Sul-Americano de Kart: Barrichello, Stafuza e Cattucci formam pódio em Florianópolis

Na opinião de Alberto Cattucci, que é reconhecido como um dos melhores pilotos brasileiros de kart da atualidade, o torneio encerrado neste domingo apresentou um nível técnico coerente com sua proposta de reunir os melhores do continente.

“Tivemos uma semana muito dura e que exigiu bastante trabalho. Chegamos ao circuito no início da semana 1s2 por volta mais lentos do que os principais nomes da semana, e conseguimos reverter esta diferença para estar competitivos na final”, disse Cattucci, um dos destaques da equipe paulista KFF Pro Racing. “Desta vez a vaga para a final mundial nos escapou, mas ainda temos o Campeonato Brasileiro pela frente para buscar esta vitória”, acrescentou.

Depois de superar um problema de motor nos treinos livres e classificação, o paulista havia se recuperado na bateria pré-final e estava entre os TOP-5 quando sofreu um novo revés: em razão de um toque involuntário em um adversário mais lento, recebeu um acréscimo de 10s ao seu tempo total de prova. A punição, mesmo controversa, jogou Cattucci para o 13o lugar no grid na corrida final.

“Sabíamos que o título e a vaga para o mundial tinham ficado mais distantes depois deste resultado. Mas fomos em busca do pódio e ter chegado em terceiro foi, de certa forma, um prêmio ao esforço de toda a equipe. Só tenho a agradecer a todos os que trabalharam comigo para que este objetivo pudesse ser atingido”, acrescentou.

Cunha brilha na final – Além da boa atuação de Alberto Cattucci pela categoria DD2, a equipe KFF Pro Racing comemorou mais um resultado positivo em Florianópolis com o paulista João Cunha. Inscrito na Rotax Max Sênior, ele teve um problema elétrico na bateria pré-final e foi obrigado a largar em último na prova decisiva. Do final do grid, Cunha rapidamente abriu espaço até a segunda posição, mas recebeu um toque e cruzou a linha de chegada em quinto.

“Superamos bem as adversidades que apareceram nesta semana e, graças ao ótimo trabalho de toda a equipe, tive um kart que me permitiu recuperar muitas posições na final. Quero agradecer à KFF Pro Racing pelo ótimo trabalho realizado em Florianópolis”, encerrou Cunha.

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.