Cacá Bueno começa hoje em Interlagos a busca pelo pentacampeonato da Copa Caixa Stock Car

Postado por -

 Cacá Bueno é o piloto a ser batido no grid da Copa Caixa Stock Car 2012. Ano passado, ele faturou seu quarto troféu de campeão na principal categoria do automobilismo brasileiro e igualou a marca do lendário Paulão Gomes, que também conquistou 4 títulos. Aos 35 anos, o piloto do carro #0 da Red Bull Racing tem certeza que a pressão não lhe incomoda mais.

“Estou tranquilo e confiante para mais essa temporada. Principalmente porque vou contar com a mesma estrutura na equipe onde já ganhei dois títulos e fui vice-campeão uma vez”, disse Cacá Bueno, campeão da Stock Car em 2006, 2007, 2009 e 2011. “Por causa disso, temos tudo para brigar por mais um título esse ano. Agora, se eu vou ganhá-lo de novo ou não é uma outra história”, admitiu.

Hoje começam os treinos livres para a primeira etapa da temporada, no Autódromo de Interlagos (SP), o templo do automobilismo brasileiro. No domingo, a corrida terá transmissão ao vivo na Globo, com largada programada para 9h30. Tudo indica que a disputa já começará quente entre as feras da Copa Caixa Stock Car.

Mesmo não tendo liderado os testes de pré-temporada,no início do mês no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), Cacá Bueno sabe que o trabalho realizado será útil ao longo do ano. “Não fomos os mais rápidos, mas conseguimos sucesso na aquisição de dados e informações importantes para a temporada toda”, explicou. No AIC, o mais rápido foi Ricardo Maurício (Eurofarma RC), vice-campeão em 2011.

Em 2012, o atual campeão não pensa em pressão. “Começar ano como campeão não muda minha postura, nada disso, até porque não é novidade, já aconteceu algumas vezes. Acho que era mais difícil quando não tinha um título. Hoje é mais fácil porque já vivi essa situação”, contou Cacá Bueno.

Querendo ou não, Cacá Bueno está na mente do restante do grid da Copa Caixa Stock Car como o principal adversário no campeonato deste ano. Não há um piloto que não gostaria de superar o tetracampeão. Mesmo assim, ele mantém o discurso tranquilo de vencedor.

“A condição de ser campeão não prejudica ou ajuda. Sou mais pressionado por mim mesmo, pelos meus patrocinadores e minha equipe. Não me sinto pressionado pelos concorrentes. Vou pilotar neste ano sem pensar nisso e pretendo, claro, brigar de novo pelo título. Depois das férias longe das pistas, não vejo a hora de acelerar de novo”, finalizou Cacá Bueno.

Leia também:

Carro da 1ª temporada de Ayrton Senna na F1 será leiloado

Linha Mitsubishi L200 Triton cresce em 2012

Fonte: StockCar Press

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.