Capacete de Ouro: Revista Racing premia os melhores de 2011

Postado por -

Solenidade de entrega dos troféus do Capacete de Ouro 2011 ocorreu na última segunda-feira (12/12) e premiou os melhores pilotos do ano em 17 categorias

Reconhecimento, história e incentivo. O Oscar do automobilismo nacional mais uma vez foi marcado pelo sucesso. A 15ª edição do Capacete de Ouro, realizada na última segunda-feira (12/12) na casa de shows Via Funchal em São Paulo (SP), premiou os melhores pilotos brasileiros de 2011 e emocionou todos os presentes, com uma homenagem inesperada aos ícones da velocidade que fizeram história no Brasil. O destaque deste ano também ficou por conta dos belos troféus do concurso, que foram totalmente redesenhados e banhados a ouro, em comemoração ao 15º aniversário da premiação.

Para começar a noite apresentada por Isabel Reis, vice-presidente da Motorpress Brasil, foram apresentadas aos convidados e pilotos imagens icônicas dos 15 anos do Capacete de Ouro. Apareceram nos telões as mudanças nas fisionomias de alguns dos principais integrantes desta história de sucesso.

Em seguida, os primeiros troféus começaram a ser entregues, iniciando pela premiação oficial da Fórmula Futuro e do Trofeo Linea, dois certames promovidos pela Fiat, patrocinadora máster do evento. Nos monopostos, o campeão Guilherme Silva teve até trabalho para erguer o belo caneco da categoria apadrinhada por Felipe Massa, que felicitou seus pupilos, incluindo Luir Miranda, que foi o vice. No Trofeo Linea, o campeão Cacá Bueno, também recebeu seu troféu das mãos de Massa, assim como o vice, Popó Bueno.

Depois disso, aí sim as 17 categorias do Capacete de Ouro foram convocadas ao palco, a começar pelo Trofeo Linea Fiat, onde Cacá Bueno voltou a vencer um Capacete de Ouro – o quinto de sua carreira -, deixando seu irmão Popó com o de Prata e Giuliano Losacco com o de Bronze. A Fórmula Futuro Fiat foi a próxima e Guilherme Silva levou o Ouro, com Luir Miranda com Prata e Jonathan Louis ficando com o de Bronze.

A seguinte foi a Categoria Top, na qual o Capacete de Ouro ficou com Tony Kanaan, que agora coleciona cinco conquistas. Hélio Castroneves ficou com o Capacete de Prata, enquanto que Vitor Meira levou Bronze.

Nas competições de velocidades na terra, a dupla Rafael Túlio/Julimar Ferro ficou com Capacete de Ouro na Categoria Rali, que também entregou o Prata para L. Armone/F. Costa e o Bronze para F. DallAgnol/G. Morales. Já na classe Off-road, Guilherme Spinelli/Youssef Haddad receberam o Ouro, Reinaldo Varela/Edu Bampi o Prata e Cristian Baumgart/Beco Andreotti o Bronze.

De volta ao asfalto, Constantino Júnior ficou com o Capacete de Ouro na categoria Porsche GT3, seguido por Clemente Lunardi, com o de Prata e Ricardo Baptista, com o de Bronze. Silvio de Barros foi eleito pelos jornalistas como o melhor da temporada na Porsche Challenge, deixando Gilberto Farah com o Prata e Fernando Barci com o Bronze.

O baiano Patrick Gonçalves foi o próximo premiado com o Capacete de Ouro na noite, desta vez na categoria Turismo, que teve Neto de Nigris com o de Prata e Marcelo Hahn com o de Bronze.

Foi então que houve uma pausa nas premiações e o palco teve apenas a presença de Isabel Reis, que realizou a declamação de um belo poema em homenagem aos pilotos Dan Wheldon, Gustavo Sondermann, Luiz Pereira Bueno e o designer Sid Mosca, eterno parceiro das premiações do Capacete de Ouro, que faleceram nesta temporada.

Logo depois, os novos troféus voltaram a ser entregues. Primeiro para Fabiano Machado, Capacete de Ouro na categoria Fórmula, superando Guilherme Silva (Prata) e Bruno Bonifácio (Bronze).

Na Itaipava GT3, apesar de o campeonato deste ano ainda não estar decidido, Valdeno Brito e Matheus Stumpf já foram escolhidos pelos jornalistas como os melhores da temporada e ficaram com o segundo Capacete de Ouro consecutivo. Xandy Negrão e seu filho Xandinho receberam Prata, enquanto Marcelo Hahn e Allam Khodair ficaram com Bronze. O mesmo aconteceu na Itaipava GT4, onde Caio Lara/Cristiano Federico levaram o Ouro, Sérgio Laganá/Alan Hellmeister o Prata e Valter Rossete/Fabio Greco o Bronze.

Mesmo antes de ser chamado para a premiação da categoria Fórmula 1, Rubens Barrichello subiu ao palco para ser o padrinho das categorias do kart, começando pela Revelação, na qual o pequenino Paulo Coelho, de oito anos, levou seu primeiro Capacete de Ouro da carreira, com Yanni Fontana o Prata e João Guim o Bronze. Depois, na Categoria Kart, o experiente Danilo Dirani levantou seu segundo Capacete de Ouro, deixando o ainda menino Vitor Baptista (13 anos) com o Capacete de Prata e Fernando Guzzi com o de Bronze.

A história do automobilismo nacional também não foi deixada de lado e todos os integrantes da saudosa Equipe Vemag – uma das primeiras profissionais do Brasil – receberam menção honrosa. Aliás, este acabou sendo o ponto alto da festividade, já que os mais de 500 convidados aplaudiram de pés alguns dos nossos primeiros heróis do automobilismo: Anísio Campos, Eduardo Scuracchio, Flávio Del Mese, Francisco Lameirão, Jan Balder, Jorge Lettry, Mário César de Camargo Filho, Miguel Crispin, Milton Masteguin, Otto Kuttiner, Paulo Trevisan, Ricardo Magnusson, Toni Bianco e Bird Clemente.

Então, a solenidade seguiu para seu "stint final" de entrega de troféus, a começar pela categoria Internacional, que teve Felipe Nasr com o seu segundo Capacete de Ouro da carreira, Pietro Fittipaldi com o de Prata e Lucas Foresti com o de Bronze.

Felipe Giaffone foi eleito como o melhor da temporada da Fórmula Truck em 2011 e levou para casa mais um Capacete de Ouro para a coleção, o seu quarto, deixando para trás em 2011 Geraldo Piquet (Prata) e Valmir Benavides (Bronze).

Na categoria Nacional, mais uma decisão apertada e Cacá Bueno levou seu segundo Capacete de Ouro da noite, o sexto de toda a carreira, com Thiago Camilo a ficar com o de Prata e Max Wilson com o de Bronze.

Como não poderia deixar de ser, a Fórmula 1 foi a última categoria chamada ao palco e, para surpresa de muitos, Bruno Senna desbancou Felipe Massa e Rubens Barrichello e foi o escolhido pelos jornalistas convidados pela Motorpress. No entanto, em comemoração aos 15 anos do prêmio, os organizadores decidiram entregar também para Massa e Barrichello Capacetes de Ouro.

Veja todos os ganhadores do Capacete de Ouro 2011:
Trofeo Fiat Linea: Cacá Bueno
Fórmula Futuro Fiat: Guilherme Silva
Top: Tony Kanaan
Rali: Rafael Túlio/Julimar Ferro
Off-road: Guilherme Spinelli/Youssef Haddad
Porsche GT3: Constantino Júnior
Porsche Challenge: Silvio de Barros
Turismo: Patrick Gonçalves
Fórmula: Fabiano Machado
Itaipava GT3: Valdeno Brito/Matheus Stumpf
Itaipava GT4: Caio Lara/Cristiano Federico
Revelação: Paulo Coelho
Kart: Danilo Dirani
Internacional: Felipe Nasr
Truck: Felipe Giaffone
Nacional: Cacá Bueno
Fórmula 1: Bruno Senna

Fonte: Master Mídia

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.