Carro Antigo/ Jaguar XK 120 Jabbeke

Postado por -

Os nobres também correm. Trata-se de um Jaguar XK 120 de 1953, recordista de velocidade na Bélgica, que chegou a 172 milhas (ou 276,80 km/h) nas mãos de Norman Dewis. Depois que provou o gosto da aventura na pista de Jabbeke, o XK ficou guardadinho numa garagem europeia.

Até que em 2011 começou a receber os cuidados da equipe de restauradores especialistas em Jaguar e recentemente ganhou importantes prêmios. Dewis colaborou no trabalho de resgate do veículo e emocionou-se ao encontra-lo pronto para rodar após 60 anos. A restauração contou com partes e peças vindas do mundo todo, embora outras tenham sido refeitas como o “cockpit de avião”. O interior partiu do zero em couro e madeira. A mecânica segue a intenção do projeto original, mas recebeu alterações como um novo radiador. “A grande dificuldade em ser fiel a um carro tão especial como esse, é que só havia esse”, diz com bom humor um dos responsáveis pelo restauro.

(Fotos: Ultimatecarpage.com/ Fonte: Forbes.com)

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

 

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

 

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

 

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

 

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

 

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

 

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

 

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

Jaguar XK120 Jabbeke (Foto: Ultimatecarpage.com)

A Fer Alvarenda é uma das jornalistas do antigomobilismo mais queridas e conhecidas do Brasil. Em suas veias corre ferrugem, no "antigomobilismo sentido".