Chery Automobile bate novo recorde de exportação

Postado por -

A Chery se consagrou em 2011, pelo 11º ano consecutivo, como a maior fabricante de veículos independente da China. A montadora encerrou o ano com 643 mil unidades vendidas dentro e fora de seu país. No mercado externo, as vendas alcançaram aproximadamente 160.200 unidades, o que representa um aumento anual de 73% e ultrapassa a marca histórica da montadora conquistada em 2008, atingindo um novo recorde da fabricante.

Em 2011, a Chery intensificou seu plano de internacionalização com anúncio de novas plantas, incluindo o Brasil e Venezuela, e adotou modelos de operação de companhias multinacionais, como, por exemplo, a joint venture com a Valeo para produção e fornecimento de produtos voltados à iluminação automotiva.

No ano passado, três modelos Chery foram destaque no mercado externo. O sucesso desses veículos está ligado ao design internacional desenvolvido em parceria com estúdios consagrados mundialmente, como Pininfarina, e a busca constante pela qualidade. Prova disso, foi o nível de aceitação no mercado internacional do Chery Cielo, batizado de A3 na China, um dos modelos mais exportados pela marca em 2011. O modelo ostenta uma aparência que agrada a todos os públicos do mundo e apresenta padrões internacionais de segurança, além de motor potente e econômico.

Outros dois modelos que ganharam ênfase no mercado internacional foram o Face, batizado de A1 na China, e o Tiggo, ambos comercializados no Brasil, assim como o Cielo. O Face conquistou níveis de popularidade principalmente no mercado da América do Sul. Já o Tiggo, que até o momento recebeu 50 certificados MVTA (Motor Vehicle Type Approval – certificado de teste de padrões para a circulação de veículos na Europa), esteve acima dos padrões internacionais em relação à aparência, acabamento, controle e segurança. Em 2011, as exportações do Tiggo chegaram ao topo da lista dos modelos da Chery pela primeira vez e fortaleceram a imagem da marca no mercado internacional.

Além das vendas para o mercado interno e externo, algumas áreas da Chery tiveram papel fundamental no desempenho da empresa durante o ano. A área de Pesquisa & Desenvolvimento da empresa aplicou mais de 6 mil patentes e ganhou mais de 4 mil, desfrutando de uma liderança confortável na indústria automobilística da China.

Sua inovação técnica não ficou presa ao desenvolvimento e ao design de produtos, mas foi estendida também ao campo técnico de testes. No centro de testes automotivos da Chery – o maior e mais funcional centro de tecnologia automotiva da Ásia – existem laboratórios de partes automotivas, conservação de energia e proteção ambiental, testes de estrada, powertrain, segurança passiva, materiais e medida, e uma faixa de teste de controle e estabilidade, que vão ao encontro da necessidade dos 30 novos modelos desenvolvidos e 2 milhões veículos fabricados todo ano.

Seguindo o cenário positivo da fabricante, as vendas dos veículos Chery no Brasil triplicaram em relação a 2010. Foram 21.682 emplacamentos em 2011, o que rendeu à montadora a conquista de duas posições no ranking da Fenabrave. O modelo QQ foi o principal responsável pelo aumento na quantidade de vendas, com 9.923 emplacamentos no acumulado do ano.

Fonte: Chery press

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.