European F3 Open: Estrela em 2010, Victor Corrêa volta a Monza neste fim de semana

Postado por -

Mineiro de Alfenas causou espanto geral na Itália no ano passado, quando venceu duas vezes no European F3 Open. Neste fim de semana (1 e 2/10), o brasileiro volta para a sexta rodada da temporada 2011 do certame.

O mítico Autodromo Nazionale di Monza é realmente especial para Victor Corrêa (Unifenas/Terramare/Guapé). No ano passado o brasileiro causou espanto geral, ao largar da pole position duas vezes e vencer as duas corridas do European F3 Open. Neste fim de semana (1 e 2/10), o terceiro colocado do campeonato e forte candidato à disputa do título parte mais uma vez para a simpática cidade próxima à metrópole Milão, na província da Lombardia, ao norte da península.

"Vou tentar repetir o desempenho do ano passado, que me abriu as portas para a mídia européia e para renovar em excelentes condições com o meu time para este ano", planeja Victor Corrêa, que na disputa daquele ano liderou todas as ações da categoria Light e com um modelo inferior venceu na Geral, motivo real do furor da imprensa européia.

Victor vai à busca da recuperação imediata no campeonato, depois de uma etapa conturbada em Portugal, onde teve problemas mecânicos no carro e não pontuou em nenhuma das corridas pela primeira vez em dois anos. "Foi uma etapa difícil, porque os problemas com o motor nos treinos acabaram atrapalhando bastante na hora de acertar o carro. Além de ter levado uma batida na primeira corrida que levou minha suspensão embora, meu carro estava muito ruim, meu engenheiro estava perdido", lamentou o piloto apoiado por Unifenas/Terramare/Guapé.

"Mas agora já estou de cabeça erguida e ansioso para sentar no cockpit em Monza, onde consegui minhas duas primeiras vitórias na Fórmula 3 no ano passado", disse o mineiro, um dos dois pilotos que venceram mais deu uma prova em 2011, que está se mostrando a mais equilibrada das últimas temporadas, com oito vencedores diferentes em 10 corridas: Victor Corrêa (Magny-Cours/França e Brands Hatch/Inglaterra) e o dinamarquês Johan Jokinen (Valência/Espanha e Magny-Cours/França).

Monza é um dos circuitos mais tradicionais do mundo, recebendo a Fórmula 1 desde 1950, com exceção a 1980, quando o GP da Itália foi disputado em Imola. Com longas retas, o traçado é o mais rápido do calendário do European F3 Open. "É uma pista sensacional e que eu gosto muito. E não é só por conta das minhas vitórias em 2010. As Variantes, as retas e a Parabolica são emocionantes e, junto com a história do circuito, fazem de Monza um lugar único para se pilotar", vibrou o representante da cidade de Alfenas (MG).

No campeonato, Victor Corrêa é o terceiro colocado da tabela, com a marca de 52 pontos, 22 a menos que o suíço Alex Fontana, que lidera a tabela.

Programação do European F3 Open em Monza (horários de Brasília):
SEXTA-FEIRA (30/09)
4h40/5h10 Treino Livre 1
7h25/7h55 Treino Livre 2
11h30/12h Treino Livre 3
SÁBADO (01/09)
5h55/6h25 Classificação
12h Largada para Corrida 1 (16 voltas ou 35 minutos)
DOMINGO (02/09)
7h10 Largada para Corrida 2 (16 voltas ou 35 minutos)

A classificação do Campeonato está assim:
1) Alex Fontana (Suíça), 75 pontos;
2) Fábio Gamberini (Brasil), 63;
3) Victor Corrêa (Brasil), 52;
4) David Fumanelli (Itália), 45;
5) Yann Cunha (Brasil), 42;
6) Niccolo Schiro (Itália), 37;
7) Johan Jokinen (Dinamarca), 36;
8) Juan Carlos Sistos (México), 34;
9) Noel Jammal (Líbano), 33;
10) William Vermont (França), 30;
10) Fahmi Llyas (Malásia), 30;
12) Tonõ Fernandes (Espanha), 25;
13) Nil Monserrat (Espanha), 20;
14) Matteo Beretta (Itália), 16;
14) Sam Dejonghe (Bélgica), 16;
16) Fernando Monje (Espanha), 10;
17) Jesus Rios (Estados Unidos), 7;
18) Matteo Davenia (Itália), 2;
18) Matteo Torta (Itália), 2.

Fonte: NULL

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.