European F3 Open: Yann Cunha enfrenta problemas e não pontua na Itália

Postado por -

A sexta rodada dupla do European F-3 Open, realizada neste fim de semana no autódromo de Monza, na Itália, não deixará boas recordações ao piloto brasileiro Yann Cunha, da equipe espanhola Hache Team.

Depois de conquistar sua primeira vitória na Europa na etapa anterior, disputada em Portugal, Yann tinha boas expectativas para as corridas deste sábado e domingo no veloz circuito italiano. E, de fato, começou o fim de semana de forma positiva.

Um problema de motor ocorrido no treino classificatório para a corrida de sábado, no entanto, começou a transformar uma etapa que parecia promissora para o brasileiro, em um fim de semana sem pontos.

Largando na metade do pelotão, Yann acabou sendo tocado na variante Ascari ainda no início da primeira prova, e só retornou à pista onze segundos atrás do último colocado da corrida naquele momento.

Com um ritmo semelhante ao dos primeiros colocados, o brasileiro ainda cruzou a linha de chegada em 12o, mas perdeu a chance de se manter entre os Top-5 da tabela mesmo sem ter participado de todas as corridas da temporada.

"No treino de classificação de sábado estávamos entre os quatro primeiros, quando uma falha no motor me impediu de continuar evoluindo e de buscar uma vaga nas duas primeiras filas. Com isso acabei ficando na sétima posição, e largar no meio do grid é sempre mais complicado. É nesse grupo que a maior parte dos acidentes acontecem, e não consegui passar ileso pelo começo da prova", lamentou o brasileiro.

Por ter usado apenas um jogo de pneus novos no treino de classificação – o segundo set foi poupado quando o problema de motor apareceu -, Yann Cunha tinha boas expectativas para a corrida deste domingo.

Tendo seis ou sete voltas de vantagem teórica em razão da melhor condição de seus pneus, o brasileiro deixou os boxes com um acerto de carro que o permitira arriscar ultrapassagens nos primeiros giros.

Com pouca asa para privilegiar a velocidade nos trechos de reta, Yann esperava até mesmo brigar pelo pódio neste domingo, mas sequer chegou a largar para a corrida em razão de um problema de embreagem.

"Na volta de aquecimento dos pneus, a embreagem do meu carro começou a patinar, e meu carro ficou parado na saída dos boxes como se estivesse em neutro. Depois de terminada a corrida a equipe constatou que o cilindro da embreagem ficou travado, e em razão disso não cheguei nem mesmo a alinhar no grid. Pela análise da equipe, certamente houve um defeito de fabricação na peça, porque meu carro não sinalizou o problema com antecedência, como seria o esperado em caso de desgaste do sistema", encerrou o brasileiro.

Por não ter conseguido alinhar para a corrida deste domingo, Yann Cunha não poderá descartar este resultado negativo na formação da classificação geral do campeonato. Ele agora é o sétimo na tabela, com 42 pontos. O líder é o suíço Alex Fontana, que soma 85. A próxima rodada dupla do European F-3 Open será daqui a duas semanas, em Jerez de la Frontera, na Espanha.

Veja como terminaram as duas corridas de Monza, e como ficou o campeonato após seis etapas:

Corrida 01
1) David Fumanelli (Itália), 16 voltas em 29min45s014
2) Zoel Amberg (Suíça)
3) Alex Fontana (Suíça)
4) Juan Carlos Sistos (México)
5) Niccolo Schiro (Itália)
6) Fernando Monje (Espanha)
7) Matteo Beretta (Itália)
8) Victor Corrêa (Brasil)
9) Sam Dejonghe (Bélgica)
10) Matteo Divenia (Itália)
11) Tatiana Calderón (Colômbia)
12) Yann Cunha (Brasil)

Corrida 02
1) Alex Fontana (Suíça), 16 voltas em 29min46s763
2) Niccolo Schiro (Itália)
3) Sam Dejonghe (Bélgica)
4) Juan Carlos Sistos (México)
5) David Fumanelli (Itália)
6) Fernando Monje (Espanha)
7) Matteo Beretta (Itália)
8) Matteo Davenia (Itália)
9) Matteo Torta (Itália)
10) Tatiana Calderón (Colômbia)
11) Fabio Gamberini (Brasil)
12) Luca Orlandi (Itália)

Campeonato
1) Alex Fontana (Suíça), 85 pontos
2) Fábio Gamberini (Brasil), 63
3) David Fumanelli (Itália), 59
4) Victor Corrêa (Brasil), 54
5) Niccolo Schiro (Itália), 43
6) Yann Cunha (Brasil), 42
6) Juan Carlos Sistos (México), 42
8) Johan Jokinen (Dinamarca), 36
9) Noel Jammal (Líbano), 33
10) William Vermont (França), 30
10) Fahmi Llyas (Malásia), 30
12) Tonõ Fernandes (Espanha), 25
13) Nil Monserrat (Espanha), 20
14) Matteo Beretta (Itália), 19
15) Sam Dejonghe (Bélgica), 16
16) Fernando Monje (Espanha), 15
17) Zoel Amberg (Suíça), 12
18) Jesus Rios (Estados Unidos), 7
19) Matteo Davenia (Itália), 2
19) Matteo Torta (Itália), 2

Fonte: Inova press

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.