F-Futuro: Veja por que votar em Luir Miranda para o Capacete de Ouro

Postado por -

Em seu ano de estreia no automobilismo carioca de 17 anos terminou a temporada como vice-campeão, com duas vitórias e corridas memoráveis como a Brasília e a do Velopark

Uma trajetória que começou nas pistas de kart-indoor e chegou ao vice-campeonato da Fórmula Futuro em 2011 vai se consolidando a cada ano como uma das histórias mais surpreendentes no cenário recente do automobilismo brasileiro. O piloto carioca Luir Miranda, que apesar de bicampeão brasileiro de kart era pouco conhecido até o início desta temporada, estreou no automobilismo fazendo frente a pilotos da Fórmula 3 e veteranos da categoria apadrinhada por Felipe Massa para chegar ao vice-campeonato e à disputa do prêmio Capacete de Ouro.

Ao longo do ano, Miranda comprovou seu talento com resultados. Em 12 corridas, subiu ao pódio sete vezes – duas delas como vencedor. Liderou parte da temporada e chegou à última etapa, no dia 30 de outubro, como candidato ao título – que escapou por apenas sete pontos. Vice-campeão, Luir comemorou o resultado conquistado em seu primeiro ano completo no automobilismo. Ele ainda participou da etapa de Campo Grande da Fórmula 3 Sul-Americana, onde conquistou outras duas vitórias na divisão Light da competição.

"Comemorei muito esse vice-campeonato. Ao invés de me sentir derrotado, sinto que conquistei este segundo lugar porque era o menos experiente do grupo e precisei trabalhar muito para tirar essa diferença. Não foi fácil chegar para a maior parte das etapas sem conhecer as pistas, tendo poucos treinos para acompanhar o ritmo do pessoal que correu no ano passado ou que disputava a Fórmula 3. Consegui vencer duas provas, liderei corridas outras vezes, e terminei o ano muito feliz", destacou.

A coroação de um ano de tanto trabalho e aprendizado chegou logo após o encerramento do campeonato. Luir Miranda é um dos três finalistas do prêmio Capacete de Ouro oferecido pela Revista Racing, na categoria Fórmula Futuro. Ao lado de John Louis e Guilherme Silva, o piloto carioca será avaliado por um júri de jornalistas especializados em automobilismo – que vai apontar o vencedor da premiação nesta temporada.

"Estar entre os três finalistas do Capacete de Ouro é mais uma conquista para meu ano de 2011. Melhor ainda será se eu puder vencer esse prêmio. Quando comecei a correr nos karts de competição, essa premiação já existia e sempre foi um sonho meu subir ao palco como finalista", encerrou Miranda – que pilotou pela primeira vez nas pistas amadoras antes de passar para os karts de competição

Os vencedores do Capacete de Ouro 2011 serão conhecidos no dia 12 de dezembro, em cerimônia que será realizada na cidade de São Paulo. Além da Fórmula Futuro, pilotos de outras 11 categorias serão premiados.

Fonte: Inova Comunicação

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.