Família viajará por cinco anos de carro para fazer do mundo a sala de aula de seus filhos

Postado por -

“Novos Olhos” é o nome do projeto de vida planejado pelo casal de brasileiros Luis Gustavo de Oliveira (Guto, 36 anos) e Janete M. Martins (Jane, 38 anos), de Novo Hamburgo (RS), que pelos próximos cinco anos irão viajar pelo mundo com seus filhos Sophia (5) e Caio (8), em um Toyota Bandeirantes 1993. Serão mais de 100 países, 1825 dias, cinco travessias oceânicas e continentes, mais de 180 mil quilômetros percorridos e contato com dezenas de idiomas.

A partida está sendo planejada para o mês de setembro e o roteiro foi feito com a ajuda das crianças. Além de um projeto de vida, Guto e Jane querem fazer do mundo a sala de aula dos filhos, com uma educação mais libertadora e prática. “Ter uma experiência destas na idade em que eles estão, de formação do caráter, dará uma base muito mais ampla para encontrarem suas próprias definições de vida, de missão e de propósito. O contato com pessoas de culturas diferentes e muitas vezes contrastantes evitará que criem os pré-conceitos e comparações que fazemos quanto se têm como referência apenas a própria vida”, afirma Guto. Somados, eles já conheceram mais de 25 países e desde o nascimento das crianças, já foram para oito, alguns quando os filhos ainda eram bebês.

A viagem familiar começou a ser planejada há mais de um ano, mas o espírito desbravador faz parte do casal desde antes de se conhecerem, quando moravam fora do país. Há 12 anos voltaram para o Brasil e se focaram no trabalho e na família. Empreendedores por natureza, atingiram sucesso profissional com uma empresa de comércio exterior e um espaço de coworking, trabalhando muito e adquirindo patrimônio. Mas chegou o momento em que perceberam que a vida estava no automático e assim nasceu o Novos Olhos. “Este projeto é a realização de um sonho e o cumprimento de uma missão de vida. Não é um chutar de balde para buscar a felicidade juvenil longe dos problemas. É uma opção de trocar uma estrutura de vida que serviu até agora por outra que faz mais sentido”, explica Guto.

Educação dos Filhos

Uma nova forma de educação para os filhos é um dos grandes motivadores da viagem. E o formato de aprendizagem escolhido para os cinco anos de estrada é o unschooling (não-escola), uma metodologia originada no Reino Unido de “educação em casa” e autônoma, orientada em projetos e sem um currículo pré-definido. “Acredito que quando se faz coisas diferentes todos os dias, aprende-se mais, e eles farão essas coisas de forma divertida, sem correria. Eles aprenderão na prática muitas coisas que se estivessem na escola aprenderiam somente decorando livros. Também acredito que o contato com pessoas e o desapego será uma grande escola”, avalia Jane. Até agora, as crianças frequentaram a escola regular.

Urso, o meio de transporte

Um Toyota Bandeirantes, longo, ano 1993, carinhosamente apelidado de Urso, está sendo preparado para conduzir a família. O veículo é equipado com barraca; toldo; iluminação; geladeira e fogão; tanque de combustível para 140 litros; tanque de água potável e para chuveiro; guincho, entre outras necessidades e artigos de segurança.

Roteiro e estadia

Planejado e desenhado em conjunto, o roteiro foi feito para que as experiências sejam aproveitadas ao máximo. O tempo de cinco anos é para verdadeiramente explorar cada local e cultura. A estada em cada local será definida no decorrer da viagem, de acordo com o grau de interesse no local, que pode ser determinado pelas pessoas, aprendizado ou projeto. Além de acampar, eles também irão ficar em hotéis, albergues e até mesmo na casa de pessoas, conhecidas ou não, que já estão oferecendo estadia para a família.

Empreendedorismo e Cunho social

A preparação para esse novo estilo de vida incluiu a parte financeira. E aqui entra o perfil empreendedor e social da família. O casal está trabalhando para tornar o projeto economicamente sustentável através de apoios e patrocínios, já são várias propostas em análise. O Novos Olhos conta com site (http://novosolhos.org), facebook, instagram e canal no youtube, onde é possível acompanhar os preparativos e onde serão postados conteúdos em tempo real durante a viagem. Ajudar projetos locais que precisem arrecadar fundos com campanhas on-line também é outro objetivo da viagem.

“Sempre senti um chamado para um projeto maior, mas não a viagem pela viagem, e sim a viagem como um meio de empreender, de construir, de ser transformado e transformar, de provocar as pessoas a melhorarem suas vidas e buscarem a vida que gostariam de ter. Novos Olhos é uma oportunidade de vivermos com mais intensidade um para o outro, tanto na relação do casal, pais e filhos, quanto na relação entre irmãos, no caso das crianças. Também teremos mais tempo para o nosso desenvolvimento espiritual”, destaca Guto.

Dia da partida

A partida da família será um evento acompanhado por amigos, familiares e seguidores que irão se despedir e desejar boa viagem nesse momento. As primeiras cidades no Brasil a receber a família serão as da zona sul do RS, depois eles seguem pelo Uruguai, Argentina, Chile e quase todos os países da América Latina.

A empresa Ortopé acredita no Projeto Novos Olhos e colabora como patrocinadora. A viagem ainda conta com apoio de: Pcom Marketing Estratégico; Wing: Oversize; Ad Car; Blend Coworking; Sumatra Off Road; Clonlara School; Estudio Solo; Vistos Online. Outras empresas interessadas podem fazer contato pelo e-mail guto@novosolhos.org

Giorgia Weck que gosta de ser chamada apenas de "Gigi", fica sempre atenda aos eventos do setor automotivo e reúne todos em sua editoria.