Ferrari copia traseira de time rival e cria “Ferrauber”

Postado por -

 F2012, modelo da Ferrari para a atual temporada da Fórmula 1 que vem decepcionando até aqui, será modificado e se tornará uma "Ferrauber". A expressão é utilizada pela revista italiana Autosprint para definir a atualização do carro, que segundo a publicação terá a traseira muito parecida à do veículo da Sauber, o C31.

A novidade sobre a "Ferrauber" estampa a capa da edição desta semana da revista, que publica uma montagem na qual se vê um carro cuja parte da frente é vermelha – da Ferrari – e a traseira é preta e branca – da Sauber.

A atualização do carro da Ferrari seria especialmente na parte final dos defletores laterais e nos escapamentos, que passariam a ter o padrão da equipe suíça. A traseira do C31 tem defletores que se curvam progressivamente para baixo e o cano do escapamento é moldado de acordo com a curvatura da carenagem – no caso do F2012, em que o cano fica exposto.

De acordo com a Autosprint, a Sauber cria o chamado efeito Coanda, em referência ao físico romeno e pioneiro da aerodinâmica Henri Coanda, o primeiro a reconhecer a tendência de um filete de um fluido permanecer unido a uma superfície curva adjacente. No caso dos carros do mexicano Sergio Pérez e do japonês Kamui Kobayashi, os gases são emitidos para baixo e contornam de forma harmoniosa a superfície curvada do chassi, dirigindo-se entre as rodas traseiras e o difusor.

"Foi descoberto que a Sauber adota também um pequeno ‘truque’ em frente às rodas traseiras, uma zona ‘cinzenta’ para o regulamento", aponta a revista. O modelo, de qualquer forma, foi declarado como legal pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

O F2012 original tem um design bastante agressivo, representando uma grande transformação em relação aos monopostos dos últimos anos, porém teve desempenho decepcionante. Neste ano, Fernando Alonso até conseguiu a vitória no Grande Prêmio da Malásia, mas em condições anormais, devido à chuva.

O espanhol teria confirmado a alteração no carro, cuja data de estreia não é informada pela publicação. O piloto teria admitido que a Sauber de Pérez era "mais rápida" do que ele em Sepang, onde o mexicano terminou na segunda posição e chegou a pressionar o ganhador da prova.

Alonso foi o quinto colocado na outra etapa disputada, na Austrália, e assim lidera o Mundial com 35 pontos. O brasileiro Felipe Massa, por sua vez, ainda não somou pontos e não conseguiu chegar ao Q3 em ambos os treinos classificatórios realizados – seu companheiro avançou para essa fase uma vez.

Leia também:

Veloster, Camaro e Mégane viram estrelas do funk

Captur é base para novo SUV da Renault

Uno passa Gol e assume posição de carro mais vendido no trimestre

Fonte: Terra

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.