Fiat congela durante três anos o preço da gasolina e do diesel em 1 €

Postado por -

A Fiat teve uma iniciativa extraordinária, que reduz o custo do combustível. Em parceria com a IP, a marca automotiva trava o preço da gasolina e do diesel por apenas 1 euro (R$2,50), por litro, até 31 de Dezembro de 2015, anulando assim o efeito de "óleo alto" e trazer os preços de ambos os combustíveis igual à 1999.

A situação econômica atual evidencia um aumento crescente dos preços dos combustíveis que, de acordo com o último ACI Censis, mudou os hábitos dos motoristas.

Números divulgados pelo Ministério de Desenvolvimento Econômico mostram uma queda significativa no consumo de combustível gasolina e diesel em relação ao ano passado (até abril foram -14,5%).

Além disso, o combustível de hoje chegou a representar quase 50% da despesa familiar anual para um carro e seu custo hoje é percebido como "injusto" 85% dos motoristas. De fato, nos últimos três anos, a gasolina e o diesel aumentaram mais de 50%, e os consumidores temem que novos aumentos podem ocorrer nos próximos meses.

A nova iniciativa é parte de uma abordagem da Fiat 360° que começa a partir das soluções eco-tecnológicas, com o foco no comportamento de condução e hoje até para competir com o custo do combustível.

Além disso, o Grupo Fiat tem sempre estado na vanguarda de soluções inovadoras para a contenção das emissões de poluentes e níveis de CO2, o que corresponde a uma vantagem econômica para o cliente, para o funcionamento prático do seu carro.

Para alcançar este importante objetivo, o Grupo Fiat oferece soluções específicas que são acessíveis e disponíveis. Isso é demonstrado pelos produtos no mercado, planejar pesquisa e desenvolvimento, iniciativas de mobilidade sustentável tomadas para a frente, em colaboração com a Administração Pública e os investimentos no desenvolvimento de novos produtos.

Como funciona a operação "até 2015, gasolina e diesel para 1 €."


Proposta sobre o conjunto, como uma alternativa para outras promoções, e é válida até 31 de julho de 2012, a oferta prevê que ao comprar um carro novo Fiat, o cliente recebe um cartão do negociante ativado e conectado a um PIN entregue em envelope lacrado.

O cartão está ligada ao carro é adquirido e carregado com uma quantidade de galões de combustível de maneira diferente, dependendo do modelo escolhido. Por exemplo, se escolher um Multijet Bravo, o cartão irá permitir um fornecimento total de 2.000 litros, o que corresponde a cerca de 45.000 km, que é a distância média de cerca de dois anos e meio de utilização. Além disso, para permitir aos clientes usufruir plenamente dos benefícios, o cartão pode ser usado até 31 de Dezembro de 2015.

Após o recebimento do cartão, o cliente vai a uma das 3.700 IP varejistas participantes, abastece seu veículo a um preço fixo de 1 euro por litro, o operador executa o débito no cartão, inserindo o PIN, e paga o equivalente de litros entregues (por exemplo, 10 euros para 10 litros) o total é deduzido dos galões totais entregues no cartão.

Em outras palavras, a diferença entre o litro pago pelo cliente e o preço real de combustível é pago pela Fiat.Partes de IP com a Fiat é uma presença forte em todo o país, então a proximidade com seus clientes, é o orgulho de ser italiano (o único grupo de distribuição privada de 100% italiano).

Não surpreendentemente, os dois grupos são um Patrocinador Oficial da equipa de futebol nacional italiana.Simples, eficaz e imediata: esta oferta vai de Milão a Nápoles, gastando apenas 33 € de gasolina com um Punto TwinAir e 27 € de combustível a bordo de um Punto Multijet II: um custo muito baixo por quilômetro, só comparável ao que metano teria uma fonte de alimentação. Desta forma, os clientes são livres para escolher o mecanismo que melhor se adapte às suas necessidades, sem preocupações com custos de utilização.

Atrás de um processo tão simples para o cliente, na verdade, esconde uma operação muito complexa, que a Fiat vai assumir por um período muito longo, até 31/12/2015.


Leia também:

Estudo JD Power revela motorista de Mercedes-Benz são os mais satisfeitos

Chevrolet Trax: concorrência de peso para o Ecosport e Duster

 

 


Fonte: Fiat press

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.