Ignis é o novo SUV compacto da Suzuki

Postado por -

Apresentado no último Salão Automóvel de Paris, o novo Ignis destacado por um design completamente novo e um estilo funcional e icônico, oferecendo uma praticidade nova em seu segmento, a conectividade, sistemas inovadores e medidas modernas de segurança ativa para uma condução segura em todos os cenários são alguns destaques do modelo japonês. 

O novo SUV compacto Suzuki Ignis, está fora de seu estilo exterior que permite que você tenha uma excelente visibilidade em um teor de tamanho, mas no interior esconde um espaçoso interior grande capacidade de 260 litros no porta-malasO novo Ignis Suzuki permanece fiel ao estilo, sendo um crossover puro. 
 

Na fabricação foram empregados aços leves, mas de alta tensão e resistência. Ele é construído sobre a nova plataforma da marca, usado em outros modelos como o Suzuki Baleno. Com isso, é de pouco peso, 810 kg, mantendo um elevado nível de rigidez estrutural. O novo Ignis também leva do Baleno o sistema híbrido SHVs, que juntamente com sua leveza, torna a sua condução e comportamento dinâmico excelentes em várias seções e especialmente, no consumo de combustível. 
suzuki-ignis-traseira
O Suzuki Ignis é permanentemente monitorado por duas câmeras que controlam a distância entre o veículo e outros objetos e lê as linhas na estrada. Seu sistema avançado de segurança analisa esses objetos para reconhecer se se trata de outros veículos ou pedestres. Assim, o sistema pode ter três funções diferentes: Dual Camera Apoio de Freio (DCBS) , ou seja, a assistência de frenagem através de ambas as câmaras, aviso de saída da faixa e shimmy alerta. 

O painel do Suzuki Ignis é dominado por uma grande tela de toque, incluindo a função de navegação de tela de áudio, herdada dos modelos superiores como o Vitara e o S-Cross. O sistema tem vários sistemas de conectividade ( Auto Android, carplay e Espelho Fazer a ligação ) para novos smartphones que permitem ao motorista acessar aplicativos compatíveis através da tela sensível ao toque de 7 polegadas.

Os Ignis é alimentado pelo moderno motor a gasolina de 90 cv 1.2 DUALJET que oferece um desempenho poderoso e está além na economia e no consumo de combustível. Além disso, ele pode ser combinado com o sistema híbrido SHVs (híbrido inteligente de veículos Suzuki), que proporciona uma eficiência de 4 CV e combustível extra, permitindo ainda maior economia. Esta tecnologia é baseada em uma bateria extra de 3 kWh de capacidade e um dispositivo elétrico que suporta o motor a gasolina como demandas do acelerador. A carga da bateria é feito com a energia produzida no motor de retenção e de travagem. 
O sistema 4×4 ALLGRIP AUTO Suzuki distribui automaticamente o torque para as rodas dianteiras e traseiras quando ele detecta que a frente perdeu aderência. O sistema AUTO ALLGRIP alcança economia de combustível ao mesmo tempo que maximiza o comportamento do veículo e aumenta a segurança da sua condução, especialmente em estradas escorregadias ou superfícies cobertas de neve. 

Quanto a transmissões, a mudança é de cinco – velocidade manual em toda a gama, sendo capaz de escolher, no DUALJET 4×2, pelas automáticas de cinco velocidade AGS.
suzuki-ignis-interior
A gama Ignis tem dois acabamentos: GLE e GLX. Ambas as versões se destacam como um grande padrão. Como versão de acesso antecipado, GLE, deve destacar o computador de bordo, bancos dianteiros aquecidos e tela sensível ao toque. A versão GLX adiciona faróis de LED, função de navegação, controle limitador de velocidade, controle de clima automático e arranque sem chave. 

À venda começou já no dia 13 de Março na Espanha e Portugal, a gama Suzuki Ignis começa em 11.200 euros, cerca de R$ 37.200,00, na versão 1.2 GLE.com Dualjet 2WD.

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.