Italianos dão trégua e elogiam Massa: “mostrou as garras”

Postado por -

Muito criticado pela imprensa italiana durante o atual Mundial de Fórmula 1, Felipe Massa recebeu uma trégua neste domingo. Depois de largar na 14ª posição e terminar na nona o Grande Prêmio do Bahrein, o brasileiro foi elogiado pelas mais diversas publicações da Itália, o que diminui um pouco da pressão sobre o piloto cujo contrato com a Ferrari se encerra ao fim desta temporada.

A revista Autosprint aprovou a apresentação de Massa, publicando neste domingo em seu site que o corredor foi "bastante agressivo" no decorrer da prova. A publicação, que chegou a chamar Massa de "inútil" após o GP da Austrália e cobrou a susbtituição imediata do piloto pelo italiano Jarno Trulli ou pelo mexicano Sergio Pérez, gostou especialmente da "bela luta" inicial com Kimi Raikkonen.

"O brasileiro consegue passar por força, resistindo também na parte externa da curva sucessiva, mas duas voltas depois Raikkonen retoma a posição", apontou o periódico, lembrando que Massa chegou ao oitavo posto no começo da corrida antes de ser superado pelo finlandês. O piloto da Lotus subiria de rendimento até cruzar a linha de chegada só atrás do vencedor da etapa, o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull.

"Massa mostrou as garras ultrapassando por força Raikkonen na terceira volta", escreveu o jornal La Gazzetta dello Sport, citando a mesma manobra. Já o outro diário esportivo italiano, o Corriere dello Sport, avaliou ainda que "as duas Ferrari de Fernando Alonso e Felipe Massa se viraram bem", entrando ambas na zona de pontuação.

Alonso, que largou na nona posição, terminou na sétima, mas sua apresentação em termos gerais foi inferior à do parceiro na opinião do jornal La Stampa, um dos principais generalistas da Itália, que analisou Massa como "reencontrado" após não pontuar nas três primeiras etapas do ano.

"O brasileiro parece em uma jornada de graça e consegue superar a Lotus do ex-parceiro de Maranello Raikkonen, mas é só uma ilusão para o piloto paulista, que pouco depois deve ceder passagem ao finlandês", relatou.

Mas o principal elogio para Massa veio no blog do colunista Stefano Mancini, também do periódico La Stampa. "Alonso partiu bem, depois sofreu e desta vez não fez a diferença. Melhor Massa, que se recuperou da 14ª posição e finalmente leva para casa dois pontinhos", escreveu ele, apontando que o espanhol foi "mal" no Bahrein.

O jornalista, que fez a cobertura diretamente do circuito do Sakhir, é o mesmo que na semana passada, na esteira da 13ª posição do brasileiro no GP da China, disse que o corredor estava apenas "desperdiçando gasolina" a bordo da Ferrari.

Leia também:

Superstars: Fittipaldi conquista 4º e 5º lugares em Ímola e se diverte em sua estreia na categoria

Copa Petrobras de Marcas: Fabio Fogaça faz boa estreia pela Mitsubishi

Gran Turismo: BMW Team Brasil deixa Santa Cruz do Sul na liderança da GT3 e GT4

Fonte: Terra

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.