Jeep atinge a marca de 300 mil carros produzidos no Brasil

Postado por -

Inaugurado há cerca de dois anos e meio, o Polo Automotivo Jeep comemora 300 mil veículos produzidos. O desempenho é fruto do padrão de excelência desenvolvido através do sistema de produção de classe mundial utilizado na planta – World Class Manufacturing (WCM) – e consolida o sucesso de mercado dos modelos Jeep Renegade e Compass e do Fiat Toro.

“Fazer história na indústria automotiva é parte do DNA da FCA. Vencemos o desafio de construir um polo em um local sem tradição na área e, em apenas 18 meses, produzir três novos modelos”, afirma Stefan Ketter, presidente da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) para a América Latina.

O Polo Automotivo Jeep, instalado em Goiana, Pernambuco, reúne em um mesmo perímetro industrial a planta de automóveis e um parque com 16 fornecedores. “Alcançar este resultado de produção é fruto da implantação eficiente de nossa metodologia de produção para integrar tecnologia com o desenvolvimento dos nossos profissionais”, ressalta Glauber Fullana, Plant Manager da fábrica pernambucana. Atualmente, o Polo possui cerca de 8,5 mil funcionários entre planta Jeep e Parque de Fornecedores.

Recorde de exportação

Além de abastecer o mercado nacional, a produção do Polo Automotivo Jeep é responsável também pela exportação de veículos para a América Latina. “Produzir no mais avançado processo de fabricação nos garante a possibilidade de competir nos mais exigentes mercados globais”, destaca Fullana. A vocação para exportação fez do Polo o principal responsável pelo crescimento de 147% na movimentação de veículos no Porto de Suape no ano passado, em relação a 2015.

Neste ano já foram exportados mais de 25 mil veículos, superando o patamar de 40 mil unidades desde a inauguração. A planta localizada em Goiana é responsável por abastecer mercados como Argentina, México, Colômbia, Chile, Paraguai e Uruguai, entre outros na América Latina. Agora em setembro deveremos estabelecer o recorde mensal de exportação, com mais de 7.200 veículos embarcados. O crescimento se deve ao aumento da procura pelos modelos fabricados na planta também no exterior. “Iniciamos os embarques do Renegade para o México em abril e, neste mês, passamos a exportar o Compass para a Argentina, mercado estratégico na América Latina”, afirma Fullana sobre os destinos mais recentes dos modelos da Jeep.

O aumento do volume de vendas ao exterior colocou os veículos entre os três produtos com maior volume de exportação por meio do Porto de Suape. Os modelos produzidos no Polo Automotivo Jeep representaram 82% da movimentação de veículos no porto pernambucano no primeiro semestre de 2017.

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.