Marc Coma é o mais novo membro da organização do Rally Dakar

Postado por -

Depois de 12 participações e cinco vitórias no Dakar como piloto de moto,  o espanhol Marc Coma foi convidado para ser o braço direito de Etienne Lavigne como diretor de esportes do evento. O espanhol vai colocar sua paixão pelo Dakar a serviço da organização a partir desta semana: ele vai gastar parte de julho em pesquisas para a realização da edição de 2016.

No final da última etapa do Dakar 2015, o rosto de Marc Coma brilhava com a satisfação de dever cumprido. O espanhol tinha acabado de conquistar pela quinta vez o rallly mais duro do mundo.

Sua relação com o Dakar começou em 2002, com 25 anos, e tem sido marcada por muitas alegrias e algumas decepções, abandono, lesões e desclassificação. Depois de concluir este ciclo que consiste de 12 edições em cima de uma moto, o futuro poderia ter levado à categoria de quatro rodas. No entanto, ele escolheu participar de uma equipe um pouco diferente, quando Etienne Lavigne da gestão esportiva, fez a proposta.

Marc Coma, que domina todos os aspectos de sua disciplina, como piloto, vai colocar toda a sua experiência a serviço do seu novo destino dentro da organização. Para Etienne Lavigne, a idéia de assinar com Coma era óbvia: Ele era a pessoa que veio imediatamente à mente, porque une a paixão pelo Dakar. Eu adoro o seu rigor e tranquilidade e nós compartilhamos os mesmos valores. Conhece todos os desafios e testes, e é um verdadeiro líder. Para atuar como co-piloto do teste, onde ser excepcional é a norma, estes são os requisitos mínimos.

Embora ele sentiu-se lisonjeado com a proposta de assumir essas responsabilidades, ele foi surpreendido nos primeiros contatos com Etienne Lavine, mas não demorou muito para aceitar: Minha primeira reação foi “uauuu” Eu não podia acreditar! Para mim, ganhar cinco edições do Dakar era um sonho. Estou ciente de que eu sou muito sortudo: junte-se a organização e uma taxa de tanta responsabilidade, é uma oportunidade de dar ao Dakar tudo o que ele me deu. O ex-piloto, agora com foco nas tarefas à frente, começa sua transição e prova o novo uniforme: Eu não posso ajudar, mas ainda me sinto como um concorrente, mas desde que eu assumi minha nova função eu percebo que eu vou ter em conta outros ângulos. Se trata em um momento muito propício para mim.

Meu objetivo é dedicar toda a minha energia para o Dakar que continua sendo a mais bela corrida do mundo. Minha filosofia é que a aventura é o principal.

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.