MG – Veículos apreendidos em Ipatinga vão a leilão após 12 anos

Postado por -

 Por determinação do juiz da Vara da Fazenda Pública da comarca, Fábio Torres, haverá um leilão de todos os veículos que foram apreendidos há mais de 91 dias e recolhidos aos pátios de Ipatinga. O leiloeiro responsável é Orlando Romero Júnior, que é leiloeiro público oficial do Estado. A determinação do judiciário é que o leilão ocorra em até 50 dias após a sua sentença ter sido proferida, ou seja, até o dia 24 de julho. Mas segundo o atual proprietário dos dois pátios de veículos, credenciado pelo Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran), Ricardo Angeli Bouzada, o local e horário ainda serão definidos.

Somente no pátio da Avenida José Anatólio Barbosa, 2.017, no Bairro Limoeiro, serão levados a leilão 5 mil bicicletas, 1.120 motocicletas e mais ou menos 420 automóveis recuperáveis (aqueles que, após por algum tipo de reforma, têm condições de voltar a rodar). Além disso, 40% da frota que se encontra no local (600 carros e 140 motos), considerada como sucata, também poderá ser arrematada para desmanche, ferro-velho. 

Ricardo Angeli Bouzada diz que como o pátio da Rua José Cândido de Meire, 6.005, no Bairro Taúbas, embora tenha sido inaugurado há apenas nove meses, também está abarrotado, assim o leilão no local vai acontecer por decisão do Chefe do 12º Departamento de Polícia Civil, delegado Walter Felisberto. Atualmente o acervo desse pátio é de 582 motocicletas e 240 carros. Mas vão ser leiloados 403 veículos, sendo 300 motocicletas e 103 automóveis. Todos em ótimo estado de conservação. O leilão dos dois pátios deve acontecer simultaneamente. 

Ainda segundo Ricardo Bouzada, há 12 anos não acontece leilão no pátio localizado no Bairro Limoeiro, que não é credenciado. Ele passou a responder também pelo empreendimento, desde o mês de abril. “Como o Detran acredita que somente o pátio do Bairro Taúbas seja suficiente para atender a frota de veículos apreendidos de Ipatinga, depois que acontecer esse leilão pretendo transformar o pátio do Limoeiro em um depósito. Ele seria uma extensão do Auto Socorro Bouzada e irá atender as seguradoras e financeiras. Além disso, pretendo construir no local um galpão com capacidade para a realização de novos leilões”, adianta.

Objetivo
O objetivo do leilão é evitar que os veículos fiquem amontoados e, com o tempo e sem manutenção, comecem a estragar, como já ocorreu com a maioria que está no pátio do Bairro Limoeiro. Com isso será aberto espaço para os novos veículos que forem apreendidos e levados para o local. 

Outro objetivo do Detran é colocar novamente esses veículos na ativa, reabilitando-os para que possam continuar rodando e pagando os encargos previstos, como IPVA, seguro, etc.

O dinheiro dos arremates servirá para quitar todas as pendências desses veículos, como multas, IPVA e outros, além de ressarcir os serviços do pátio e o reboque. 

Hoje, a diária cobrada pelos pátios credenciados para carros é de R$ 23,27 e para motocicletas, de R$ 13,99.

Todos os donos dos veículos que vão a leilão estão sendo comunicados do fato e têm 20 dias para fazer os acertos necessários para retirar o automóvel ou moto do pátio.

FOTO: LAIRTO MARTINS 
""
DEPOIS DE 12 ANOS, cerca de 40% dos veículos que estão no pátio do Bairro Limoeiro viraram sucata

Interessados poderão conhecer lotes em oferta três dias antes

O leilão será realizado através de lotes. E os interessados poderão visitar os pátios três dias antes para conhecer e verificar o que desejam arrematar. Cada interessado poderá arrematar um lote por vez.
Todos os veículos já foram inspecionados pelo leiloeiro responsável. Eles passaram por um check-list, já foram catalogados e foi também montada uma planilha com os valores mínimos dos lances. 

Em aproximadamente 15 dias, todas as informações sobre cada lote estarão à disposição dos interessados pelo site do Detran ou através de um catálogo que está sendo confeccionado pelo leiloeiro. O telefone de contato é: 3827-0933.

Durante a realização desse leilão, o lance mínimo para a aquisição de um carro é de R$ 1.000; para moto, R$ 500, e para os veículos que estão em estado de sucata o menor lance será de R$ 200. Para este último caso, foi levado em consideração o valor por quilo do ferro-velho, que é de R$ 0,40. Os veículos saem sem embaraços de dívidas.

Timóteo e Fabriciano
A realização de leilão a partir do momento que o veículo conta 91 dias de apreensão é prevista no artigo 128 da Lei 9.646/92.    

Ricardo Bouzada adianta também que logo após a realização do leilão de Ipatinga, a pedido dos proprietários dos pátios de veículos de Coronel Fabriciano e Timóteo, ele vai coordenar os leilões nesses dois municípios, que há 10 anos não realizam esse tipo de modalidade. Os pátios das duas cidades são credenciados pelo Detran e já fizeram a solicitação junto ao Delegado Chefe da Polícia Civil, Walter Felisberto, que vai definir a data.

Fonte: http://www.jornalvaledoaco.com.br

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.