MS – Amambai – Tribunal de Justiça realizará leilão

Postado por -

Com o objetivo de desafogar os pátios do Fórum e da Delegacia de Polícia Civil, que estão abarrotados de veículos apreendidos, a grande maioria peças de processos relacionados ao tráfico de drogas, o Poder Judiciário da Comarca, com respaldo do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), vai realizar um grande leilão, em Amambai.

Atualmente mais de 230 veículos encontram-se apreendidos no âmbito da Comarca, que abrange os municípios de Amambai e Coronel Sapucaia, mas é em Amambai que a situação é considerada grave.

O pátio do Fórum também está lotado, mas o problema maior está da Delegacia de Polícia Civil que, por conta da superlotação, as viaturas da polícia tem que permanecer estacionadas na rua em frente ao prédio e sem local para colocar os carros, veículos frutos de novas apreensões, que acontecem com freqüente na região, também já começam a ser deixados na rua em frente à unidade policial.

Por conta dessa situação considerada grave, que gera insegurança e inclusive problemas de saúde pública, já que os carros parados acabam acumulando água nas latarias e se tornando ninhos perfeitos para a proliferação de insetos e inclusive berçário para o Aedes Aegypti, o mosquito transmissor da Dengue e a falta de ação do Conselho Estadual Antidrogas, que seria o responsável por fazer leilões dessa natureza, o Juiz diretor do Foro da Comarca, Dr. Cesar de Souza Lima, buscou auxílio junto ao Tribunal de Justiça do Estado para levar, por meio judicial, a frota a leilão.

À pedido do magistrado, o TJ/MS enviou para Amambai, um escrivão judicial do próprio Tribunal de Justiça para realizar um levantamento completo da frota apreendida e analisar a situação processual de cada veículo para só então ser elaboração do leilão.

Segundo Tadeu José Bueno, que na semana passada concluiu os levantamentos de cada veículo apreendido na Comarca e agora vai começar a realizar a análise da situação processual de cada um deles, a maior parte dos veículos apreendidos no âmbito da Comarca deverão ser liberados para o leilão.

“Nossa meta é apurar com detalhes a situação processual de cada um desses veículos para garantir segurança jurídica aos futuros compradores, para que eles não tenham nenhum problema no momento de documentar”, informou Tadeu.

Fonte: NULL

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.