MS – Índios fecham estradas, postos, escolas e procuram cartório eleitoral de Itaporã

Postado por -

Indígenas de Dourados mantêm fechada, pelo terceiro dia consecutivo, a rodovia MS-156, de acesso entre o município e Itaporã, entre outras estradas vicinais que cortam a Reserva. Terenas, guaranis e cauiás, muitos deles pintados e com cocares nas cabeças, tocando seus tambores, se revezam na barreira feita com tronco de árvore e trator, atravessado na pista, por melhores condições de trafegabilidade nas aldeias Bororó e Jaguapiru.

Segundo o líder terena da Jaguapiru, Vilmar Martins Machado, ‘não passa ninguém’; exceto ambulâncias, bombeiros e a polícia. Ontem, nem mesmo um ônibus escolar foi autorizado seguir viagem. Os estudantes indígenas foram obrigados a caminhar até a Escola Tengatui Marangatu, o Centro de Educação Unificada da Jaguapiru, entre outras unidades de ensino na Reserva de Dourados.

Vilmar Machado disse há pouco ao Douradosagora que, além do bloqueio na estrada, escolas e unidades de saúde não estariam prestando atendimentos a partir de hoje. "Está tudo parado", avisa Vilmar. Conforme já noticiou o Douradosagora, a comunidade está mobilizada para obrigar o governo cumprir Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para recuperação das estradas vicinais nas aldeias de Dourados mas, segundo os indígenas, há quase dois anos o Dnit não vem fazendo a manutenção que deveria ocorrer pelo menos duas vezes ao ano. Machado também confirmou notícia veiculada na tarde de ontem, pelo Douradosagora, de que os indígenas da Reserva de Dourados estariam mobilizados para transferir os títulos de eleitor para a comarca de Itaporã. "Ontem já foi um tanto de gente para o cartório de Itaporã e hoje vai mais", afirmou Vilmar. O líder terena diz que a decisão foi em decorrência da falta de resposta por parte do poder público municipal e estadual.

Segundo o capitão Leomar Mariano Silva, os votantes das duas aldeias – Bororó e Jaguapiru – somam 6.500. A prefeitura de lá já começou a patrolar algumas estradas vicinais na vizinhança daquele municipio e agora vão mandar uma comissão para conversar com as lideranças, afirmou em entrevista. Os indígenas estão aguardando a chegada de vereadores. Até o momento, apenas Elias Ishy (PT) chegou ao trecho interditado da rodovia, onde se encontram os manifestantes. O protesto começou na segunda-feira, com desvio dos veículos aldeias adentro. Ontem, eles fecharam a MS-156 com uma grande tora e quem vem de Itaporã a Dourados é obrigado voltar. No sentido contrário, deve pegar o Anel Rodoviário (à esquerda) até a Avenida Guaicurus e a Placa do Abadio, Itaporã e adjacências. A Força Tática está posicionada na rotatória do Anel Rodoviário, orientando condutores.

Leia mais:

Chevrolet Captiva ganha mais equipamentos na linha 2012

Michael Schumacher é o segundo desportista mais rico do mundo

Ferrari recolhe 458 Italia e California com defeito

Google surpreende, carro sem motorista já é realidade

Fonte: Douradosagora

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.