Multicampeões trarão toda sua experiência para os litorais de Ilhabela (SP) e Búzios (RJ)

Postado por -

No comando, o maior medalhista olímpico da vela mundial, vencedor da Regata Volta ao Mundo e do prêmio ISAF de Velejador do Ano de 2009. No Leme, um campeão Mundial de Snipe, octacampeão Sul-americano de Tornado e duas vezes medalha de bronze nas Olimpíadas. Na vela grande, um jovem em ascensão, campeão Sul-americano e tricampeão brasileiro de 49er. É com uma tripulação neste nível que o Mitsubishi / Energisa velejará na Mitsubishi Sailing Cup, com Torben, Lars e Marco Grael a bordo.

"Eu e o Torben voltamos este ano a velejar juntos e vencemos o Mini-Circuito Rio de Vela Oceânica. Agora, teremos um desafio pela frente na Mitsubishi Sailing Cup com o Mitsubishi / Energisa. Desta vez, o meu sobrinho Marco estará conosco, ávido para obter reconhecimento de como é bom velejador. Será uma grande emoção velejar na Mitsubishi Sailing Cup", afirma Lars Grael, detentor das medalhas de bronze das Olimpíadas de Seul (1988) e Atlanta (1996).

Juntos, Torben e Lars conquistaram diversos títulos na vela, com destaque para o bicampeonato brasileiro e para o campeonato mundial da classe Snipe. Agora, ao lado de Marco, a dupla quer brigar de igual para igual com barcos brasileiros, argentinos, chilenos e espanhol.

"As regatas de altíssimo nível e a grande participação de barcos na Mitsubishi Cup, incluindo veleiros internacionais, têm importância fundamental na história da vela oceânica brasileira. A competição dá oportunidade a novos tripulantes de se confrontarem com velejadores de todos os continentes e contribui para o fortalecimento do esporte nacional como um todo. Mais que isso, ela abre espaço para barcos fabricados no Brasil, já que duas das três embarcações são daqui", exalta Torben, comandante do Mitsubishi / Energisa.

Estratégia
Em sua terceira temporada, a Mitsubishi Sailing Cup colocará frente a frente, mais uma vez, alguns dos melhores velejadores do mundo. Nos super-rápidos veleiros S40, por exemplo, destaque para a tripulação espanhola do Iberdrola, campeã da MedCup 2011. Na classe que é considerada a Fórmula 1 da vela, Lars acredita que as equipes que conseguirem traçar as melhores estratégias irão destacar-se nas regatas.

"O crescimento da classe Soto 40, apoiada pela Mitsubishi Sailing Cup, mostra a altíssima competitividade das classes monotipos. A briga pelas primeiras colocações será intensa e triunfará quem tiver maior consistência e equilíbrio", afirma o pentacampeão Sul-americano de Tornado.

O evento
A Mitsubishi Sailing Cup é uma competição para veleiros monotipos de oceano que chega à 3ª temporada em 2012. Primeiro campeonato exclusivo para barcos deste tipo no Brasil, a competição coloca a prova, nos litorais de Ilhabela (SP) e Búzios (RJ), os mais modernos barcos de regata do mundo: S40, C30 e HPE25. Ao longo do evento, serão 16 regatas, com até três descartes.

As inscrições para a primeira etapa da Mitsubishi Sailing Cup, entre os dias 21 e 24 de junho, em Ilhabela (SP), já estão abertas no site www.mitsubishisailingcup.com.br.

Para acompanhar de perto a Mitsubishi Sailing Cup e saber todas as novidades das regatas, acesse o Twitter (www.twitter.com/mitsailingcup) e também o Facebook (www.facebook.com/nacao4x4).

Calendário 2012
1ª Etapa – 21 e 24 de Junho, em Ilhabela (SP)
2ª Etapa – 9 a 12 de Agosto, em Búzios (RJ)

Fonte: Assessoria

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.