Novo Aston Martin Vanquish roda em Nürburgring

Postado por -

O Concorso d’Eleganza Villa d’Este, tradicional salão do automóvel que se realiza anualmente às margens do lago Como, em Itália, serviu de palco para a apresentação do Aston Martin AM 310, um protótipo que antecipa o modelo que irá substituir o DBS. Baseado na arquitetura VH, utilizada por todos os modelos da marca britânica, exceto o One-77, o AM 310 foi apresentado com o mesmo 6.0 V12 desenvolvido para o DB7. 

Este mesmo motor é, possivelmente, o que equipa o exemplar da marca de Gaydon testado no traçado de Nordschleife, em Nürburgring, e flagrado pelo site português AutoMotor. A apresentação oficial do novo Aston Martin deve acontecer no Salão de Paris, em setembro. A hipótese mais provável é que a marca inglesa ressuscite o nome Vanquish para este novo modelo.

A Aston Martin não divulgou nenhum detalhe técnico acerca deste novo modelo, mas o mais provável é que a potência supere os 570 cv, 60 cv a mais que o modelo atual. Com este aumento de potência, a velocidade máxima deverá superar facilmente os 300 km/h (atualmente, o DBS anuncia 295 km/h) e os 0-100 km/h deverão ser cumpridos em menos de quatro segundos (o DBS atual faz essa marca em 4,8s). À disposição do renovado motor estarão uma caixa manual de seis relações ou a automática Sportshift II, de sete relações, que estreou no V8 Vantage de 2012 e foi desenhada especialmente para a fabricante britânica. De acordo com a Aston Martin, o Vanquish deverá ainda perder cerca de 10% do seu peso atual.

As imagens obtidas evidenciam que a inspiração para as linhas do AM 310 está, principalmente, no visual do One-77, mas também nos modelos de competição da marca inglesa. Os faróis dianteiros assemelham-se aos de Rapide e Virage, ao passo que as laterais ganharam novos contornos, com depressões mais profundas nos painéis das portas. O para-choques traseiro ostenta linhas mais angulosas, que se prolongam nas novas saias laterais e no difusor dianteiro, mais junto ao solo e capaz de oferecer ao sucessor do DBS uma postura mais agressiva. 

Para esta postura mais agressiva contribuem ainda a traseira mais larga e ligeiramente mais alta que no modelo atual. A grade frontal é nova e as entradas de ar do capô foram recolocadas, posicionadas agora mais longe do centro. Os retrovisores estão instalados em novos suportes, mais aerodinâmicos, que os colocam ligeiramente mais afastados da carroceria, possivelmente para melhorar o fluxo de ar.

Leia também:

Vídeo: Chinês bate recorde de estacionamento em menor espaço

O novo SLS AMG GT: Condução dinâmica aprimorado

Copa Fiat começa em alta rotação

Fonte: Automotor/Portugal

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.