Novo Renault Sandero 2012

Postado por -

Mais uma vez, o Brasil será palco de um lançamento mundial do Grupo Renault. A exemplo do que aconteceu em 2007, o Brasil é o primeiro país a conhecer toda a modernidade, sofisticação e conforto presente no Novo Renault Sandero. Este lançamento chega ao mercado nacional com novidades para reafirmar seu posto de campeão de satisfação entre seus clientes.

Sucesso comercial desde o seu lançamento, há três anos, o hatch compacto torna-se ainda mais atraente, com mudanças estéticas e técnicas que o deixam mais bonito, sofisticado e com mais itens de conforto, sem abrir mãos das qualidades que sempre marcaram a linha: amplo espaço interno, robustez mecânica, 3 anos de garantia e manutenção acessível.

A equipe do Renault Design América Latina trabalhou com o objetivo deixar os Novos Sandero e Sandero Stepway ainda mais modernos externamente e alinhados com a nova identidade mundial da marca, além de tornar o interior desses veículos mais sofisticado, graças, principalmente, à utilização de materiais mais agradáveis ao toque.

Para ampliar o conforto a bordo, o Novo Sandero traz ainda outras novidades como, por exemplo, abertura da tampa de combustível, que agora se dá através de uma alavanca no interior do veículo; e um novo rádio – desenvolvido especificamente para melhorar a qualidade do som (digital 3D) -, que incorpora novas funções como entrada USB/iPod, leitura de MP3, WMA e WMV; e Bluetooth.

Outra importante evolução realizada nos Novos Sandero e Sandero Stepway ocorreu na parte de conforto acústico, onde as implantações de uma série de novidades tornaram esses novos modelos ainda mais confortáveis.

“Os Novos Sandero e Sandero Stepway são frutos de um projeto que, desde o início do seu desenvolvimento, teve foco nos brasileiros. As alterações na gama 2012 vão ao encontro das aspirações dos consumidores a partir de clínicas e pesquisas de opinião”, explica Jean-Michel Jalinier, Presidente da Renault do Brasil.

Sucesso de vendas, o Renault Sandero vem crescendo de participação de mercado ano após ano, passando de 2,5% no segmento em 2008 para 4,8% em abril deste ano.

“Com mais de 180 mil unidades comercializadas até abril deste ano, a linha Sandero ocupa a posição de “carro-chefe” da marca no País. Em 2010, a gama Sandero representou 43% das vendas da Renault do Brasil”, afirma Gustavo Schmidt, Vice-Presidente Comercial da Renault do Brasil.

Para fortalecer ainda mais a sua posição no mercado, o Novo Sandero é o resultado de um longo trabalho, iniciado logo após o lançamento do Sandero no Brasil, em 2007. Este trabalho resultou no desenvolvimento dos carros conceitos “Sand’Up” (apresentado no Salão do Automóvel de 2007) e “Stepway Concept” (exposto no salão do ano passado). “Esses dois carros conceitos foram fundamentais no processo de desenvolvimento do Novo Sandero e do Novo Sandero Stepway, para que conseguíssemos produtos mais modernos e que acompanhassem a nova identidade mundial da marca Renault”, acrescenta Vincent Pedretti – Designer Chefe do Renault Design América Latina (RDAL).

As mudanças visuais confirmam esse propósito. A dianteira, por exemplo, tem novos faróis, grade frontal e pára-choques, conjunto que guarda semelhança com o Fluence. Na traseira, a identificação do modelo foi para o centro da tampa do porta-malas, alinhando o estilo do carro ao novo padrão de identidade da marca.

No interior, novos materiais, cores e texturas deixam claro o salto de qualidade. O painel, por exemplo, está mais moderno e atraente. A parte central, agora em preto brilhante, abriga um novo sistema de som – com face “double din” -, mais moderno e com ampla conectividade. Os comandos dos vidros elétricos migraram para as portas, melhorando a ergonomia.

Sandero Stepway – O Novo Sandero Stepway também evoluiu e apresenta uma personalidade própria em relação às demais versões. Pára-choques mais encorpados, máscaras negras nos faróis e lanternas, além da altura elevada em relação ao solo marcam esta versão direcionada a consumidores com especial exigência em relação à estética.

No interior, mais sofisticação a partir da adoção de materiais e padrões diferenciados, tonalidades e grafismos exclusivos. “O Novo Sandero Stepway é nossa interpretação de um modelo esportivo e sofisticado, com base em estudos e pesquisas com consumidores brasileiros que são muito exigentes quanto à qualidade dos materiais utilizados”, explica Pedretti.

Novo Sandero recebe o selo “Renault Eco²” – Outra importante novidade é que o Sandero acaba de receber o selo “Renault Eco²”, indicador desenvolvido pelo Grupo Renault para comprovar a produção de veículos ecologicamente e economicamente responsáveis. O selo foi criado para assegurar que todos os carros produzidos nas fábricas da Renault apresentem tecnologias acessíveis ao consumidor e bons resultados ao meio ambiente durante todo o seu ciclo de vida.

O “Renault Eco²” possui uma metodologia exclusiva, que reúne critérios de economia e ecologia na produção de seus automóveis (daí vem o significado do numeral 2 presente na assinatura). Para um veículo receber este selo, ele precisa possuir as seguintes características:
– Ser fabricado em uma fábrica com certificação ISO 14.001
– Emitir menos de 120 g/Km de CO2 ou aceitar biocombustíveis (etanol, no caso brasileiro)
– Veículos recicláveis em 95% e que integrem 7% de plástico procedente da reciclagem.

DESIGN
Desenvolvido 100% no Brasil, o design, que sempre foi um ponto elogiado da linha Sandero, recebeu atenção especial, com o propósito de deixar o carro ainda mais moderno. “Um dos objetivos do novo design externo foi deixar o modelo em sintonia com o padrão de design da Renault na Europa”, explica Vincent Pedretti, Designer Chefe do Renault Design América (RDAL).

Na dianteira, a versão esportiva Mégane GT (comercializada na Europa), por exemplo, influenciou nas entradas de ar laterais e a grade frontal, que ampliaram ainda mais a esportividade do desenho do Novo Sandero. A grande tomada de ar, em forma trapezoidal, agora está seccionada pelo pára-choque, que é uma peça robusta e envolvente, com a parte central na cor preta, abrigando a placa.

Os amplos faróis – que avançam sobre o capô e pára-lamas, formando um conjunto harmônico e equilibrado e, principalmente, com personalidade – possuem uma nova moldura interna, conferindo mais modernidade à parte dianteira dos Novos Sandero e Sandero Stepway. As luzes indicativas de direção, que estão embutidas no conjunto óptico, foram reposicionadas e, a partir de agora, estão próximas à grade central do veículo.

No capô, dois vincos saem das laterais e formam um arco, convergindo para a dianteira, onde está a logomarca da Renault ao centro. A versão Privilège se diferencia ainda pelo acabamento cromado na grade frontal e nos faróis de neblina, o que lhe garante um conjunto mais sofisticado.

A traseira do Novo Renault Sandero está mais atraente. As lanternas contêm elementos geométricos, que realçam as luzes de ré e de freio. O logotipo da Renault está no centro da tampa do porta-malas, sendo que, logo abaixo dele, está inscrito o nome “SANDERO”, o que também alinha o estilo do carro ao da nova identidade de marca. A tampa do porta-malas é caracterizada ainda por dois vincos que marcam a peça horizontalmente de uma lanterna à outra.

Nas laterais, foram mantidas três características marcantes da linha: os vincos em forma de arco, que percorrem as portas dianteira e traseira; os amplos frisos laterais (versões Expression e Privilège), detalhes que conferem aspecto mais robusto ao veículo; e as luzes indicativas de direção, que beneficiam a estética e também a segurança.

As rodas e calotas do Novo Sandero também merecem destaque. A linha 2012 têm novos e exclusivos desenhos, conforme o aro e a versão. São dois modelos de calotas integrais: “Mures 14”, de nove raios, para as versões com motor 1.0 16V Hi-Flex (Authetique ou Expression); e “Taranis 15”, restrita ao Expression 1.6 8V Hi-Torque. As rodas de liga leve, por sua vez, são de aro 15 ou 16. A “Del Arte 15” foi especialmente concebida para a versão Privilège; e a “XR 16” para a versão Stepway.

O Novo Renault Sandero chega às concessionárias em duas opções de cores sólidas: Branco Glacier e Vermelho Vivo, e em cinco matizes metálicos: Prata Etoile, Cinza Acier, Preto Nacré, Vermelho Fogo e Azul Crepúsculo. Para a linha 2012, a novidade é a cor Bege Poivre, que estará em todas as versões, com exceção da Stepway.

Interior: novidades proporcionam ainda mais conforto – O interior do Novo Sandero continua espaçoso e com grande luminosidade. A maior preocupação foi melhorar a qualidade do acabamento e aumentar o nível de sofisticação do modelo. Para isso, foram explorados novas texturas, cores e materiais. O painel, por exemplo, está mais agradável ao toque, além de mais atraente visualmente. “Os consumidores brasileiros, em geral, dão muita importância ao interior do veículo e valorizam o acabamento, mesmo em uma versão de entrada”, atesta Vincent Pedretti.

Ainda na parte central do painel do Novo Sandero e do Novo Sandero Stewpay, os botões de acionamento do ar-condicionado foram redesenhados pelos profissionais do Renault Design América Latina (RDAL), ganhando um formato moderno e mais anatômico.

A versão Expression e Privilège conta com detalhes cromados na manopla da alavanca de câmbio, além das maçanetas das portas e dos difusores de ar na cor cinza inox, o que confere mais sofisticação ao interior do modelo. O acabamento cinza inox está presente também no anel em volta do logotipo ao centro do volante de três raios e de ótima empunhadura.

Mais tecnologia a serviço do conforto – A nova linha Sandero conta com um novo rádio, maior e mais moderno, do tipo “double din”, desenvolvido no Brasil e que será utilizado pela primeira vez, em nível mundial no Grupo Renault, neste lançamento.

Este equipamento, além de rádio AM/FM e CD-Player, conta com processamento digital de som (DSP) e reproduz músicas nos formatos MP3, WMA e WMV. Em sua parte frontal, ele contará com duas entradas: uma auxiliar, do tipo “jack”, e outra para conexão USB/iPod – permitindo aos ocupantes desfrutarem da sua biblioteca pessoal de música -, tudo isso controlado pelo comando satélite instalado na coluna de direção.

A liberdade para as mãos também foi pensada na hora da comunicação eletrônica. Por isso, o novo rádio disponibilizado nos novos Sandero e Sandero Stepway conta com a tecnologia Bluetooth, que permite conectar um telefone celular ao sistema de áudio do veículo, permitindo ao cliente realizar e atender chamadas pelo comando satélite.

O Novo Sandero e Novo Sandero Stepway tem como opcional quatro alto-falantes, do tipo “full range”. Além disso, este novo conjunto de som conta com um sistema de processamento de som (DSP), cujo objetivo é o de se obter uma qualidade sonora em três dimensões. Trata-se do é o “3D sound by Arkamys (empresa francesa especializada em customização de som automotivo)”, que proporciona uma qualidade sonora semelhante a um “home theater” doméstico.

Atenção especial à ergonomia – Atendendo a sugestões dos clientes e visando ampliar ainda mais o conforto e a ergonomia, os botões de acionamento dos vidros elétricos foram reposicionados no Novo Sandero. A partir de agora, eles estão instalados nas laterais internas das portas, próximo aos puxadores de abertura, tornando a operação do equipamento muito mais fácil e acessível.

Outro ponto importante em termos de conforto é o novo sistema de abertura da tampa de combustível. Ela agora é feita por uma alavanca posicionada ao lado do banco do motorista. Com isso o motorista ou a motorista não precisará mais entregar a chave do carro para o frentista, facilitando o processo de abastecimento do veículo.

Já o indicador do nível mínimo do reservatório do tanque de combustível de partida a frio, sinalizará ao motorista quando o reservatório necessita ser completado com gasolina. Esse indicador trará mais comodidade para o motorista durante a operação de partida do motor nos dias frios.

Ainda internamente, o motorista encontra facilmente a melhor posição para dirigir no Novo Sandero e Novo Sandero Stepway, graças à regulagem de altura da coluna de direção (novidade na gama e item associado à presença da direção hidráulica e da regulagem de altura dos bancos). Os bancos, com densidade de espuma cuidadosamente estudada para receber vibrações e proporcionar conforto ao corpo, receberam novos tecidos e novos tons de acabamentos, que variam de acordo com a versão. As estampas estão mais bonitas, modernas, contribuindo para tornar o interior do automóvel mais atraente.

O quadro de instrumentos, onde estão conta-giros e velocímetro, apresenta novo padrão visual, inspirado no carro-conceito “Sand’Up Concept”. A iluminação dos instrumentos é na cor âmbar, que não cansa os olhos no escuro. O painel é completo, com velocímetro, conta-giros, indicador digital do nível de combustível e de temperatura da água.

Evoluções no conforto acústico – A equipe de profissionais do Renault Tecnologia Américas trabalhou no aperfeiçoamento do conforto acústico no Novo Sandero e Novo Sandero Stpeway. Comparado aos modelos anteriores, ao dirigir o Novo Sandero o motorista perceberá que estes modelos ficaram ainda mais silenciosos, devido, principalmente às várias melhorias realizadas no isolamento acústico do habitáculo e em componentes específicos.

Versões de acabamento – O Novo Renault Sandero está disponível em quatro versões de acabamento: Authentique, Expression, Privilège e Stepway, as quais devem atender consumidores com diferentes necessidades.
Authentique = A versão de entrada, a Authentique, é equipada com motor 1.0 16V Hi-Flex – o único do segmento brasileiro de veículos 1.0 litro com cabeçote multiválvulas – e deverá responder por 20% do mix de vendas do modelo. Brake light (3ª luz de freio), alarme sonoro de luzes acesas, pára-choques na cor do veículo e retrovisores com regulagem interna são alguns dos itens de série, assim como o indicador do nível do tanque de combustível de partida a frio e a abertura interna da tampa de combustível, duas úteis novidades da linha 2012 que colaboram para a segurança e conforto do motorista.
Expression = Esta versão deverá responder pela maior parte do volume de vendas da gama (50%) e oferece duas opções de motor aos consumidores: 1.0 16V Hi-Flex e 1.6 8V Hi-Torque. De série, todos os equipamentos da versão Authentique e mais itens como banco do motorista e direção hidráulica com regulagem de altura, porta-malas com revestimento interno e iluminação, retrovisores na cor da carroceria, frisos laterais pretos, rodas de aro 15, com calotas integrais (para carros com motor 1.6 8V), logotipo Renault cromado no centro do volante, detalhes com acabamento na cor cinz inox no interior.
Privilège = Versão topo de linha da gama, conta com um pacote completíssimo de itens, que inclui ar condicionado, direção hidráulica com regulagem de altura, retrovisores e vidros dianteiros/traseiros elétricos, travas das portas e do porta-malas elétricas e com sistema CAR (travamento automático a partir de 6 km/h), rádio CD “double din” com MP3 player integrado ao painel, maçanetas na cor da carroceria, banco traseiro bipartido (1/3 e 2/3), adesivos pretos na coluna “B” e soleiras das portas, rodas de liga leve aro 15, faróis de neblina e computador de bordo. Essa versão, que traz sob o capô motor 1.6 8V Hi-Torque.

SANDERO STEPWAY
A versão Stepway do Novo Sandero também apresenta novidades. Com estilo diferenciado, apelo esportivo e vocação urbana, o modelo foi concebido para o mercado brasileiro para consumidores com espírito jovem, que valorizam a imagem.

“O Novo Sandero Stepway não foi feito na França para o Brasil. É um automóvel concebido e produzido no Brasil para consumidores brasileiros e sul-americanos. Com ele, o Renault Design América Latina se tornou realidade em 2008”, explica Vincent Pedretti, designer chefe do RDAL.

A versão Stepway tem atributos que a destacam do restante da gama. A começar pelo visual robusto, obtido principalmente pela altura elevada em relação ao solo e pelas rodas de liga leve de série, com desenho exclusivo e aro de 16 polegadas. Com isso, o Stepway está preparado para enfrentar com tranqüilidade as condições adversas de rodagem encontradas nas ruas e estradas brasileiras, graças à ampla distância em relação ao solo, que é de 18,5 cm.

Em termos de design, a versão Stepway do Novo Sandero também foi inspirada no Stepway Concept apresentado ao público no Salão Internacional de São Paulo, no ano passado.

Segundo Pedretti, a presença do RDAL na capital paulista foi decisiva para o desenvolvimento do Novo Sandero, especialmente a versão Stepway. “Ter um centro de design em São Paulo nos colocou no centro da América Latina. O contato com o São Paulo Fashion Week e o universo da moda, por exemplo, nos deu inspiração e permitiu trocas de experiências que colaboraram no desenvolvimento do produto”, acrescenta.

Na dianteira, os grandes faróis, que avançam sobre os pára-lamas e capô, receberam máscaras negras. O pára-choque, na cor preta chama atenção por ser mais encorpado que o das demais versões. Parte dele é na cor prata e envolve a entrada de ar frontal, cuja grade é em forma de colméia. A peça abriga ainda os faróis de neblina, que são itens de série. O tom preto está presente também na extremidade do capô, onde está o logotipo da Renault. “Optamos por algo com harmonia e integração entre os elementos, mas que também transmitisse robustez”, explica Vincent Pedretti.

Lateralmente, destacam-se os contornos dos pára-lamas na cor preta (molduras das caixas de roda). As maçanetas e os retrovisores, bem como os discretos estribos laterais são prateados.

As lanternas traseiras também contam com máscaras negras e têm formas integradas à carroceria, com base mais larga, subindo em direção às colunas. A ponteira de escapamento confeccionada em aço inoxidável e polido confere um tempero mais esportivo ao veículo, assim como as barras longitudinais no teto. A parte de baixo do pára-choque traseiro é preta e abriga a placa de identificação do veículo. A inscrição “Stepway” em letras de forma estilizadas vem no canto direito da tampa do porta-malas e ajuda a identificar a versão.

O esmero com o acabamento da carroceria foi total. O Sandero Stepway não tem parafusos de fixação expostos. E até o lado interno das caixas de rodas recebeu uma pintura preta, para encobrir partes mecânicas, as quais ficam aparentes em outros automóveis.

Interior mais esportivo e sofisticado – O interior do Novo Sandero Stepway também apresenta diferenças em relação ao restante da gama. “No interior do Stepway optamos por explorar mais a mistura de materiais e cores, com intenção de deixar o ambiente sutilmente mais esportivo e sofisticado, além de mais moderno e convidativo”, explica Pedretti.

O painel de instrumentos (velocímetro e conta-giros) tem grafismo exclusivo e o nome “Stepway” gravado no centro. Os tecidos dos bancos também são diferenciados, assim como o forro das portas. “Os grafismos usados no tecido dos bancos apresentam detalhes coloridos. O objetivo foi deixar o interior mais cool, e vibrante. A inspiração veio do Sand’up Concept”, explica Vincent Pedretti. Opcionalmente, o consumidor pode escolher o revestimento de couro.

As portas dianteiras têm um grande puxador na cor preta brilhante, tonalidade presente também na parte central do painel (onde estão instalados rádio integrado ao painel e comandos de ventilação e ar-condicionado). As maçanetas, por sua vez, apresentam acabamento na cor cinza inox, assim como a alavanca de câmbio.

Personalidade estampada – O Novo Sandero Stepway é capaz de refletir a personalidade de seu dono, que, ao adquirir o automóvel, pode escolher entre seis diferentes adesivos a serem afixados na coluna traseira, do lado esquerdo da carroceria. As imagens estilizadas foram concebidas no Renault Design América Latina, e validadas ao longo do desenvolvimento do produto nas clínicas com potenciais clientes.

PRINCIPAIS PONTOS FORTES DO SANDERO
“São muitas as qualidades que fizeram da linha Sandero líder de satisfação entre os proprietários e um sucesso comercial. A confiabilidade mecânica, a garantia de três anos e o espaço interno são algumas das características mais apreciadas pelos consumidores e foram preservadas na linha 2012 que está chegando ao mercado”, explica Frédéric Posez, Diretor de Marketing da Renault do Brasil.

A arquitetura da plataforma B0, a mesma utilizada pelo Novo Logan, contribuiu para que o hatch mantivesse as medidas generosas. As dimensões do Novo Renault Sandero são equivalentes às dos veículos de porte médio. Com 4,02 metros de comprimento, 1,75 metro de largura e distância entre-eixos de 2,59 metros, o Sandero ultrapassa em porte seus principais concorrentes do segmento dos compactos. O Volkswagen Fox, por exemplo, tem 2,46 metros de entre-eixos; o Fiat Punto, 2,51m.

Estas medidas determinam a ampla área para passageiros e também para bagagem. Por isso, adultos que viajam no banco de trás não têm problemas com espaço para as pernas ou com a altura da cabeça em relação ao teto. Já os motoristas, mesmo os mais altos, encontram facilmente a melhor posição de dirigir. Tarefa facilitada também pelo banco com regulagem de altura, de série a partir da versão Expression.

A capacidade do porta-malas é outro destaque do Novo Renault Sandero: são 320 litros disponíveis para bagagem, bem superior aos seus principais concorrentes. A tampa do porta-malas, sustentada por dois amortecedores telescópicos, tem grande ângulo de abertura, o que facilita as operações de carga e descarga do veículo.

A praticidade e a modularidade do porta-malas são favorecidas ainda pelo encosto do banco traseiro rebatível em 1/3 – 2/3 (dependendo da versão). Com o encosto totalmente rebatido, a capacidade de acomodação de volumes é consideravelmente ampliada.

Resistência a toda prova – Tudo no Novo Sandero foi pensado para que o carro fosse o mais resistente possível. Desde a sua concepção, o modelo foi submetido às mais rigorosas situações, pois este carro seria vendido para um consumidor exigente como o brasileiro, mas também circularia em algumas das regiões mais inóspitas do planeta, com estradas precárias e clima severo.

Todos os detalhes foram pensados. O painel de instrumentos, por exemplo, foi moldado em peça única, para reduzir o nível de ruído interno e para facilitar a manutenção. O painel não apresenta folgas entre as junções e não tem parafusos de fixação aparentes..

O sistema de ar-condicionado que equipa o Novo Sandero é o mesmo utilizado pela Renault nos veículos da marca comercializados no Oriente Médio, uma das regiões mais quentes do planeta.

Pós-vendas – Ao adquirir o Novo Renault Sandero, os proprietários estão levando também tranquilidade para a garagem. Como já ocorre com outros automóveis da marca, o Novo Sandero e o Novo Sandero Stepway oferecem três anos de garantia total de fábrica ou 100.000 quilômetros (o que ocorrer primeiro).

Fruto da plataforma B0 – da qual deriva também o Novo Logan -, o Novo Sandero foi desenvolvido para ser um veículo de manutenção barata e altamente confiável. Portanto, resistência e a durabilidade são duas características marcantes deste modelo. A garantia de 36 meses aliada ao baixo custo das peças, transforma-se num importante benefício ao cliente: maior valor de revenda do veículo no mercado de seminovos.

“A meta da Renault foi fazer o possível para minimizar o custo de manutenção e reduzir o tempo de uma eventual imobilização do automóvel”, explica Luiz Fernando Pedrucci, Diretor de Pós-vendas da Renault do Brasil.

Pedrucci alerta também que a intenção da marca foi dar maior transparência possível aos clientes, que podem saber de antemão o preço das peças e também o da mão-de-obra. “Há marcas que divulgam os valores das revisões excluindo o custo da mão-de-obra, induzindo os consumidores ao erro”, afirma.

Além disso, ele chama atenção para o prazo de revisão preconizado pela Renault: 10 mil quilômetros ou um ano. “Outros fabricantes diminuem os intervalos para seis meses, o que aumenta, e muito, o custo final para os proprietários, pois duplica as revisões em um mesmo período”, afirma o Diretor de Pós-Vendas da Renault do Brasil.

O Novo Renault Sandero se mostra uma compra inteligente e racional. Prova disso é o baixo custo de manutenção do veículo: menos de R$ 1 por dia. A estimativa é feita a partir do valor total do plano de manutenção do carro até os 35.000 quilômetros, rodagem média do cliente brasileiro num período de três anos. Quando se divide o valor total das peças e mão-de-obra deste plano de manutenção, pelo número de dias dos três anos, chega-se a um valor ligeiramente inferior a R$ 1 por dia.

As revisões periódicas preconizadas pela Renault do Brasil para o Novo Sandero estão previstas em intervalos de 10.000 km. Na hora de pagar, nada de sustos. O programa “Revisão Preço Fechado” permite ao proprietário saber com antecedência exatamente quanto vai gastar com peças e mão-de-obra. O valor é fixo e válido para toda a rede de concessionárias da Renault no País “.

Outro benefício importante é o “Pacote Preço Fechado”, que inclui os principais componentes de desgaste natural do veículo: amortecedores, pastilhas de freios, palhetas do limpador do pára-brisa e silencioso.

A robustez e o baixo valor de manutenção refletem diretamente no valor do seguro. O Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi-Brasil) já comprovou isso: o Sandero ficou muito bem colocado no ranking CAR Group, que compara veículos de uma mesma categoria quanto à facilidade e o custo de seu reparo.

O Sandero obteve o índice 13 – numa escala que varia de 10 a 60 – neste ranking acompanhado por todas as seguradoras, superando importantes concorrentes dentro do segmento de “hatchs compactos”. O Car Group é referência na área de reparação automotiva no Brasil e, de acordo com a pontuação no ranking, as seguradoras estabelecem as tarifas dos prêmios de seguro e franquia.

Reposição rápida é outra preocupação da Renault em relação ao Novo Sandero. Um eficiente sistema de armazenagem e distribuição assegura às concessionárias a reposição imediata. A Renault do Brasil conta com dois armazéns: em Jundiaí (SP), com capacidade para estocar 31 mil componentes, e em São José dos Pinhais (PR), com mais de 12 mil itens. O sistema de logística permite que o estoque envie peças diariamente para todas as concessionárias da marca no País, atendendo ao cliente no menor tempo possível.

O proprietário do Novo Renault Sandero tem ainda a tranqüilidade de poder contar com o “Renault Assistance”, um serviço de assistência técnica e de socorro mecânico, com atendimento 24 horas. O “Renault Assistance” providencia um técnico para realizar pequenos reparos no local e, nos casos em que não for possível o reparo, a remoção do automóvel para a concessionária mais próxima.

O “Renault Assistance” é oferecido gratuitamente por 24 meses e inclui uma completa gama de serviços de assistência aos proprietários de veículos da marca. Mais informações podem ser obtidas com o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), pelo telefone             0800 055 56 15       (ligação gratuita) ou pelo site http://www.renault.com.br.

Ao chegar ao mercado, o Novo Renault Sandero traz também uma linha completa de acessórios para atingir todos os públicos. É o caso do novo Kit Sport. Também desenvolvido pelo RDAL, centro de design da Renault instalado Brasil, é composto de spoiler dianteiro, saias laterais, aerofólio e extrator traseiro de ar, conjunto que reforça a esportividade do modelo.

O Kit pode ser montado em qualquer versão (exceto Stepway) e a instalação é simples, já que não há necessidade da realização de furos na carroceria, uma vez que as peças aproveitam alguns pontos de fixação já existentes, como nas laterais inferiores do modelo.

Com exceção do aerofólio, que é produzido em polipropileno, todas as demais peças do Kit Sport são confeccionadas em Noryl – um composto plástico com alto nível de resistência e durabilidade. A utilização do Noryl permitiu aos engenheiros que trabalharam no desenvolvimento do Kit Sport uma maior flexibilidade no momento de projetarem esses componentes.

Além do Kit Sport, a Renault disponibiliza uma ampla linha de acessórios originais para o Novo Sandero: sensor de estacionamento, ideal para as manobras em espaços reduzidos, farol de neblina, para versões que não tiverem o item de série, rádio com DVD e GPS integrados, GPS, porta-bicicleta e tapetes.

Além de personalizar e/ou aumentar os níveis de conforto do seu Sandero, o cliente que instala qualquer um dos itens da linha de acessórios original mantém inalterada todos os benefícios da garantia original do veículo, que é de três anos – inédita no segmento de veículos compactos.

CONJUNTO MECÂNICO
O Novo Renault Sandero chega ao mercado oferecendo três opções de motor bicombustível, todos já conhecidos e aprovados pelos consumidores brasileiros. Eles trabalham 100% etanol (E100) e com qualquer tipo de gasolina, da E22 (com 22% de etanol) vendida no Brasil, à E0, gasolina sem adição de etanol, encontrada em países do Mercosul, por exemplo. Os três propulsores são dotados de acelerador eletrônico, sem cabos ou conexões mecânicas. Com esse tipo de solução, o acionamento da borboleta é feito por meio de sensores.

O propulsor 1.0 16V Hi-Flex, único com quatro válvulas por cilindro da categoria, está presente nas versões Authentique e Expression e rende 76 cv (gasolina) e 77 cv (etanol). São 9,9 kgfm de torque com gasolina no tanque e 10,1 kgfm com etanol, sendo que 80% desse valor já estão disponíveis a 1.500 rpm. Com este motor, o Novo Sandero acelera de 0 a 100 km/h em 14,2 segundos (gasolina) e 14,1 segundos (etanol).

O motor 1.6 8V Hi-Torque, por sua vez, é uma excelente opção às configurações 1.4 oferecidas pela concorrência. Este quatro cilindros, presente nas versões Expression e Privilège, destaca-se, como o nome indica, pela generosa oferta de torque desde as rotações mais baixas. É ainda uma alternativa para quem precisa de um carro com motor de maior capacidade cúbica que o 1.0 16V e que seja mais em conta que o 1.6 16V.

Identificado pela denominação comercial Hi-Torque, o motor 1.6 8V gera 92 cv de potência com gasolina e 95 cv com etanol. A principal característica é o torque de 13,7 mkgf (E22) e 14,1 mkgf (E100) a 2.850 rpm, faixa de rotação mais utilizada pelos motoristas brasileiros. Aos 2.500 rpm, 95% da força já está disponível, qualidade que torna a condução mais prazerosa e elimina as constantes trocas de marcha nos percursos urbanos.

Os números de desempenho revelam a disposição do Hi-Torque nas acelerações: 11,7 segundos no 0 a 100 km/h abastecido com etanol e 12,1 segundos na mesma prova quando abastecido com gasolina.

Já o motor 1.6 16V Hi-Flex está na versão Stepway. É ideal para os consumidores que não abrem mão de desempenho. Elástico, apresenta excelentes índices de retomada de velocidade e de aceleração. Alimentado com gasolina, o tempo na prova 0 a 100 km/h é de 10,2 segundos e de 10,1 segundos com etanol. A velocidade máxima é de, respectivamente, 181 km/h e 184 km/h.

O torque máximo é de 15,1 kgfm (a gasolina) e 15,5 kgfm (etanol). Para o motorista, o mais importante é saber que 90% do torque máximo disponível já aparecem a 2.000 rpm. Na prática, isso significa boas retomadas e arrancadas, o que joga por terra o mito de que motores de 16 válvulas não possuem bom desempenho em baixas rotações.

O 1.6 16V Hi-Flex é um motor moderno, com duplo comando de válvulas no cabeçote (DOHC, do inglês, double overhead camshaft). Um comando aciona as válvulas de admissão; o outro, as de escape, o que favorece a combustão. O balancim é roletado, solução que reduz o atrito entre as peças móveis e, conseqüentemente, o consumo.

Sem temer os buracos – A suspensão do Novo Sandero foi desenvolvida especificamente para as condições de rodagem do Brasil. O resultado foi um conjunto simples, porém robusto, capaz de enfrentar situações adversas sem sacrificar a segurança e o conforto de motorista e passageiros.

A suspensão dianteira é do tipo McPherson, com braços triangulares e amortecedores integrados às molas helicoidais. Atrás, funciona um sistema semi-independente, composto por barra de torção transversal, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos telescópicos verticais com barra estabilizadora

As versões de entrada saem de fábrica com pneus 185/70 de 14 polegadas, mas podem receber opcionalmente a medida 185/65 de 15 polegadas, item de série da versão 1.6 8V, ou 195/60 16 polegadas, na versão Stepway.

A partir da versão de acabamento Expression é disponibilizado o sistema ABS opcional. O Novo Sandero conta com uma válvula compensadora de frenagem. Este dispositivo, que integra a lista de equipamentos de série do veículo, regula de forma eficaz a distribuição da frenagem em função da carga do veículo entre os sistemas de freios dianteiro e traseiro. Também contribui para a segurança o sistema CAR, que trava automaticamente as portas do veículo quando este alcança 6 km/h.

Câmbio – O Novo Sandero e o Novo Sandero Stepway são equipados com caixa de câmbio manual de cinco marchas, produzida pela Renault, no Chile. O conjunto é caracterizado pelos engates macios e precisos e conta com vedação adicional contra poeira, uma providência tomada após exaustivos testes de rodagem em condições as mais severas.

As relações de marcha foram adequadas conforme a motorização, visando extrair o máximo dos valores de potência e de torque de cada um dos propulsores disponíveis, sem comprometer o conforto de rodagem, o desempenho e o consumo de combustível.


Fonte: Renault press

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.