Peruano Rodrigo Pflucker vira atração em seu país na F4 Sul-americana

Postado por -

Piloto conquistou primeira vitória para o Peru na última etapa da categoria continental; Pflucker ganha destaque nos principais veículos de comunicação do país
A vitória na segunda prova da última etapa da F4 Sul-americana, realizada em Córdoba, na Argentina, não apenas colocou Rodrigo Pflucker na galeria dos vencedores, mas também inseriu o Peru no mapa dos países vitoriosos na curta história da categoria continental. Terceiro colocado na classificação do campeonato com 91 pontos, Pflucker, de 18 anos, é um dos pilotos que mais evoluíram na temporada e, apesar dos 47 pontos que tem de desvantagem para o líder Pedro Cardoso, ainda sonha com a possibilidade de conquistar o título logo em sua estreia na categoria. Já Na Copa Argentina, lidera o torneio com 37 pontos.

Representante nas pistas de um país que não tem tanta tradição no automobilismo,Pflucker tem como objetivo seguir trajetória rumo à Fórmula 1. Com nove anos de experiência no kartismo peruano e dois títulos nacionais no currículo – 2012 e 2013 -, o piloto estreou com carros no ano passado, no Volkswagen Gol R Cup, quando conquistou o título em seu campeonato de estreia. Neste ano, fez testes com o monoposto da F4 Sul-americana e rapidamente fechou participação na temporada 2015. A adaptação, no entanto, levou um certo tempo e foi um pouco difícil.

“Por ser minha estreia com esse tipo de carro, demorei um pouco para entender as reações do modelo e como trabalhar no acerto para cada treino. Mas a cada etapa sinto uma nítida evolução, que considero natural pelo tempo de pista que estou ganhando e pelo entrosamento com a equipe de engenheiros. Desta forma, melhorei bastante nas duas últimas etapas, em Mercedes, no Uruguai, e Córdoba, na Argentina, pista que conquistei minha primeira vitória na segunda corrida do fim de semana”, disse o peruano.

Com poucos autódromo e campeonatos devido à falta de divulgação do esporte em seu país, Pflucker pretende mudar esse quadro e desde o início do ano vem ganhando destaque na mídia peruana graças aos bons resultados. “Acho que é até natural esse reconhecimento pela falta de pilotos do Peru no cenário mundial. A F4 Sul-americana é uma categoria excelente para jovens, estou me desenvolvendo muito como piloto e o mais legal é que se trata de um campeonato do continente. Assim, podemos medir forças contra outros talentos sul-americanos e cada um pode defender as cores de sua bandeira. Estou muito feliz em representar o Peru e espero brigar pelo título”.

Pflucker citou o tetracampeão Sebastian Vettel como sua referência nas pistas pela inteligência e por ser completo. Destacou também Ayrton Senna, cuja qualidade é inquestionável. “São dois pilotos fantásticos, exemplos para muita gente. Gostava bastante do estilo do Schumacher, hoje vejo em Vettel um piloto bastante agressivo, sobretudo na hora das ultrapassagens. No Peru, tivemos poucos nomes conhecidos, como Henry Bradley, Orlandini ou Chachi Dibós, mas nenhum deles chegou perto do que representou Ayrton Senna para os brasileiros”, finalizou Pflucker.

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.