Peugeot lança o 508 no Brasil

Postado por -

Linhas imponentes, acabamento impecável, conteúdo tecnológico inovador e a mais pura expressão do prazer de dirigir: ao combinar esses elementos no 508, o novo sedã grande da Marca, a Peugeot concebeu um veículo sofisticado e repleto de estilo.

Chega ao mercado brasileiro o 508, um dos veículos mais modernos desenvolvidos pela Peugeot em seu amplo portfólio de produtos. Com esse novo modelo, a Peugeot amplia sua oferta no Brasil e volta a atuar de maneira forte no segmento D, que cresceu mais de 50% em 2011. Para cumprir com esse compromisso, o 508 alia eficiência e emoção com:

• Seu aspecto refinado, luxuoso e dinâmico;

• Sua qualidade, tecnologia e o prazer de vida a bordo;

• Sua experiência de condução única, derivada do know-how da Marca.

Com o 508, a Marca reafirma sua presença e também suas ambições num universo em que possui histórica tradição: o dos grandes sedãs. Isso porque, há décadas, vem produzindo modelos que marcaram época, como os modelos 504, 505 e os veículos 601, 604, 605 e 607, seja pelo estilo, pelo comportamento dinâmico, pela polivalência ou pela robustez.

O 508 será comercializado em versão única de acabamento e com quatro opções de cores (Branco Nacré, Preto perla nera, Cinza alumínio e Cinza Haria). O modelo é produzido em Rennes-La-Janais, na França, e em Wuhan, na China.

Prático e amplo no dia-a-dia

No aspecto prático, a escolha de uma arquitetura eficiente possibilita uma excelente habitabilidade e um grande porta-malas. Cada passageiro é beneficiado por um tratamento específico, com espaço generoso e equipamentos próprios (a climatização em quatro zonas, por exemplo, favorece os passageiros de trás; apoio de cabeça regulável aumenta a sensação de conforto do condutor e do passageiro da frente).

O porta-malas do sedã se abre por meio de uma tampa automática, acionada pela chave com comando a distância, por um botão específico no painel de bordo ou no “0” da sigla “508”. O compartimento se revela prático e, sobretudo, muito generoso, em função da presença de ganchos e rede para arrumação, abrigo para triângulo de sinalização e formas regulares do espaço.

O compartimento dispõe de 473 litros, volume que pode ser ampliado com o rebatimento dos bancos (1/3-2/3) e, ao formar um piso plano, atinge um volume total de 1.581litros. No habitáculo, o 508 oferece até 22 litros em porta-objetos. As portas dianteiras apresentam um compartimento com capacidade de quatro litros, podendo acomodar garrafas de até 1,5 litro. O porta-luvas garante nove litros de capacidade, com espaços ainda debaixo do console central.

Motorização Eficiente

O Peugeot 508 recebe o consagrado powertrain que equipa o crossover 3008 e o cupê esportivo RCZ. Com mais esse modelo, a Peugeot reforça sua inserção na tendência internacional de downsizing de motores, que contempla boa performance e baixos níveis de consumo e emissão de poluentes. Referência em tecnologia, o motor Turbo High Pressure (THP), fabricado com bloco em alumínio, é extremamente leve e foi desenvolvido em cooperação com a BMW.

Alimentado por um sistema de injeção direta de gasolina, o propulsor de 1.598 cm3 de cilindrada e cabeçote composto de 16 válvulas com comando de admissão variável e balancins roletados desenvolve 165 CV de potência a 6.000 rpm. Com um torque máximo de 24,5 mkgf disponível à incrível marca de 1.400 rpm, oferece ao condutor força e segurança em ultrapassagens e agilidade nas retomadas de velocidade nos deslocamentos urbanos, por exemplo.

Atrelada a essa motorização, o veículo dispõe de uma caixa automática sequencial de seis velocidades. Trabalhando sempre com o melhor regime de rotação do motor, ela permite uma rápida e suave troca de marchas, contribuindo em boa parte ao grande prazer de condução proporcionado pelo modelo. Essa comodidade é ampliada pela presença do paddle shift, dispositivo localizado atrás do volante que possibilita a mudança sequencial de marchas.

Outro fator importante na caixa automática é que o conversor de torque utilizado também é pilotado (elemento responsável pela ligação entre o motor e a caixa), proporcionando uma condição de tráfego mais seguro principalmente em reduções.

Neste tipo de conversor, uma embreagem interna efetua a ligação mecânica entre o motor e a caixa, gerando o dito efeito de "freio motor". Assim, o condutor tem a mesma sensação de um carro equipado com caixa de velocidades mecânica: ao retirar o pé do pedal do acelerador, o veículo "freia" pelo motor. Por consequência, há maior economia de combustível, visto que o bloco, nestas condições, não injeta uma gota sequer de gasolina para ser queimada, e também economia de freios, pois o condutor utiliza uma energia que estaria então sendo desperdiçada.

Um veículo cinco estrelas

O Peugeot 508 superou com êxito os testes de segurança do Euro NCAP – European New Car Assessment Program, instituto europeu que avalia a segurança dos automóveis novos, obtendo cinco estrelas, a mais alta pontuação. O modelo foi avaliado em 2011 e sob a ótica do instituto, que conta com critérios bastante rígidos, o veículo registrou seu melhor resultado na análise dos sistemas de apoio à segurança, apresentando 97% de aprovação.

No aspecto referente à proteção dos ocupantes adultos, que compreende choques frontais, laterais e traseiros, o modelo atingiu 90%, e em relação à proteção das crianças chegou ao índice de 87%, considerando os mesmo tipos de colisões.


Leia também:

Novo BMW Série 1 de três portas

Alfa Romeo Giuliett o preferido dos Italianos

SP – Régis Bittencourt (BR-116) tem desvio de tráfego para obras em Itapecerica

Fonte: Peugeot press

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.