PR – Curitiba – Urbs vai leiloar 90 veículos e seis caçambas

Postado por -

Mais 90 veículos e seis caçambas de resíduos serão colocados à venda no terceiro leilão realizado pela Urbs. O leilão será no dia 14 de dezembro a partir das 14h, no pátio do Serviço Social e Nacional de Transporte (SEST/SENAT) que fica na rua Salvador Ferrante, 1.440, no bairro Boqueirão.

São carros, motos e caçambas removidos das ruas por estacionamento irregular e que não foram retirados pelos proprietários, estando há mais de três meses no pátio. Os veículos e caçambas que irão a leilão em dezembro foram removidos entre os dias 8 de maio do ano passado e 24 de maio deste ano. Nos dois leilões já realizados desde o ano passado todos os lotes foram vendidos em poucas horas.

O próximo leilão terá tanto veículos de circulação quanto para sucata. No caso dos veículos de circulação os lances iniciais variam de R$ 600,00 (moto 125 cilindradas, ano 1996) a R$ 14.900,00 (passat importado ano 2004). No caso da sucata, são 18 veículos com fabricação entre 1976 e 1989 e lances iniciais entre R$ 500,00 e R$ 800,00. O leilão terá também dois lotes de caçambas, com lance inicial de R$ 1,8 mil. São três caçambas por lote.

A relação dos veículos está disponível, juntamente com o edital de leilão, no site da Urbs (www.urbs.curitiba.pr.gov.br). Entre eles constam desde Fusca ano 1969; a carros Clio, Gol, Peugeot e Fiat Strada fabricados em 2008 e 2009.
 Os interessados poderão conhecer os veículos visitando o pátio da Urbs nos dias 12 e 13 de dezembro, das 9h às 16h. O pátio fica na avenida Senador Salgado Filho, 6080, bairro Uberaba.

Os 90 veículos são passíveis de leilão conforme prevê a Resolução 331/2009 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), porque estão no pátio há mais de 90 dias e não foram retirados por seus proprietários ou procuradores. São carros que foram removidos para o pátio porque estavam estacionados irregularmente, infração que segundo o Código de Trânsito Brasileiro está sujeita a multa e remoção.

Os valores arrecadados no leilão serão usados, também de acordo com a Resolução 331/2009 do CONTRAN, para o pagamento de débitos do veículo na seguinte ordem: débitos tributários (IPVA, licenciamento, DPVAT); débitos com o órgão responsável pelo leilão (multas, despesas de remoção e estada e despesas com o leilão) e multas devidas a órgãos do Sistema Nacional de Trânsito seguindo a ordem cronológica da aplicação. Se, depois da quitação dos débitos ainda houver saldo, este será destinado a quem tenha crédito sobre o veículo (proprietários e financeiras) desde que habilitados também de acordo com a resolução 331/2009 do CONTRAN.

As caçambas de resíduos que serão leiloadas também estão no pátio há mais de 90 dias. Elas foram removidas pela URBS/DIRETRAN por não atender os decretos municipais 1120/98 e 816/2010. Os decretos regulamentam o transporte e disposição dos resíduos de construção civil e determinam o cadastro na Secretaria do Meio Ambiente.

Uma vez no pátio, os veículos ou caçambas só podem ser retirados pelo proprietário mediante apresentação da documentação pessoal e documentos do veículo e com pagamento da taxa de serviço de remoção e diárias. No caso de pendências, como multas que já não têm prazo de defesa, licenciamento, IPVA e seguro obrigatório vencidos, o proprietário ou procurador responsável deverá quitar os valores pendentes para então retirar o veículo. Para retirada da caçamba, o proprietário deve estar cadastrado junto à Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba.


Fonte: bemparana.com.br

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.