PR – Leilão da Foztrans terá mais de 600 veículos

Postado por -

O Foztrans já enviou notificação postal aos proprietários de carros e motos que tiveram os veículos apreendidos em fiscalizações e que estão há mais de 90 dias recolhidos no pátio do instituto.

Vencido o prazo de 20 dias para que eles retirem esse patrimônio, será feita a publicação via edital, concedendo mais um mês de prazo para a regularização da situação. Caso isso não aconteça, os veículos nacionais e importados farão parte dos lotes do leilão que será promovido pelo Foztrans, no mês de agosto. Atualmente o pátio do instituto tem mais de mil carros e motos, apreendidos por infrações como falta de equipamentos obrigatórios, de documentos e estacionamento irregular.

Com o leilão será possível liberar espaço no pátio municipal, localizado no bairro Três Fronteiras. Serão ofertados veículos em condições de rodar e também sucatas. O arremate poderá ser feito de forma presencial e on-line, por quem der o maior lance, a partir do valor mínimo estipulado. O valor arrecadado será destinado ao pagamento dos impostos atrasados dos veículos, multas devidas aos órgãos municipal e estadual, pagamento das despesas de pátio e guincho. O que restar dessa arrecadação será depositado na conta do proprietário.

Os carros apreendidos nacionais ou dos países vizinhos por alguma irregularidade tem uma despesa de R$ 160,40 de remoção, isto é, o uso do guincho. A diária pelo uso do pátio é de R$ 43,20. Os donos de motos pagam R$ 64,30 pela remoção e têm uma diária de R$ 21,00. O último leilão realizado pelo Foztrans foi em outubro do ano passado quando foram ofertados 1.080 veículos entre carros e motos.

Leiloados na condição de sucata os veículos e motos, serão baixados no sistema do Detran e não terão direito a documentação. Isso significa que não poderão ser registrados ou licenciados. A circulação em via pública é proibida, sendo destinado somente ao desmonte e reaproveitamento comercial das peças e partes metálicas. Já os veículos em condições de rodar poderão ser retirados pelos novos proprietários num prazo de 15 dias. Será necessário solicitar a baixa no Detran e a documentação atualizada com o nome do novo dono.

Além do pátio no bairro Três Fronteiras, o Foztrans ainda conta com uma área na rua Edmundo de Barros, onde estão 38 veículos. São carros e motos que não podem ir a leilão porque possuem bloqueio judicial. Assim que esses automóveis forem retirados esse pátio será fechado, ficando apenas o que atende na saída da cidade, que possuí uma área de 15 mil metros quadrados.

Magdalena Heritier reúne em sua editoria, as dicas para os motoristas, sobre trânsito, mecânica, leis de trânsito e muito mais.