Radical UK Cup: Victor Corrêa testa protótipo britânico

Postado por -

O carro é rápido, seguro e divertido de se dirigir. As pistas já são velhas conhecidas de outras categorias. O grid é cheio e competitivo. Esses ingredientes da Dunlop Radical UK CupCopa Britânica de Radical – podem levar Victor Corrêa (Unifenas) a um novo estágio em sua carreira no automobilismo europeu. Nesta sexta-feira (11), o mineiro de Alfenas testará o modelo SR8 no circuito de Silverstone, a convite da organização do evento. 

O ensaio marcará uma tomada de fôlego para o piloto, enquanto se prepara para concretizar seus planos de correr na Fórmula 2. "É um redirecionamento momentâneo da minha carreira por conta dos altos custos das categorias de monopostos na Europa", explica o piloto, que desde que se mudou para a Europa em 2008, venceu corridas em todas as temporadas, na Fórmula Ford, Fórmula 3 Inglesa e Fórmula 3 Européia.

A princípio, será apenas um teste. Se gostar, Victor assina para correr pelo restante da temporada da Copa Britânica de Radical. Já se foram três etapas no calendário e ainda restam mais cinco até o fim do ano. As corridas da competição são de 40 minutos, com possibilidade de provas individuais ou em dupla.

"Parece ser uma categoria muito legal e muito competitiva. Estou bastante animado para esse teste e posso vir a disputar as cinco corridas se me sentir bem com o carro. É uma maneira que vejo de me profissionalizar no esporte mais rapidamente, sem perder o foco nas competições de fórmula na Europa", comenta o rapaz de 22 anos.

O modelo que será utilizado no teste é um SR8, da fabricante britânica Radical, que dá nome e organiza o campeonato. Estabelecida em Peterborough (Inglaterra), em 1997, a montadora especializou-se nos modelos esportivos voltados para competições e, em pouco mais de uma década de vida, já vendeu mais de 1.000 carros, marca expressiva para quem se propõe a fazer esse tipo de veículo.

Para movimentar apenas 680 kg, o SR8 conta com um robusto V8 de 2.6 litros, capaz de gerar 385 cavalos, uma relação peso-potência próxima à de um monoposto. O câmbio é sequencial, de seis marchas com trocas no volante e foi descrito pelo ex-piloto de F1 Alex Yoong como a "melhor troca de marchas fora da F1". 

Aerodinâmico e, apesar de legalizado para andar nas ruas, focado nas competições automobilísticas, o SR8 também é bom nas curvas e nas frenagens, segundo a Radical. "Gostei muito da ficha técnica do carro e dos vídeos que vi dele em ação. Além disso, muitos pilotos falam bem dele, então acho que realmente deve ser muito bom de dirigir. Vamos ver se é isso mesmo na sexta-feira", finaliza o mineiro de Alfenas, que vai testar o carro da Marks Eletrical Racing, equipe baseada em Leicester.

Leia também:

Cadillac XTS 2013 é padronizado com Ipad no painel

GM tenta vender unidade francesa

DBS Ultimate, a nova obra de arte da Aston Martin

Fonte: Master Midia

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.