Rubens Barrichello promove o primeiro Rally de São Paulo com Mini Cooper’s

Postado por -

Pilotos correrão com carros de tração dianteira em um circuito de terra, ambiente bem distinto do qual eles estão acostumados

Final de ano movimentado para os pilotos brasileiros que competem no Brasil e no Exterior. Mesmo com o fim da temporada 2011 dos campeonatos regulares, vários competidores mantiveram-se em atividade desde o final de novembro em provas festivas. A primeira foi o Desafio das Estrelas, prova de kart organizada por Felipe Massa em Florianópolis (SC) no início de novembro, e as 500 Milhas de Kart do Beto Carreiro World em Penha (SC).

Neste final de semana, acontece capital paulista, o Rally de São Paulo, prova organizada por Rubens Barrichello. Com um traçado de terra com 12 curvas, montado no próprio campo do Parque São Jorge, 16 pilotos de várias categorias terão o desafio de serem os mais rápidos nos treinos e nas baterias para se enfrentarem na grande final, que acontece domingo (18) com transmissão da Rede Globo, SporTV e Rádio Jovem Pan.

"Além dos outros pilotos, teremos mais dois adversários: um ambiente completamente diferente do que estamos acostumados e um tipo de carro com o qual nunca corremos", aponta Lucas di Grassi, que explica: "Os carros serão os Mini Cooper, de tração dianteira. Ninguém do grid jamais correu com um destes. Todos nós que estaremos ali só corremos com carros de tração traseira, e a tocada deste tipo de carro é muito diferente. É outra pilotagem", disse.

"E também nunca corremos em uma pista de terra. O nível de aderência é outro, será preciso saber dosar o acelerador e o freio, deixar o carro escapar mais. Para quem corre no asfalto, seja de fórmula ou de turismo, será uma experiência inédita, mas aposto que será também extremamente divertido. Fora o fato de que a competição será em um estádio", empolga-se.

Além de Rubens Barrichello, estarão na pista, Lucas di Grassi, Thiago Camilo, Tony Kanaan, Gil de Ferran, Antonio Pizzonia, Hélio Castroneves, João Paulo Oliveira, Bia Figueiredo, entre outros, de várias categorias (Fórmula 1, Indy, F-Nippon, GT, Fórmula Truck e Nascar).

Lucas revela empolgação. "Vai ser divertido demais. Os carros serão sorteados, então todos terão igualdade de condições. No começo acho que todo mundo vai ‘apanhar’ um pouco do carro e da pista, mas o segredo será a rápida adaptação. É o que vai fazer a diferença", disse.

Sistema de disputa – O evento oferecerá R$ 300 mil em prêmios. A primeira fase acontece no sábado (17), quando os 16 carros serão divididos em quatro grupos para fazer provas de cronometragem (contra-relógio) e assim definir o chaveamento da etapa seguinte, quando os pilotos farão a classificação que forma as baterias de domingo (18). O melhor tempo da primeira fase disputa com o 16º e último; o segundo com o 15º, e assim por diante.

Nesta fase serão definidos os dois grupos que se enfrentam no domingo. Serão quatro baterias com quatro pilotos em cada. Os vencedores formam a bateria final, de onde sairá o campeão.

Programação do evento*:
SÁBADO (17.dez):
09h00: Sorteio dos carros
10h00 – 10h45: 1ª sessão (grupo A)
11h00 – 11h45: 1ª sessão (grupo B)
12h00 – 12h45: 1ª sessão (grupo C)
13h00 – 13h45: 1ª sessão (grupo D)
14h30 – 15h10: treino cronometrado (grupos A e B)
15h30 – 16h10: treino cronometrado (grupos C e D)
16h30: PRO-AM

DOMINGO (18.dez):
11h00 – 11h40: warm up (caso necessário em virtude de mudanças climáticas)
12h30: 1ª bateria (15 minutos + 1 volta)
13h00: 2ª bateria (15 minutos + 1 volta)
13h30: 3ª bateria (15 minutos + 1 volta)
14h00: 4ª bateria (15 minutos + 1 volta)
14h30: PROVA FINAL (25 minutos + 1 volta)
*Programação sujeita a alterações por parte da organização do evento.

Fonte: Lucas di Grassi press

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.