Sertões: Edição 2012 terá três etapas-maratona

Postado por -

Todo rali cross-country de longa duração – em especial o Sertões – tem um ingrediente de tensão para pilotos, navegadores e equipes. É a temida etapa-maratona, na qual o competidor não pode receber nenhuma espécie de auxílio externo na manutenção de seu veículo. Qualquer problema que aconteça com a máquina – um pneu furado que seja – o conserto tem que ser feito pelo piloto e/ou pelo navegador, mesmo que o equipamento chegue intacto ao final da etapa. 

Tradicionalmente, o roteiro do Rally dos Sertões traz uma etapa-maratona, geralmente na metade do percurso. Quem passa dali sem nenhum tipo de problema reserva boas chances de uma boa colocação na classificação final do evento. A edição de 2011 foi considerada uma das mais difíceis, que teve a maratona na entrada da região do Jalapão, no estado do Tocantins. O ingrediente de dificuldade se deu também para sair da região sem qualquer tipo de manutenção noturna geralmente realizada pelas equipes nos dias comuns.

Após o levantamento aéreo concluído no último domingo (4) pelo diretor-técnico da Dunas Race, Du Sachs, a organizadora do Rally dos Sertões anuncia mais um atrativo para a 20ª edição do maior rali do planeta realizado dentro de um único território: a realização de três etapas-maratona. 

Elas acontecerão na segunda, quarta e sexta etapas. "Já teremos um roteiro bastante difícil, com mais de 90% dele composto por terrenos arenosos, o que por si só já é um fator extenuante para todos. Mas como esta é uma edição comemorativa, decidimos incrementar um pouco mais e aumentar o número de maratonas para três neste ano", anunciou o gerente de marketing e novos negócios da Dunas, Lucas Moraes.

Na Etapa Maratona é autorizada a entrada no Parque Fechado somente aos pilotos e navegadores, e somente trinta minutos antes de seu horário ideal de largada, a fim de que procedam a manutenção do seu veículo, somente com as peças que estiverem no interior do mesmo.

O Sertões 2012, que comemora seu 20º aniversário, vem repleto de novidades. Novo roteiro, novo local de largada (São Luís, no Maranhão), seis estados no roteiro com chegada em Fortaleza (Ceará), um dos percursos mais difíceis de sua história e agora três etapas-maratona.

Os detalhes do roteiro, com as cidades dormitório, quilometragem de cada especial com deslocamento, serão anunciadas nos próximos meses durante briefing para pilotos e equipes.

Ford lança sistema que abre porta-malas com um chute

Nada de Cruze, Chevrolet Sonic vai substituir Vectra na Stock Car

Fonte: FGCom

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.