Stock Car: Equipe Prati-Donaduzzi vira escola para brasilienses da Mini Challenge

Postado por -

A equipe Prati-Donaduzzi recebeu dois convidados da nova geração de pilotos brasileiros que buscam vaga na Stock Car, durante o fim de semana da etapa do Velopark – a terceira da temporada de 2012 da categoria. A relação dos integrantes da equipe com o brasiliense Felipe Neira, que disputou uma etapa do Campeonato Brasileiro de Marcas de 2011 pela Mico’s Racing – estrutura técnica responsável pelos carros da Prati-Donaduzzi na Stock -, abriu as portas para que o brasiliense e seu parceiro na Mini Challenge, Raphael Reis, fizessem um estágio no time durante o último fim de semana.

O objetivo foi permitir que os representantes do DF sentissem o clima da principal categoria do automobilismo nacional, e assimilassem ao menos uma parte da vasta experiência da dupla de pilotos Ricardo e Rodrigo Sperafico no automobilismo. Os gêmeos são de uma família com longa tradição no esporte a motor, e têm passagem bem-sucedida pelo kart, Fórmula 3, Fórmula 3000 e pela própria Stock Car. Ricardo também disputou a Fórmula Indy e foi piloto de testes da equipe Williams de F-1 no início da última década. "Estamos sempre aprendendo, mas procuramos passar aos pilotos da Mini parte da experiência que adquirimos nestes mais de 20 anos de carreira. Infelizmente o Felipe sofreu um acidente forte na sexta-feira, e a dupla acabou não correndo no fim de semana, mas até mesmo esse revés pode servir de lição para eles.

E é esse tipo de situação que pretendemos reforçar com os bate-papos que tivemos", declarou Ricardo Sperafico. Raphael Reis reconheceu a oportunidade e disse que as principais lições aprendidas no fim de semana dizem respeito ao traçado e ao acerto de suspensão. "Como na Mini Challenge os únicos ajustes permitidos nos carros são a calibragem dos pneus e o ângulo das asas, nas conversas com os pilotos da Stock Car pudemos aprender um pouco sobre molas e amortecedores. O principal, no entanto, diz respeito ao traçado. Como a gente não conhecia a pista, o Ricardo e o Rodrigo puderam ajudar dizendo quais as melhores linhas a percorrer", comentou Reis.

Raphael deveria ter corrido a terceira etapa da Mini Challenge ao lado de Dudu Taurisano, que em razão de problemas pessoais cedeu seu lugar a Reina um dia antes do início dos treinos no Velopark. E foi a chegada do novo parceiro que abriu caminho para o intercâmbio com a Prati-Donaduzzi Racing em razão da relação pessoal entre o piloto e a estrutura da Mico’s. "Esta deveria ter sido minha estreia no Mini Challenge, mas o acidente infelizmente interrompeu meus planos", disse Felipe, que capotou no treino classificatório de sexta-feira, quando estava com a pole position provisória. "Mas gostei bastante de ter frequentado os boxes da Stock Car e de poder rever o pessoal da Mico’s Racing. O ambiente da equipe é ótimo e pudemos aprender bastante", comentou.

Na quarta etapa da Copa Caixa Stock Car, que será realizada no dia 20 de maio em Ribeirão Preto (SP), os brasilienses não estarão nos boxes da Prati-Donaduzzi, já que a Mini Challenge não terá corridas no circuito urbano. Eles estarão de volta ao time, no entanto, na etapa de Londrina, marcada para o início de julho. "Começamos a etapa do Velopark andando sempre entre os três ou cinco primeiros, dependendo do momento do treino, e esse foi o nosso melhor momento do ano. Por isso vamos para a etapa de Brasília com expectativas renovadas", acrescentou Raphael Reis.

Leia também:

Kart tem mês repleto de eventos importantes em maio

Sprint Race: paulista é confirmado em nova dupla

Fonte: Inova Comunicação

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.