Valdeno Brito e Thiago Camilo vencem na Stock Car

Postado por -

Destaque para o paraibano, que foi o recordista de pontos da etapa ao vencer a primeira prova e chegar em segundo na bateria complementar

O público presente no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR), pôde presenciar duas grandes corridas cheias de disputas, ultrapassagens e altíssimas velocidades na oitava etapa do Circuito Schin Stock Car, em que as vitórias foram divididas entre Valdeno Brito e Thiago Camilo. Ricardo Zonta e Allam Khodair terminaram a primeira prova em segundo e terceiro, respectivamente, enquanto na segunda corrida o próprio Valdeno e Ricardo Maurício completaram o pódio.

Público lotou as arquibancadas do Autódromo Zilmar Beux (Duda Bairros/Vicar)

Assim, o piloto da equipe Shell Racing estabelece uma marca: é do paraibano o maior número de pontos somados em uma mesma etapa. Com a vitória (24 pontos) na primeira bateria e o segundo lugar (13) na segunda, Valdeno deixa o Oeste Paranaense somando 37 pontos – recorde que ninguém alcançou ainda na categoria, já que os dez primeiros colocados largam em ordem invertida na segunda bateria.

“É a primeira vez que alguém faz isso na Stock Car, só que tenho de dar crédito ao trabalho de todo o time. São mais de 20 funcionários que se dedicam para que o carro fique dessa forma: um carro perfeito que me deu a condição de somar tantos pontos com um primeiro e um segundo lugar. De fato, foi mais do que a gente imaginava. Deus é pai e tenho certeza que Ele deu uma mãozinha”, agradeceu o paraibano, que conquistou sua segunda vitória na temporada – a primeira havia sido em Santa Cruz do Sul (RS).

Valdeno Brito comemora grande soma de pontos na etapa (Duda Bairros/Vicar)

Valdeno Brito comemora grande soma de pontos na etapa (Duda Bairros/Vicar)

Com os dez primeiros colocados largando em ordem invertida, Diego Nunes largou da primeira posição. Ele tinha Átila Abreu ao seu lado, mas o piloto da AMG Motorsport não conseguiu sair para a volta de apresentação por um problema na bomba de combustível, e acabou não largando. Assim, Camilo saiu na segunda posição.

Foi questão de tempo para que Thiago superasse o adversário de sua ex-equipe Vogel. Diego cometeu um leve erro na saída da curva 4, abrindo a oportunidade para o três vezes vencedor da Corrida do Milhão assumir a liderança da corrida nos 3.058 metros do traçado cascavelense. Nada mal para quem ainda não está 100% recuperado do acidente de um mês atrás em Curitiba.

Thiago Camilo venceu a segunda corrida em Cascavel (Duda Bairros/Vicar)

Thiago Camilo venceu a segunda corrida em Cascavel (Duda Bairros/Vicar)

“A Stock Car é uma categoria extremamente competitiva, e depois da corrida de Curitiba o retrospecto ficou bastante positivo. Venci duas corridas na sequência e tanto eu como a equipe estamos em um momento muito legal. A vitória na Corrida do Milhão depois daquele acidente em Curitiba deu muita força para todos nós, sem sombra de dúvida. Ressurgimos um pouco das cinzas, e agora em Cascavel, uma pista que era uma pedra no nosso sapato há vários anos, demos a volta por cima. Agora vamos para Campo Grande e trabalhar, e só desistir na bandeirada final em Interlagos. Estamos muito motivados”, afirmou o piloto da Ipiranga-RCM, quinto colocado na tabela com 120 pontos.

Marcos Gomes fez dois sextos lugares e conseguiu ampliar um pouco a margem que o separa de Cacá Bueno, quinto nas duas. O líder do campeonato agora soma 182 pontos contra 151 do pentacampeão. Daniel Serra não pontuou e permanece com 133 pontos.

A próxima etapa do Circuito Schin Stock Car acontece em duas semanas no Autódromo Orlando Moura na cidade de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul.
CIRCUITO SCHIN STOCK CAR – CORRIDA 1:
1-) 77 Valdeno Brito (Shell Racing) – 42 voltas em 49min12s068 (média de 156,6 km/h)
2-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 1s490
3-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 3s078
4-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 3s877
5-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 4s710
6-) 80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) – a 5s029
7-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 5s976
8-) 73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) – a 7s121
9-) 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) – a 7s523
10-) 70 Diego Nunes Vogel Motorsport) – a 8s254
11-) 2 Raphael Matos (Schin Racing Team) – a 8s745
12-) 88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) – a 9s182
13-) 46 Vitor Genz (Boettger Competições) – a 9s445
14-) 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) – a 12s476
15-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 12s778
16-) 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) – a 13s612
17-) 11 Cesar Ramos (Total Racing – a 13s960
18-) 12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) – a 15s429
19-) 72-) Fabio Fogaça (Hot Car Competições) – a 17s586
20-) 9 Gustavo Lima (ProGP) – a 18s993
21-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 24s142
22-) 83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) – a 1 volta
23-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 3 voltas
24-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 3 voltas
25-) 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 11 voltas
Não completou 75%
26-) 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) – a 15 voltas
27-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 20 voltas
28-) 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) – a 21 voltas
29-) 4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) – a 22 voltas
30-) 25 Tuka Rocha (União Química Racing) – a 33 voltas
31-) 74Popó Bueno (Total Racing) – a 37 voltas
32-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – 0
Melhor volta: Valdeno Brito, 1min02s361 (média de 176,5 km/h)
Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

CIRCUITO SCHIN STOCK CAR – CORRIDA 2:
1-) 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – 23 voltas em 24min23s047 (média de 173,1 km/h)
2-) 77 Valdeno Brito (Shell Racing) – a 1s266
3-) 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 2s577
4-) 46 Vitor Genz (Boettger Competições) – a 3s243
5-) 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 7s775
6-) 80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) – a 11s856
7-) 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 13s612
8-) 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) – a 15s111
9-) 70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) – a 16s102
10-) 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 16s427
11-) 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) – a 17s757
12-) 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 18s036
13-) 88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) 25s424
14-) 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 25s512
15-) 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) – a 26s658
16-) 11 Cesar Ramos (Total Racing) – a 28s357
17-) 72 Fabio Fogaça (Hot Car Competições) – a 34s085
18-) 12 Lucas Foresti (AMG Motorsport) – a 35s205
19-) 74 Popó Bueno (Total Racing) – a 36s186
20-) 9 Gustavo Lima (ProGP) – a 53s792
21-) 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 1 volta
22-) 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 3 voltas
Não completaram 75%
23-) 73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) – a 8 voltas
24-) 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) – a 9 voltas
25-) 2 Raphael Matos (Schin Racing Team) – a 10 voltas
26-) 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 16 voltas
27-) 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) – não largou
28-) 83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) – não largou
29-) 29 Daniel Serra Red Bull Racing) – não largou
30-) 4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) – não largou
31-) 25 Tuka Rocha (União Química Racing) – não largou
32-) 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – não largou
Melhor volta: Ricardo Maurício, 1min02s415 (176,4 km/h)
Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO APÓS OITO ETAPAS
1-) Marcos Gomes – 182 pontos
2-) Cacá Bueno – 151
3-) Daniel Serra – 133
4-) Julio Campos – 121
5-) Thiago Camilo – 120
6-) Rubens Barrichello – 115
7-) Max Wilson – 113
8-) Allam Khodair – 112
9-) Valdeno Brito – 105
10-) Ricardo Maurício – 99
11-) Diego Nunes – 88
12-) Átila Abreu – 80
13-) Ricardo Zonta – 79
14-) Sérgio Jimenez – 78
15-) Felipe Fraga – 63
16-) Galid Osman – 62
17-) Vitor Genz – 60
18-) Antonio Pizzonia – 60
19-) Raphael Matos – 50
20-) Gabriel Casagrande – 49
21-) Tuka Rocha – 41
22-) Luciano Burti – 41
23-) Denis Navarro – 38
24-) Rafael Suzuki – 33
25-) Cesar Ramos – 31
26-) Popó Bueno – 29
27-) Lucas Foresti – 29
28-) Felipe Lapenna – 23
29-) Raphael Abbate – 19
30-) Bia Figueiredo – 7
31-) Gustavo Lima – 5
32-) Fábio Fogaça – 3
O Circuito Schin Stock Car tem organização e realização da Vicar Promoções Desportivas, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). O patrocínio máster é da Schin. Patrocínio Petrobras e Pirelli. Copatrocínio Cielo. Apoio Pioneer e Transzero. As montadoras são Chevrolet e Peugeot.

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.