World Series completa 10 anos com carro novo e moral alta

Postado por -

A World Series completa dez anos em 2012 ocupando uma posição privilegiada no automobilismo mundial: a de mais badalada categoria de formação de pilotos para a Fórmula 1, deixando para trás a GP2, que corre junto com a categoria principal.

Prova disso é a quantidade de pilotos reveladas para a F-1 nos últimos anos, como Sebastian Vettel, Robert Kubica, Heikki Kovalainen, Jaime Alguersuari, Kamui Kobayashi, Daniel Ricciardo e Jean-Eric Vergne, e os nomes que trocaram a GP2 pela World Series em 2011, como Jules Bianchi (piloto de testes da Force India) e Sam Bird (piloto de testes da Mercedes).

O interesse crescente na World Series atraiu até as escuderias: a Caterham se vinculou com a Arden, enquanto Marussia e Lotus também possuem as chamadas "equipes jr.". Um novo carro, que inclui o sistema de asa móvel similar ao utilizado na F-1, e um calendário que visita as principais pistas europeias, além das ruas de Mônaco e Moscou, formam a chamada "cereja do bolo".

Originada da Fórmula Nissan espanhola, que revelou Fernando Alonso, a World Series surgiu com o formato atual em 2002, tendo como campeão o brasileiro Ricardo Zonta, ex-piloto de F-1 e fazendo corridas nas pistas de Curitiba e Interlagos. Três anos depois, com o fim do contrato com a Nissan, a World Series passou a ser o principal campeonato da Renault.

Na cola de Zonta, que retornou à F-1 após ser campeão da World Series, muitos brasileiros disputaram o campeonato, como Enrique Bernoldi, Rodrigo Sperafico, Tuka Rocha, Cláudio Cantelli, Fábio Carbone, Danilo Dirani, Carlos Iaconelli, André Negrão, Luiz Razia, César Ramos, Mário Romancini, Alberto Valerio, Wagner Ebrahim, Luciano Gomide e Jaime Melo Jr. 

Em 2012, três brasileiros estarão no grid: Yann Cunha, André Negrão e Lucas Foresti. Campeão da F-3 sul-americana e das 500 Milhas de Kart em 2010, Cunha acertou por duas temporadas com a equipe Pons. "É um campeonato completo, de altíssimo nível, que vem chamando a atenção por causa dos talentos revelados. No último teste de 2011, 50 pilotos treinaram de olho em um espaço", comenta o brasiliense.

"Tenho como objetivo principal neste ano aprender, para em 2013 entrar de cabeça e mal posso esperar para o início do campeonato, pois este carro é muito moderno e veloz, com câmbio borboleta de seis marchas e um motor V8 de aproximadamente 530 cavalos. Andar em Mônaco também será uma realização e espero fazer bonito nesta temporada de estreia", completa o piloto de 21 anos.

Com transmissão no Brasil pelo canal Bandsports, a World Series terá início no dia 5 de maio, em Motorland na Espanha. Serão 17 provas, configuradas em oito rodadas duplas, com a etapa de Mônaco tendo apenas uma prova.

Confira o calendário completo:

5 e 6 de maio: Aragón (Espanha)
26 e 27 de maio: Mônaco
2 e 3 de junho: Spa (Bélgica)
30 de junho e 1 de julho: Nurburgring (Alemanha)
14 e 15 de julho: Moscou (Rússia)
25 e 26 de agosto: A definir
15 e 16 de setembro: Hungaroring (Hungria)
29 e 30 de setembro: Paul Ricard (França)
20 e 21 de outubro: Barcelona (Espanha)

Mais informações
Site oficial World Series: http://www.worldseriesbyrenault.fr/en/Pages/Default.aspx

Leia também:

Cantor Fiuk virou piloto de Drift e bate o carro

Fiat lança prévia mundial da Strada Adventure em Milão

Fonte: MS2 Comunicação

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.