World Series inicia temporada 2012 na Espanha com carro novo e três brasileiros no grid

Postado por -

Neste fim de semana, a World Series dará a largada para a temporada mais badalada desde sua criação, há exatos dez anos, quando Ricardo Zonta, Narain Karthikeyan, Justin Wilson, Bas Leinders, Franck Montagny e uma leva de pilotos renomados deram o pontapé inicial no campeonato, que revelou posteriormente nomes hoje consagrados como Heikki Kovalainen, Tiago Monteiro, Robert Kubica, Sebastian Vettel, Kamui Kobayashi, Pastor Maldonado, Will Power, Pastor Maldonado, Daniel Ricciardo e Jean-Eric Vergne, entre outros.

A safra oriunda da World Series fez frente à GP2, campeonato que vangloria-se por correr juntamente com a Fórmula 1 e gerar nomes como Lewis Hamilton e Nico Rosberg. Contudo, para manter a competitividade e evoluir para ser cada vez mais uma alternativa real e rentável a pilotos que deixam carros menos potentes, como os da F-3, F-2, F-Renault, F-Abarth e GP3, um novo equipamento foi desenvolvido para a nova temporada, com características que o assemelha cada vez mais a um bólido de F-1, como o sistema de asa móvel (DRS), os freios de carbono e um renovado motor V8 que entrega ao piloto uma potência de 538 cavalos.

Isso fez com que veteranos e estreantes tivessem de começar do zero, como Yann Cunha, que representa a legião brasileira ao lado de André Negrão e Lucas Foresti, no grid composto por 26 competidores, incluindo os pilotos de testes da Force India e Mercedes na F-1, Jules Bianchi e Sam Bird, que trocaram a GP2 pela World Series em 2012. "É um carro novo para todo mundo. Quem tinha os macetes teve de jogar tudo fora e reaprender. No meu caso, eu e minha equipe, a Pons, sofremos um pouco no começo, mas tratamos de aproveitar ao máximo a pré-temporada para aprender o máximo possível do equipamento", ressalta Yann, que terá suporte técnico de uma lenda do esporte a motor: o espanhol Sito Pons, um dos maiores pilotos da história do motociclismo.

Para se adaptar à nova realidade, uma vez que competira anteriormente de Fórmula 3, um carro com 200 cavalos de potência a menos, o piloto de 21 anos tratou de se exercitar com equipamentos de força similar, como os da AutoGP (antiga F-3000 europeia), campeonato no qual disputou duas etapas preparatórias. "Foi bom para ter um ritmo de corrida, pois nos treinos existe um cronograma, você dá poucas voltas, vai aos boxes, e não tem o ritmo de corrida. Neste aspecto, estou tranquilo e preparado", destaca Yann, natural de Brasília (DF).

A primeira das nove rodadas duplas da World Series, que passará por Mônaco, Bélgica, Alemanha, Rússia, Reino Unido, França, Hungria e Espanha, acontece no circuito de Aragón, localizado na cidade espanhola de Alcañiz. A pista, de sentido anti-horário, com 5.344 metros e 18 curvas recebeu um dos testes de pré-temporada, o que é um conforto para Yann, que se preocupará apenas em acertar o carro. "Os testes aqui foram importantes, pois já temos um acerto base. Como não precisarei me dedicar a aprender a pista, podemos atacar o acerto com força total. Por ser minha primeira corrida na categoria, terminar entre os 15 primeiros já é um grande avanço e uma meta honesta. Estamos trabalhando com calma, pois é tudo novo e temos um cronograma de médio prazo", completa Yann.

Quem quiser acompanhar a temporada 2011 da World Series pode sintonizar neste fim de semana o canal por assinatura Bandsports, que exibirá ao vivo a primeira etapa, no sábado, a partir das 9h30 (de Brasília). A bateria complementar, marcada para o mesmo horário no domingo, será exibida em VT à noite, em horário ainda a ser definido pela emissora. Confira abaixo dados importantes sobre a temporada 2012 da World Series:

Programação do fim de semana

Sexta-feira, 4 de maio
04h50 – 06h05: Treino Livre 1
09h55 – 11h10: Treino Livre 2

Sábado, 5 de maio
04h50 – 05h20: Classificação 1
09h30 – 10h17: Corrida 1

Domingo, 6 de maio
04h50 – 05h20: Classificação 2
09h30 – 10h17: Corrida 2

Calendário 2011

5 e 6 de maio: Aragón, Espanha
26 e 27 de maio: Monte Carlo, Mônaco
2 e 3 de junho: Spa-Francorchamps, Bélgica
30 de junho e 1º de julho: Nurburgring, Alemanha
14 e 15 de julho: Moscou, Rússia
25 e 26 de agosto: Silverstone, Reino Unido
15 e 16 de setembro: Hungaroring, Hungria
29 e 30 de setembro: Paul Ricard, França
20 e 21 de outubro: Barcelona, Espanha

Lista de inscritos

Número – Piloto (País), Equipe
1 – Kevin Magnussen (Dinamarca), Carlin*
2 – Will Stevens (Reino Unido), Carlin*
3 – Harlos Huertas (Colômbia), Fortec*
4 – Robin Frijns (Holanda), Fortec*
5 – Sam Bird (Reino Unido), ISR
6 – Jake Rosenzweig (Estados Unidos), ISR
7 – Kevin Korjus (Estônia), Tech 1
8 – Jules Bianchi (França), Tech 1
9 – Walter Grubmuller (Áustria), P1
10 – Daniil Move (Rússia), P1
11 – Richie Stanaway (Austrália), Lotus*
12 – Marco Sorensen (Dinamarca), Lotus*
15 – Giovanni Venturini (Itália), BVM Target*
16 – Nikolay Martsenko (Rússia), BVM Target*
17 – Mikhail Aleshin (Rússia), RFR
18 – Anton Nebylitskiy (Rússia), RRF
19 – Zoel Amberg (Suíça), Pons*
20 – Yann Cunha (Brasil), Pons*
21 – Nico Muller (Suíça), Draco*
22 – André Negrão (Brasil), Draco
23 – Vittorio Ghirelli (Itália), Comtec*
24 – Nick Yelloly (Reino Unido), Comtec
25 – Alexander Rossi (Estados Unidos), Arden Caterham
26 – Lewis Williamson (Reino Unido), Arden Caterham
27 – Lucas Foresti (Brasil), Dams*
28 – Arthur Pic (França), Dams

* – Pilotos estreantes

Leia também:

Rali – Piloto mineiro leva superação ao Sertões Series Avaré

Stock Car: Bom retrospecto no Velopark anima dupla da Hot Car

F-Truck: Novo formato de classificação impõe desafio em Caruaru

Fonte: MS2 comunicação

Samoel Weck é jornalista e apresentador de rádio e TV a 30 anos. Diretor e responsável pela Mídia Carros e Marcas, que engloba o Portal Carros e Marcas e o Programa Carros e Marcas TV.