Audi tem o melhor trimestre da história da empresa

A AUDI AG segue sua trajetória de crescimento mundial dos últimos meses.  Com 346.100 carros vendidos, um aumento de 10,8%, o trimestre passado foi o melhor na história da empresa. Esse resultado se deve, em boa parte, aos bons números do mês de março: foram entregues cerca de 143.500 unidades, um percentual de 14,1% a mais que no mesmo período do ano anterior. O forte crescimento de janeiro a março foi impulsionado, em particular, pelos clientes dos EUA e China, onde a Audi também atingiu recorde de vendas. A empresa igualmente registrou crescimento na Europa Oriental, em seu mercado interno, Alemanha, e no Brasil.

 "Nós começamos 2012 com muito sucesso e esperamos um crescimento contínuo também nos próximos meses", diz Peter Schwarzenbauer, vice-presidente mundial de marketing e vendas da AUDI AG.

 Igualmente na China a empresa fechou o melhor trimestre de sua história: 25.941 carros a mais que no mesmo período do ano anterior foram vendidos  aos clientes chineses, um aumento de 40,5%. Dos 31.505 veículos entregues somente em março (+37), os modelos mais vendidos foram o A4L, o A6L e o Q5. Destaque também para o A8, sedan topo de linha da marca. O mercado chinês representa hoje mais de 40% das vendas mundiais do modelo alemão.

 Nos  Estados Unidos, também os modelos de luxo da marca dos quatro anéis impulsionaram as vendas. Em relação a 2011, neste primeiro trimestre quase o dobro de clientes compraram um A6. O número de vendas foi de 3.581 unidades, um aumento de 87,3%. Ao todo, a Audi vendeu no primeiro trimestre 29.470 automóveis naquele país, atingindo um crescimento de 16,1%. Somente em março, as vendas aumentaram em dois dígitos, totalizando 11.585 veículos, 18% a mais. Houve também um crescimento significativo de vendas em outros mercados importantes das Américas, como por exemplo, 23,3 % no Canadá e 41% no Brasil.

 A Audi aumentou ainda o número de entregas de veículos na Alemanha. No mês passado, foram vendidas 25.140 unidades, um aumento de 4,8%. O crescimento dos três primeiros meses de 2012 atingiu 3%, o que representa um total de 57.976 novos modelos vendidos no mercado alemão. A família do A6 desempenhou um papel fundamental no recorde de vendas: os clientes alemães compraram 12.448 unidades no primeiro trimestre (+74%). O modelo avant permanece em alta na Alemanha: cerca de dois terços dos clientes que compraram um A6 optaram por esta versão.

 Assim como o Brasil, os mercados emergentes da Índia e da Coréia do Sul também fizeram importantes contribuições para o recorde de vendas da empresa. Somente na Índia, a Audi aumentou em 40,8% o número de vendas, totalizando 2.269 carros. Já na Coreia do Sul, o  crescimento foi de 41,7% (3.365  veículos vendidos).

Leia também:

Falta de opções fazem pilotos irem mais cedo à Europa

Mini aposta em marketing romântico na sexta 13

Metade dos pedidos de financiamento de carro são negados

Fonte: Audi Press

Você também pode gostar...