NOVO ABARTH RALLY 695 TRIBUTO AO 131: 40 ANOS DEPOIS A LENDA ESTÁ DE VOLTA!

texto traduzido eletronicamente sem revisão

#Abarth 131 Rally, veículo que capturou a imaginação de toda uma geração de entusiastas de carros, pode ser visto mais uma vez em estradas ao redor do mundo com um novo visual. No 10º #anniversary de sua última corrida, a marca Scorpion está homenageando-a com a #Abarth695tributo131rally série especial. Esta edição limitada estará disponível em apenas 695 unidades em todo o mundo.

NOVO ABARTH RALLY 695. FOTO: ABARTH PRESS. LULOP

A versão mais recente deste modelo top de linha é um tributo à história das corridas de Abarth. De fato, as competições sempre fizeram parte de seu DNA e, graças à “transferência” tecnológica, as soluções mais inovadoras – testadas na pista para aumentar o desempenho e a confiabilidade – são adotadas em carros normais de produção, garantindo uma experiência de condução cheia de adrenalina. Portanto, a nova edição especial #Abarth é uma autêntica concentração de tecnologia sob a bandeira dos valores fundadores da marca: Performance e Estilo.

NOVO ABARTH RALLY 695. FOTO: ABARTH PRESS. LULOP

#Abarth695tributo131rally é equipado com um motor 1.4 T-jet que fornece 180 HP e 250 Nm de torque a 3.000 rpm. A velocidade máxima é de 225 km/h e a aceleração de 0 a 100 km/h ocorre em apenas 6,7 segundos. Ele também contém amortecedores Koni FSD em ambos os eixos e um sistema de frenagem dedicado que inclui pinças de alumínio Brembo e 4 pistões na frente e discos ventilados de 305 mm e 240 mm na parte traseira.

NOVO ABARTH RALLY 695. FOTO: ABARTH PRESS. LULOP

O equipamento é completado pelas rodas de liga preta de 17″ com acabamento cortado em diamante e pelo sistema de escape “Record Monza Sovrapposto” — uma evolução no sistema Record Monza, agora com quatro terminais verticalmente sobrepostos. O “Spoiler ad Assetto Variabile”, que pode ser ajustável a 12 posições, 0 com inclinação de 0° a 60°, melhora a estabilidade nas curvas e proporciona maior reatividade em estradas mistas. Por exemplo, em um ângulo de 60° e a uma velocidade de 200 km/h, a carga aerodinâmica aumenta até 42 kg.

NOVO ABARTH RALLY 695. FOTO: ABARTH PRESS. LULOP

#Abarth695tributo131rally tem um visual único e refinado, com referências específicas ao seu antecessor histórico, como o novo brilho bicolor de três camadas “Blue Rally”, que reinterpreta sua cor original em uma chave contemporânea.
#Abarth695tributo131rally é o primeiro veículo Scorpion que contém “Ovos de Páscoa”, minúsculas “gemas” estilísticas que os designers escondem para surpreender os clientes — como a silhueta do Rally 131 gravado na parte inferior da porta do carro, no painel de Alcântara e nos encostos dos novos assentos.

NOVO ABARTH RALLY 695. FOTO: ABARTH PRESS. LULOP

Especificamente dedicado a esta série especial, o livery é embelezado com um telhado e retos em preto Scorpion Black. O mesmo azul pode ser encontrado nas tampas do espelho e alguns detalhes nos interiores. “Blue Rally” e “Record Grey” também estão disponíveis.
No interior, a caracterização esportiva é confirmada pelos bancos de tecido Sabelt com pastilhas azuis e costuras inspiradas nas do carro histórico, mas reinterpretadas em uma chave moderna.

Tudo isso nos ajuda a lembrar a lendária história do Rally #Abarth 131, que estreou em 1976 no Grupo 4. Seu histórico invejável inclui seis anos no Campeonato Mundial de Rally (1976-1981) e vitórias em 18 Rallys Internacionais, três Campeões Mundiais de Construtores (1977, 1978 e 1980) e dois títulos da FIA Cup para Rally Drivers com Markku Alén e um World Drivers’s Champions com Walter Röhrl.

A inovadora campanha “Desempenho Aumentado” leva visualmente a nova gama de #Abarth para as atmosferas metaversas.

NOVO ABARTH RALLY 695. FOTO: ABARTH PRESS. LULOP

A nova linha de #Abarth abre as portas para um mundo de estilo e performance e convida todos os entusiastas a personalizar sua diversão para dirigir para uma experiência totalmente imersiva todos os dias. E a nova campanha dedicada ao lançamento do novo #Abarth 695 Turismo, #Abarth 695 Competizione e o especial #Abarth série 131 Tributo Rally repousa precisamente nessas bases. Para apresentá-los ao público, a marca Scorpion criou uma campanha de comunicação inovadora. Seu slogan é “Desempenho Aumentado” e usa os códigos visuais e linguagem do metaverso, dando vida a novos catálogos digitais e um comercial online cativante. Esta é a mais recente fronteira do mundo digital, onde os entusiastas de #Abarth poderão se mover a toda velocidade entre mundos virtuais e cheios de adrenalina para personalizar seu carro ideal. Assim como acontece na vida real, onde os clientes podem facilmente personalizar seu modelo favorito #Abarth para experimentar emoções incríveis e um prazer de dirigir que vai além do imaginário.

ANDRÉ NEGRÃO É LIDER NO MUNDIAL DA FIA WEC

Segunda etapa da temporada 2022 será disputada neste sábado. Piloto brasileiro e a equipe Alpine tentam se manter na ponta do campeonato

 

O Campeonato Mundial de Endurance (FIA WEC) terá neste sábado (7) a disputa das 6 Horas de Spa-Francorchamps, marcada para o tradicional circuito belga. Depois da vitória nas 1000 Milhas de Sebring, André Negrão, companheiro de Nicolas Lapierre e Matthieu Vaxiviere na equipe Alpine, busca manter a liderança do campeonato após a estreia vitoriosa nos Estados Unidos.
Desde a vitória na abertura da temporada, o brasileiro integrou o time da equipe francesa nos testes coletivos da categoria, realizados no Autódromo Nacional de Monza, na Itália. O piloto brasileiro e a equipe francesa terão como missão tentar superar novamente os carros da equipe oficial Toyota, que são tecnologicamente mais avançados e possuem vantagens como consumir menos combustível. De acordo com Negrão, as atividades em Monza foram positivas e serviram como preparação não só para a passagem do FIA WEC pela Bélgica, mas também para as 24 Horas de Le Mans, que será a terceira etapa, em junho.

André Negrão chega a Spa animado para experimentar novidades testadas em Monza
(João Filipe / DPPI)

A briga por pontos – “Ficamos satisfeitos com os testes. Uma das metas foi testar novas peças e fazer simulações. Agora vamos colocar tudo em prática em Spa, onde batalharemos para buscar uma nova vitória. O foco é tentar o título, mas cada ponto conquistado vale muito a pena o esforço. Sabemos que a Toyota é sempre muito forte, mas nosso objetivo é tentar manter nossa atual posição”, disse Negrão.
“O final de semana em Spa também é importante para, desde já, nos dar uma impressão de como serão as 24 Horas de Le Mans, a corrida mais importante do ano. São pistas com algumas características semelhantes, e um bom desempenho na Bélgica pode significar um bom caminho para a principal corrida do nosso campeonato”, completa o brasileiro da Alpine. Em 2021, Negrão e a equipe terminaram em terceiro lugar da classificação geral de Le Mans.
Os treinos serão abertos já na quinta-feira (5), com uma atividade livre. A sexta-feira contará com mais dois ensaios e a classificação que determinará as posições de largada. As 6 Horas de Spa-Francorchamps serão disputadas no sábado, a partir das 8h, com transmissão do Star+.

MONTEIRO, CIRINO E ALAMINI VENCEM EM INTERLAGOS

Com casa cheia em Interlagos, a Copa Truck se reencontrou com o público entregando um espetáculo de alto nível, concluído com as vitórias de Beto Monteiro, Wellington Cirino e Danilo Alamini (pela Super Truck), o que manteve o campeonato embolado após seis corridas.

Beto Monteiro
(Duda Bairros/Copa Truck)
Cirino celebra
(Duda Bairros/Copa Truck)
Danilo Alamini
(Duda Bairros/Copa Truck)

Se, na primeira corrida, Beto não deu chances aos rivais e apenas administrou sua vantagem para o então pole Felipe Giaffone, na segunda a emoção foi parar só na bandeirada, uma vez que Alamini liderava no geral e perdeu o ponto de freada na última curva, permitindo a passagem de Cirino. No entanto, o catarinense levou as duas corridas de sua classe.

“Depois da classificação anulada eu fiquei muito frustrado, mas isso serviu de combustível para ir atrás das vitórias e conseguimos”, comenta Cirino. “Conseguimos dois bons resultados, dois pódios, e agora assumimos a liderança para, espero, nunca mais sair de lá”, afirma Beto. “Perdi a vitória no geral por estar com o freio frio por conta do período em safety truck, mas estou mega feliz por meu melhor fim de semana na carreira”, completa Alamini.

Desta forma, Beto e Cirino seguem brigando ponto-a-ponto, com o pernambucano da Volkswagen saindo de São Paulo com uma pequena vantagem de dois pontos (103 a 101). Já Alamini, com a vitória dupla e os problemas dos rivais, é o novo líder da Super Truck, três pontos à frente de Raphael Abbate (103 a 100).

Caos na largada 2
(Duda Bairros/Copa Truck)

Além do público maciço e presença de gente como Bernie Ecclestone (ex-CEO da Fórmula 1), do ator Caio Castro e do cantor Chrystian, entre outras celebridades, a etapa também foi marcada por uma enorme confusão na largada da corrida 2, o que acabou neutralizando a maior parte da prova – graças ao trabalho rápido da equipe de resgate, a relargada pôde ser realizada e a volta final foi absolutamente frenética.

Onde cabem dois, cabem três
(Duda Bairros/Copa Truck)

O próximo encontro da Copa Truck acontece no primeiro fim de semana de junho em Goiânia. Confira os resultados das duas provas e a pontuação completa nos documentos oficiais em anexo.

A Copa Truck tem o patrocínio de Mercedes-Benz, Iveco, Volkswagen, Goodyear,  Maxon Oil, Grupo Randon e Spicer, com apoio de Fras-le, Frum, Auto Avionics, Chiptronic e Brazul.

ASTON MARTIN LANÇA A RACING GREEN

texto traduzido eletronicamente sem revisão

A Aston Martin atingiu hoje o pedal do acelerador em sua jornada para se tornar um negócio automotivo ultra-luxo sustentável líder mundial, com o anúncio de uma nova e ambiciosa estratégia de sustentabilidade, a Racing.Green.

Lançado no Dia da Terra, Racing.Green. formaliza princípios fundamentais, alinhados com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, que refletem a abordagem estabelecida da Aston Martin para a sustentabilidade e estabelecem novas metas ousadas em todos os aspectos do negócio com foco no enfrentamento das mudanças climáticas, na criação de um ambiente melhor e na construção de uma empresa mais forte, diversificada e inclusiva.

A fabricante britânica de ultra-luxo juntou-se a uma lista de empresas ambiciosas que se comprometem a agir sobre mudanças climáticas por meio da iniciativa Science Based Targets (SBTi), o órgão global que permite que as empresas estabeleçam metas de redução de emissões em consonância com a ciência climática.

Racing Green. Foto: Aston Martin press

Dentro dos compromissos anunciados no Racing.Green. A Aston Martin está mirando as emissões Net-Zero de suas instalações fabris até 2030, com uma redução de 30% nas emissões da cadeia de suprimentos a partir de uma linha de base de 2020. A empresa traçou uma ambição de alcançar as emissões Net-Zero em toda a sua cadeia de suprimentos até 2039.

As novas metas se baseiam no progresso da sustentabilidade da Aston Martin até o momento, com uma redução de 44% na intensidade de emissões em suas operações no Reino Unido entre 2020 e 2021 e 100% de energia renovável usada em todas as suas instalações fabris no Reino Unido desde 2019. Um grande projeto fará com que a Aston Martin instale mais de 14.000 painéis solares em seu local de St. Athan, no País de Gales, capaz de fornecer 20% das demandas anuais de energia da usina.

100% dos resíduos da Aston Martin já são desviados com sucesso do aterro sanitário, com o objetivo de eliminar todos os resíduos de embalagens plásticas na Aston Martin dentro de três anos. A estratégia Racing.Green. também visa a redução do consumo de água em 15%, a maximização de materiais sustentáveis e o aprimoramento da biodiversidade em todos os locais.

Reconhecida por sua longevidade de produtos, exclusividade e artesanato construído à mão, a Aston Martin fabricou menos de 109.000 carros em seus 109 anos de história – com 95% desses carros altamente preciosos estimados para ainda estar em sua jornada.

Os princípios de sustentabilidade também serão incorporados à futura estratégia de produtos da Aston Martin, incluindo um roteiro claro para a eletrificação. A Aston Martin está desenvolvendo alternativas ao motor de combustão interna, com seu primeiro híbrido plug-in – o supercarro valhalla de motor médio – para iniciar as entregas no início de 2024. O primeiro veículo elétrico de bateria da Aston Martin está programado para ser lançado em 2025, e até 2026, todas as novas linhas de produtos Da Aston Martin terão uma opção de powertrain eletrificada. A Aston Martin planeja que todo o seu portfólio principal de carros esportivos GT e SUVs seja totalmente eletrificado até 2030.

Journey to Net Zero. Foto: Aston Martin press

O uso de materiais sustentáveis inovadores nos carros da Aston Martin também está sendo expandido, incluindo a exploração do uso de liga de alumínio verde – fabricada com energia 100% renovável – e opções de interior vegano sem couro, para proporcionar maior escolha ao cliente e reduzir o impacto ambiental.

Como parte de sua estratégia de Diversidade, Igualdade e Inclusão, a Aston Martin está mirando 25% de todos os cargos de liderança a serem preenchidos por mulheres nos próximos cinco anos.

A estratégia da Racing.Green, e o progresso em direção aos seus objetivos, é supervisionado por um Comitê de Sustentabilidade do Conselho presidido pela diretora não-executiva Dra Anne Stevens.

Tobias Moers, diretor executivo da Aston Martin Lagonda, disse: “A Aston Martin está acelerando. Estamos transformando nossos negócios e acreditamos que agora é o momento de nos desafiarmos a fazer uma diferença maior, para nos tornarmos um negócio de ultra-luxo sustentável líder mundial.

“Ao mesmo tempo em que abraçamos a eletrificação, acreditamos que nossas ambições de sustentabilidade devem ser mais amplas do que apenas produzir veículos livres de emissões, e queremos impulsionar princípios de sustentabilidade em todo o nosso negócio, com uma equipe representativa da sociedade orgulhosamente produzindo produtos responsáveis com um impacto ambiental reduzido e contribuindo positivamente para as comunidades onde atuamos.

“Aplicando nossa paixão por engenharia e inovação de design a este desafio, estamos entusiasmados em moldar não apenas a rapidez com que o mundo fica de zero a sessenta, mas com a rapidez com que chegamos ao Net-Zero.”

FÓRMULA TRUCK DESEMBARCA EM INTERLAGOS NO PRÓXIMO FINAL DE SEMANA

Evento contará com Expo Truck, show da Equipe Jorge Negretti, desfile de carros, caminhões e cinco corridas em um único dia com ingresso a R$40

 

A etapa de Interlagos da Copa Truck, marcada para acontecer neste fim de semana no templo do automobilismo brasileiro, terá bastante atividade dentro da pista com a presença também do GT Sprint Race e do TCR South America (reeditando a parceria de sucesso do ano anterior).

Além das mais de 15 sessões de treinos no fim de semana e de cinco corridas em um único dia, o público terá muitas atividades extra-pista, como a Expo Truck – uma mini-feira localizada atrás das arquibancadas cobertas com acesso livre aos portadores de ingressos -, o show de motocross da equipe de Jorge Negretti e desfiles de caminhões e carros clássicos,

Falando em público, a entrada aos portadores de ingresso será feita a partir de sábado às 7h30 (o mesmo horário vale para o domingo), com os treinos livres de sexta-feira acontecendo com portões fechados. As entradas seguem à venda com preços a partir de 40 reais no site oficial da categoria (www.copatruck.com.br).

Confira os horários completos:

Sexta-feira

08h00 – GTSR – Shakedown
10h20 – TCR – Shakedown
11h00 – Copa Truck – Treino Livre
12h05 – TCR – Treino convidados
13h00 – GTSR – Shakedown 2
14h00 – Copa Truck – Treino Livre 2
15h15 – TCR – Treino Livre
16h00 – GTSR – Treino Extra

Sábado

07h30 – Abertura dos portões
08h55 – GTSR – Treino Livre
09h50 – Copa Truck – Treino Livre 3
11h00 – TCR – Treino Livre 2
12h30 – GTSR – Treino Livre 2
13h30 – TCR – Classificação
14h30 – Copa Truck – Classificação
16h00 – GTSR – Classificação
16h45 – Volta rápida para convidados

Domingo

07h30 – Abertura dos portões
08h00 – GTSR – Warm up
08h20 – Copa Truck – Warm up
08h43 – GTSR – Corrida 1
09h40 – TCR – Corrida de Duplas
10h50 – Visitação aos boxes para Fã Truck, Camarotes e Paddock
11h00 – Show de Motocross com equipe Jorge Negretti
12h00 – Desfile carros clássicos
12h28 – GTSR – Corrida 2
13h00 – Copa Truck – Desfile de caminhões
13h30 – Execução do Hino Nacional Brasileiro
13h38 – Copa Truck – Corrida 1
14h10 – Copa Truck – Corrida 2
15h00 – Volta rápida para convidados

GRANDE PRÊMIO DA AUSTRÁLIA – CHARLES LECLERC ATACA NOVAMENTE!

A Scuderia #ferrari venceu o Grande Prêmio da Austrália pela décima vez. Para trazer o fabricante de Maranello ao topo do pódio foi #charlesleclerc, o segundo sucesso da temporada, o quarto de sua carreira, e em #ferrari, como já Eddie Irvine, Clay Regazzoni e John Surtees. O monegasco dominou a corrida do Albert Park durante todas as 58 voltas do calendário, levando também para casa a volta mais rápida. Para ele é o primeiro “Grand Chelem” de sua carreira, enquanto para a Scuderia #ferrari é a 240ª afirmação na história. O único arrependimento do dia, a aposentadoria de Carlos Sainz na segunda volta devido a uma saída da pista na Curva 11, que veio após uma largada difícil da nona posição. No entanto, o #ferrari perdeu apenas um ponto do primeiro dos perseguidores na classificação dos Construtores – na linha de chegada com ambos os carros – e ganhou oito na equipe que nesta primeira parte da temporada se mostrou ainda mais competitiva, mas que por sua vez trouxe sob a bandeira quadriculada apenas um carro.

Charles Leclerc vence em Melbourne na Austrália. Ferrari pres. Lulop

Confirmação. A corrida australiana, em uma pista ainda diferente do Bahrein e da Arábia Saudita, confirmou pela terceira vez em tantas corridas a bondade do trabalho feito em Maranello: a F1-75 mostrou-se versátil aos ajustes ditados pelas diferentes características dos circuitos e fez Charles se sentir à vontade desde o início. O monegasco nas primeiras voltas conseguiu manter Max Verstappen à distância, o único que parecia por um tempo capaz de colocá-lo em dificuldade, mas logo Leclerc conseguiu tirar vantagem graças à melhor gestão dos pneus médios permitidos pelo carro, capacidade que foi confirmada ainda mais tarde, quando após o segundo Safety Car do dia – desencadeado pela saída de Sebastian Vettel da pista – todos os carros já estavam na pista. com pneus duros.

Tarde difícil. O domingo do Carlos foi amargo. Um problema com alguns interruptores forçou a equipe a substituir o volante do carro número 55 a poucos minutos da partida. Este episódio não ajudou na concentração do espanhol que não conseguiu disparar bem e, mesmo na largada com pneus duros, optou por quebrar a estratégia em relação aos adversários à sua frente no grid, perdeu várias posições. Deslizando em 13º, Sainz na tentativa de recuperar o terreno perdido acabou na liderança na curva 11 ficando preso na areia.

Festa da Equipe Ferrari em Melbourne na Austrália. Ferrari pres. LulopFerrari pres. Lulop

Agora Ámola. A longa viagem de volta da Austrália agora aguarda a equipe, então haverá tempo para analisar todos os dados em Maranello antes do intervalo para a Páscoa. O próximo compromisso no calendário é na Itália, em Ímola para o Grande Prêmio de Made na Itália e Emilia-Romagna. No Autódromo Enzo e Dino #ferrari a Scuderia chegará com 104 pontos contra os 65 da Mercedes e os 55 da Red Bull, enquanto Charles terá 71 pontos na classificação contra os 34 de George Russell, o primeiro dos perseguidores.

 

Charles Leclerc #16

Aposte na Fórmula 1 e aperte o acelerador…

Hoje em dia existem muitas maneiras de ganhar dinheiro e jogar ao mesmo tempo, dentro do mundo das apostas você pode apostar de maneira rápida e segura aos jogos de esportes ou fazer apostas de cassino. Se você escolher as apostas de cassino dentro delas pode apostar no bingo, poker, blackjack, roleta entre muitos mais. Agora se você é um aficionado dos esportes pode apostar no futebol, vôlei, tênis, fórmula 1, carreira de cavalos, basquete, ciclismo, golfe, hóquei entre outros.

 

Se você gosta das carreiras, pode fazer apostas em esportes motorizados na fórmula 1, nesta disciplina existem duas categorias principais: aquelas que são a curto prazo e as que se podem apostar a longo prazo. As apostas esportivas online ao vivo se colocam durante o transcorrer do evento. Quem não gosta de assistir aos jogos pela televisão e viver essa paixão a cada momento, desde qualquer lugar que você estiver , aproveitando a jogar e lucrar ao mesmo tempo que se diverte. 

 

Para tornar-se num experto da fórmula 1 é fundamental o rol do piloto e ter em conta os prognósticos e estatísticas da fórmula 1. Você deve estar preparado para fazer suas apostas, para isso precisa saber quais foram os desempenhos dos pilotos, os resultados dos últimos anos para ficar esperto no tema.  Este ano tem a corrida do GP da Austrália que traz mais emoções para os fãs da Fórmula 1. Nesta competição tem 20 pilotos que se distribuem em equipes e são 2 profissionais por montadoras.

 

As equipes que se encontram na disputa são:

 

  1. Ferrari:
  2. Mercedes
  3. Red Bull
  4. Renault Alpine
  5. Haas
  6. Alfa Romeo
  7. Alpha Tauri Honda
  8. McLaren
  9. Aston Martin

 

Agora quem não lembra do corredor que foi um exemplo da paixão pela Fórmula 1 Ayrton Senna que inspirou os brasileiros para esta modalidade. Hoje em dia há muitos bons pilotos que competem nas diferentes categorias. Para fazer suas apostas nem sempre tem que incluir o vencedor da corrida, deve considerar as categorias antes de colocar sua aposta e que corridas estão disponíveis. 

Por isso é preciso que se tenha em conta que a Fórmula 1 é um esporte misto, por um lado o individualismo e o trabalho em equipe. A base está no piloto que vai determinar as estratégias e também o comportamento da dupla de pilotos de uma equipe, já que é muito importante a dupla.

 

Porém uma boa dica é pegar o caderno de apostador e fazer anotações sobre as ocorrências das volta, por que tal piloto pode ser favorito mas classificar mal.Se você tiver em conta as estatísticas de cada pista, vai conseguir prever os resultados de suas apostas com maior precisão. Os previews podem ajudá-lo como também tem canais na televisão que o fazem sugestões do que pode acontecer. 

 

Outro fator importante é considerar a previsão do tempo, o que pode afetar as estratégias das equipes, como por exemplo se chove a equipe deverá definir os pneus que vão usar. Também assiste às voltas de qualificação para saber que chegar forte para a corrida. 

STOCK CAR RETORNA AO RIO DE JANEIRO

– Stock Car retorna ao Rio de Janeiro pela primeira vez em quase dez anos. Intervalo entre a última corrida, em 2012, e a do fim de semana é de 3.921 dias; 12 pilotos (35,3%) do grid daquela última prova seguem no plantel atual, enquanto 22 competidores (64,7%) correm de Stock Car no RJ pela primeira vez;

– A largada para a terceira etapa da Stock Car começa às 13h20 com transmissão ao vivo na TV por Band e canais SporTV, além de várias plataformas digitais oficiais;

Decolagem autorizada. Acontece neste final de semana o tão aguardado retorno da Stock Car ao Rio de Janeiro. A terceira etapa da temporada 2022 será disputada neste domingo (10) a partir das 13h20, horário da primeira largada das duas provas que são realizadas em sequência; e o que traz ainda mais expectativa é a nova pista que será o palco da prova: o Aeroporto Internacional RioGaleão – Tom Jobim, na Ilha do Governador.

Rubens Barrichello venceu as duas provas de Goiânia na etapa anterior
(Luis França/P1 Media Relations)

A última vez que a Stock Car disputou uma prova no Rio de Janeiro foi em 15 de julho de 2012, no extinto Autódromo Internacional Nelson Piquet em Jacarepaguá. A antiga pista deu lugar ao complexo olímpico da Rio-2016. Na ocasião, a vitória foi de Allam Khodair, defendendo a equipe Vogel, hoje do atual campeão Gabriel Casagrande.

Aquela prova foi a de número 42 da Stock Car em solo carioca e a de número 375 na contagem geral da categoria. Quase 10 anos depois – mais precisamente 3.921 dias -, a principal competição de automobilismo da América Latina retorna à Cidade Maravilhosa para as corridas de número 43 e 44 no Rio e as de 565 e 566 na contagem total.

Entre os 34 pilotos do grid atual da Stock Car Pro Series, 12 (ou 35,3%) participaram daquela prova em 2012: a vitória foi de Allam Khodair (à época pela Vogel, hoje na Blau Motorsport), com Thiago Camilo (então na Ipiranga RCM, hoje na Ipiranga A.Mattheis) em segundo e Ricardo Maurício (Eurofarma-RC) em terceiro. Denis Navarro (Vogel, hoje na Cavaleiro Sports) foi o sétimo colocado, Cacá Bueno (Red Bull, hoje na Crown Racing) o oitavo, Júlio Campos (Carlos Alves Competições, hoje na Lubrax Podium) foi 11º. Antes de ser tricampeão, Daniel Serra (Red Bull, hoje Eurofarma-RC) foi o 13º colocado, com Galid Osman (Full Time, hoje na Shell V-Power) o 15º, Marcos Gomes (Full Time, hoje na Cavaleiro Sports o 21º, Ricardo Zonta (Gramacho Racing, hoje RCM Motorsport) foi o 24º colocado; Átila Abreu (AMG, hoje na Shell V-Power) e Diego Nunes (Hot Car, hoje na Blau Motorsport) não completaram a corrida.

À exceção dos citados acima, 22 pilotos (64,7% do grid) irão acelerar um Stock Car no Rio de Janeiro pela primeira vez, inclusive pilotos experientes como Rubens Barrichello, Felipe Massa, Nelsinho Piquet, além do atual campeão Gabriel Casagrande.

Circuito recebe o nome de Cacá Bueno, maior vencedor da Stock no RJ
(Luis França/P1 Media Relations)

Circuito é grande atração – O traçado montado nas pistas de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional RioGaleão – Tom Jobim. Em homenagem ao pentacampeão da categoria, o circuito foi batizado de Cacá Bueno, único carioca regular no grid – no fim de semana, ele ganha a companhia do conterrâneo Thiago Vivacqua, que irá estrear pela RKL Competições no carro número 7.

Os atributos do circuito quase o caracterizam como um oval. Das sete curvas, seis são para a direita e apenas uma à esquerda. São 3.226 metros, e neste percurso os pilotos deverão andar em aceleração máxima por cerca de 2.151 metros, ou 64% do tempo de volta, estimado inicialmente em 1min05s.

As simulações sugerem uma média de velocidade na ordem de 175 a 180 km/h, tornando a pista do Circuito Cacá Bueno a segunda mais veloz da temporada – atrás somente do oval de Goiânia, onde a aceleração plena ocorre em 80% do tempo de volta, e a média da volta que deu a pole position a Rubens Barrichello no último dia 19 foi de 193 km/h.

Outro detalhe que as equipes já estão levando muito em consideração é a superfície da pista, 100% de concreto, em vez do asfalto habitual. A principal diferença é o nível de aderência oferecido pelo concreto, mais alto, inclusive em situações de pista molhada.

“Por proporcionar uma aderência maior, o concreto vai permitir frenagens mais fortes a reduções mais rápidas de velocidade e, consequentemente, maior temperatura nos discos e pastilhas de freio”, explica André Brezolin, engenheiro de projeto da Fras-le e da Fremax, fornecedoras oficiais das pastilhas e discos de freio da Stock Car, materiais que suportam altíssimas temperaturas de trabalho – 840ºC nas pastilhas Fras-le e 720ºC nos discos Fremax.

A Stock Car é transmitida ao vivo pela Band, canais SporTV, mídias oficiais da categoria (YouTube, Facebook e TikTok), Motorsport.TV, mídias do Estadão e Twitch da Tribo do Gaules.

A FRAS-LE e a FREMAX são as fornecedoras oficiais de pastilhas e discos de freio da categoria, respectivamente, e trabalham em conjunto com as todas as equipes do grid para assegurar o melhor desempenho, segurança, eficiência e confiabilidade. A Fremax é a fornecedora dos discos desde 2004 e a Fras-le, desde 2016.

Fala, piloto!
“O circuito do Galeão tem uma reta de 1.300 metros, onde deveremos alcançar velocidades superiores a 260 km/h. Ao final desta reta, temos uma forte freada, feita em curva, que não é feita com o carro em linha reta, para uma ‘quebrada’ à direita, saindo da pista de pouso principal, e isso traz um pouco de dificuldade para encontrar o ponto ideal. No entanto, isso também significa mais oportunidades de ultrapassagem”.
(Cacá Bueno, Crown  Racing – Chevrolet Cruze #0)

A pista do Galeão na ótica da FRAS-LE & FREMAX
“A maior preocupação são as altas velocidades nas longas retas de uma pista com curvas extremamente fechadas, de baixa velocidade. Velocidade alta, temperatura alta e expectativa de corridas muito disputadas, com os carros andando muito próximos, traz uma preocupação com sobrecarga de temperatura, mais até do fluido dos freios do que com os discos e as pastilhas”.
(André Brezolin, engenheiro de projeto FRAS-LE & FREMAX)

3ª Etapa – Stock Car Pro Series 2022
RIO DE JANEIRO (RJ)
Aeroporto Internacional RioGaleão – Tom Jobim
Extensão:
 3.226 metros
Sentido: horário
Curvas: 7 (6 à direita e 1 à esquerda)

Características técnicas (nível 1 a 5 do menor para o maior):
Projeções Fras-le e Fremax

Abrasividade do concreto: –
Força lateral: –
Nível de exigência dos freios: 3
Pneu mais exigido: traseiro esquerdo

Inauguração: 2022
Previsão climática: Mínima de 22ºC e Máxima de 26ºC, com sol e aumento de nuvens no período da tarde, com possibilidade de pancadas de chuva à tarde e à noite, segundo o Climatempo.
Última corrida: 2012 no extinto autódromo de Jacarepaguá. Vitória de Allam Khodair.

PROGRAMAÇÃO DA ETAPA
Sábado, 9 de abril
8h30 – Stock Series – Shakedown
8h50 – Stock Car – Shakedown
9h10 – Stock Series – 1º Treino – Grupo único
9h55 – Stock Car – 1º Treino – 1º Grupo
10h40 – Stock Car – 1º Treino – 2º Grupo
12h – Stock Series – 2º Treino – Grupo único
12h50 – Stock Car – 2º Treino – 1º Grupo
13h35 – Stock Car – 2º Treino – 2º Grupo
14h40 – Stock Series – Classificação
15h40 – Stock Car – Classificação
17h – Stock Series – Corrida 1 (30 minutos + 1 volta)
Domingo, 10 de abril
9h50 – Stock Series – Corrida 2 (30 minutos + 1 volta)
13h20 – Stock Car – Corrida 1 (30 minutos + 1 volta)
13h57 – Stock Car – Corrida 2 (30 minutos + 1 volta)

Sobre a FRAS-LE:
No mercado há mais de seis décadas e uma das cinco maiores fabricantes mundiais de materiais de fricção, a Fras-le, que faz parte das Empresas Randon, é uma marca reconhecida globalmente. Com mais de 12 mil referências nas marcas FRAS-LE & Lonaflex, a empresa coloca ao alcance do consumidor uma linha completa de produtos de fricção da mais alta qualidade, desenvolvidos e testados em seu Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, um dos mais bem equipados do mundo, que conta com laboratórios químico, físico, piloto e o Centro Tecnológico Randon, um centro de testes por excelência.

A empresa expandiu seu portfólio com a aquisição, em 2012, da Controil, que fabrica componentes para freios e embreagens e polímeros automotivos. Em 2018, mais 2.500 referências com a marca FREMAX foram incorporadas ao mix de produtos da FRAS-LE, com a aquisição da empresa, que produz discos, tambores de freios e cubos de roda.

Desde 2016, a Fras-le é a fornecedora oficial das pastilhas de freio dos carros da Stock Car, Stock Light e Mercedes-Benz Challenge.  A FREMAX, desde 2004, também é a fornecedora oficial dos discos de freio da Stock Car, assim como das categorias Stock Light, Mercedes-Benz Challenge, Porsche GT3 Cup, Sprint Race e Old Stock

Recentemente, a FRAS-LE concluiu a aquisição da Nakata Automotiva que, dentre os principais itens estão amortecedores, terminais e barras de ligação e direção, pivô e bandejas de suspensão, juntas homocinéticas, componentes de eixos cardan e diferencial.

FINAL DE SEMANA AGITADO EM GOIÂNIA COM A PRIMEIRA ETAPA DA PORSCHE CUP 2022

Christian Hahn venceu o complemento da etapa de abertura da Porsche Cup Brasil no início da tarde deste domingo (3) em Goiânia (GO). O piloto de 23 anos, que faz sua primeira temporada completa na categoria Carrera Cup, largou da terceira posição com a inversão dos seis primeiros colocados do resultado da prova do dia anterior, vencida por Marçal Muller, segundo colocado hoje.

Lucas Salles, o sexto, largou na frente, mas não fez boa saída, tendo sido superado por Werner Neugebauer, Hahn e Muller. Neugebauer havia conseguido vantagem significativa já na abertura da segunda volta, mas teve de parar o carro na curva 3 por um problema técnico.

Enzo Elias foi da 23ª para a 5ª posição, fechando o pódio
(Luca Bassani/Porsche Cup Brasil)

Caminho aberto para Hahn, que soube manter um bom ritmo para evitar que Muller o atacasse na metade final da prova em busca da vitória. Muller, Miguel Paludo, Alceu Feldmann, Enzo Elias – que largou da última posição após o abandono no sábado e chegou em quinto, fechando o pódio -, Lucas Salles, Pedro Aguiar, Franco Giaffone, Renan Pizii e Lineu Pires completaram o top-10 da prova final da primeira etapa.

Com um primeiro e um segundo lugar na abertura do campeonato, Marçal Muller lidera a tabela com 40 pontos, quatro a mais que Christian Hahn. Miguel Paludo e Alceu Feldmann dividem a terceira posição, ambos com 34 pontos, enquanto Lucas Salles soma 22. Pedro Aguiar (18), Renan Pizii (17), Franco Giaffone (16), Werner Neugebauer (14) e Lineu Pires (13) fecham os dez maiores pontuadores do campeonato em Goiânia.

A vitória na categoria Sprint Challenge, com os Porsche 911 GT3 geração 991.2, ficou com Nelson Marcondes, Daniel Corrêa e Ayman Darwich. A segunda etapa da temporada 2022 da Porsche Cup Brasil acontece no Velocitta, na cidade de Mogi Guaçu (SP), nos dias 23 e 24 de abril.

Pódio da corrida 2 – Carrera Cup
(Cleber Bernuci/P1 Media Relations)

A FREMAX é a fornecedora oficial dos discos de freio da Porsche Cup desde 2008 e trabalha em conjunto com a categoria para assegurar o melhor desempenho, segurança, eficiência, confiabilidade, tecnologia e durabilidade iguais a todos os carros do grid. Acompanhando a evolução dos carros, os novos discos Fremax também trazem evolução nas galerias de ventilação que aliadas ao alto desempenho da liga Carbon+ para competição, garante uma excelente dissipação de calor e resistência mecânica, suportando assim todas as solicitações das frenagens de alta energia que a categoria exige.

Fala, piloto!
“Balanço mega positivo. Fiquei com medo de perder performance no final. Começamos o final de semana com acidente, não consegui treinar direito, usar pneus novos, me classifiquei mal… Mas ontem tudo começou a funcionar a favor, o carro teve um ritmo legal, fiz ultrapassagens e a inversão dos seis primeiros no grid para hoje me colocou em uma boa posição. Consegui colocar um bom ritmo e abrir uma distância legal até o fim da corrida. Estou muito feliz pelo final”.
(Christian Hahn, #26) – Vencedor Corrida 1 Carrera Cup

Resultado extra-oficial Corrida 2
Carrera Cup (Top-10)
1. 26 Christian Hahn
2. 544 Marçal Muller
3. 7 Miguel Paludo
4. 1 Alceu Feldmann
5. 70 Enzo Elias
6. 70 Lucas Salles
7. 20 Pedro Aguiar
8. 3 Franco Giaffone
9. 16 Renan Pizii
10. 888 Lineu Pires

Classificação do campeonato (extra-oficial)
Carrera Cup (Top-10)
1. Marçal Muller, 40 pontos
2. Christian Hahn, 36
3. Miguel Paludo, 34
4. Alceu Feldmann, 34
5. Lucas Salles, 22
6. Pedro Aguiar, 18
7. Renan Pizii, 17
8. Franco Giaffone, 16
9. Werner Neugebauer, 14
10. Lineu Pires, 13

ABERTURA DA PORSCHE CUP EM GOIÂNIA

Marçal Muller é o grande vencedor do início da temporada da Porsche GT3 Cup. A primeira corrida do ano da nova Carrera Cup foi disputada no início da tarde deste sábado (2) sob muito sol e calor no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO), e Muller soube construir a vantagem iniciada com a quebra de um recorde.

Primeira corrida da temporada, disputada neste sábado (2), viu os novos carros da geração 992 aniquilarem antigos recordes; segunda prova acontece neste domingo (3). FOTO: Luca Bassani/Porsche GT3 Cup Brasil

Com os novos Porsche 911 GT3 da geração 992, os tempos de volta caíram entre três e quatro segundos em relação ao modelo anterior, agora usado na Sprint Challenge. A pole position conquistada por Marçal Muller no Porsche #544 foi de 1min22s930, superando em quase dois décimos o recorde anterior, registrado em uma prova de endurance. As velocidades máximas dos 992 na reta principal de Goiânia superaram os 260 km/h neste sábado.

Muller manteve a ponta na largada tendo Enzo Elias em segundo. Christian Hahn, fazendo sua estreia, largou da oitava posição e na primeira volta já era o quinto. Na primeira metade da prova, o líder imprimiu um ritmo forte para construir uma vantagem sobre os adversários, mas na segunda metade dos 25 minutos de prova, a distância começou a cair.

A vantagem chegou a ser de 1,8 segundo sobre Elias, que então passou a virar tempos de volta melhores e encostou no líder. Na abertura da penúltima volta, Enzo Elias estava a 0,7 segundo de Muller quando um furo de pneu causou seu abandono. Ele escapou na saída da curva dois quando o pneu traseiro esquerdo colapsou e então Elias saiu da pista.

Assim, Muller abriu a última volta mais tranquilo e com o adversário mais próximo a três segundos de distância. Na bandeirada, Muller venceu tendo Alceu Feldmann em segundo, Miguel Paludo em terceiro, Christian Hahn em quarto e Werner Neugebauer fechando os cinco primeiros.

Na prova deste domingo (3), programada para as 13h40 com transmissão ao vivo da Band e pelo canal oficial da Porsche Cup Brasil no YouTube, os seis primeiros colocados invertem as posições para a largada. Assim, Lucas Salles larga da primeira posição.

A vitória na categoria Sprint Challenge, com os Porsche 911 GT3 geração 991.2, ficou com Christian Mohr, seguido de Nelson Marcondes e Urubatan Junior. O domingo (3) reserva a segunda prova das duas classes, com a Carrera Cup largando às 13h40 e a Sprint, às 14h15.

Lucas Salles, sexto colocado, larga da primeira posição neste domingo (3). FOTO: Luca Bassani/Porsche GT3 Cup Brasil

A FREMAX é a fornecedora oficial dos discos de freio da Porsche Cup desde 2008 e trabalha em conjunto com a categoria para assegurar o melhor desempenho, segurança, eficiência, confiabilidade, tecnologia e durabilidade iguais a todos os carros do grid. Acompanhando a evolução dos carros, os novos discos Fremax também trazem evolução nas galerias de ventilação que aliadas ao alto desempenho da liga Carbon+ para competição, garante uma excelente dissipação de calor e resistência mecânica, suportando assim todas as solicitações das frenagens de alta energia que a categoria exige.

Fala, piloto!
“Coloquei um ritmo inicial muito bom com o carro. Acabei errando um pouco no acerto, pensando na metade final da prova, e começou a ficar difícil segurar o carro. Eu estava começando a administrar a distância, calculando quantos minutos restavam para o fim. Tudo dando certo, mesmo com o Enzo (Elias) tirando um décimo por volta, eu conseguiria a vitória por causa da vantagem construída na primeira parte da prova. Ele teve um furo de pneu, que é algo que não desejamos a ninguém, mas acontece, e a partir dali eu consegui administrar mais tranquilo em relação ao Alceu (Feldmann) e pude conquistar essa vitória”.
(Marçal Muller, #544) – Vencedor Corrida 1 Carrera Cup

Pódio da primeira etapa: Muller, Feldmann, Paludo, Hahn e Neugebauer. FOTO: Luca Bassani/Porsche GT3 Cup Brasil



A pista de Goiânia na ótica da FREMAX
“É um início de temporada muito aguardado, principalmente pela chegada dos novos carros, muito elogiados nos treinos da pré-temporada. Goiânia é uma pista bastante exigente para os discos de freio, com trechos de alta velocidade sucedidos por fortes frenagens que reduzem as velocidades em mais de 100 km/h em poucos metros. Outro desafio interessante que o traçado goiano proporciona aos pilotos e principalmente aos carros são as temperaturas, geralmente muito altas; assim, o trabalho do piloto nas retas passa a ser, além de ganhar velocidade, também resfriar o conjunto de freios. As curvas 3, 5 e a curva final do circuito são pontos particularmente interessantes do ponto de vista dos freios. É um traçado de média para alta velocidade em um dos melhores autódromos do Brasil”.
(Ronaldo Chremonezi, gerente de Engenharia de Produto FREMAX).

Christian Mohr venceu na categoria Sprint Challenge. FOTO: Luca Bassani/Porsche GT3 Cup Brasil

Resultado extra-oficial Corrida 1
Carrera Cup (Top-10)
1. 544 Marçal Muller
2. 1 Alceu Feldmann
3. 7 Miguel Paludo
4. 26 Christian Hahn
5. 8 Werner Neugebauer
6. 70 Lucas Salles
7. 16 Renan Pizzi
8. 20 Pedro Aguiar
9. 3 Franco Giaffone
10. 888 Lineu Pires

1ª Etapa – Porsche Cup C6 Bank Mastercard
GOIÂNIA (GO) sprint
Autódromo Internacional de Goiânia
Extensão: 3.835 metros
Sentido: horário
Curvas: 12 (7 à direita e 5 à esquerda)

Características técnicas (nível 1 a 5 do menor para o maior):
Abrasividade do asfalto: 4
Força lateral: 4
Nível de exigência dos freios: 4
Pneu mais exigido: traseiro esquerdo

Programação em Goiânia
Domingo, 3 de abril
13h40 – Largada Corrida 2 (Carrera Cup 992)
14h15 – Largada Corrida 2 (Sprint Challenge 991)

Sobre a FREMAX:
Com atuação global e sedes no Brasil, Holanda e Argentina, e um portfólio de mais de 2.500 referências que atendem a mais de 100.000 aplicações, a FREMAX é reconhecida pela produção e comercialização de discos e tambores de freio e cubos de roda.

Sua estrutura de produção flexível e eficiente conta com as certificações internacionais necessárias para atender com precisão e rapidez, as demandas de clientes do mercado de equipamento original e reposição. Mundialmente reconhecida, a qualidade de seus produtos é aprovada como premium em função da tecnologia, segurança, durabilidade, performance e acabamento em todos os detalhes.

Todos estes atributos fazem da FREMAX a fornecedora oficial, e a escolha segura para garantir a segurança, das principais categorias de automobilismo sul-americano e é a fornecedora oficial da Porsche Cup desde 2008.

Além da Porsche Cup, A FREMAX também é a fornecedora oficial de discos de freio da Stock Car, Sprint Race e Old Stock.

FREMAX:
Site: www.fremax.com
Facebook:@FremaxBrasilOficial
Instagram: @fremaxbrasil

PORSCHE CUP NESTE FINAL DE SEMANA EM GOIÂNIA

Vai começar a 18ª temporada da história da Porsche Cup Brasil. O maior evento de carros GT da América Latina aquece os motores para a primeira etapa Sprint (de corridas curtas) neste final de semana em Goiânia (GO). E a categoria chega com uma grande novidade: os novos modelos Porsche 911 GT3 992 de última geração, que integrarão a classe principal da disputa, agora chamada de Carrera Cup. Os 991.2 usados na classe denominada 4.0 até o ano passado passam a formar a classe Sprint Challenge.

O formato de disputa permanece o mesmo, com tomadas de tempo classificatórias e corridas separadas para as duas classes, e as principais atividades de pista acontecem no sábado (2) com classificação e a primeira corrida e no domingo (3) com a segunda corrida.

Será a estreia dos carros da nova geração 992 (Divulgação) Foto: P1 Media

Os novos carros foram testados no início do mês em Interlagos e receberam diversos elogios dos pilotos, especialmente no acerto da suspensão e nos freios. “A principal diferença entre os dois é que nas frenagens o 991.2 precisava de algumas correções no volante, pois a traseira levantava um pouco e por ficar mais leve, ficava mais suscetível a momentos de instabilidade, enquanto no 992 ele freia mais reto e sem afetar muito a trajetória e o comportamento do carro”, compara Werner Neugebauer, dono de dois títulos na categoria.

Apesar de dividirem praticamente o mesmo motor boxer seis cilindros 4.0, o modelo 992 traz pouco mais de 25 cavalos de potência a mais (510 do novo carro contra 485 do bólido que agora será usado na Sprint Challenge); o torque também é superior: 47,9 kgfm contra 41,8 do modelo já utilizado anteriormente. O câmbio segue sequencial de seis marchas acionado por aletas atrás do volante (como na Fórmula 1, por exemplo), mas mudou um componente eletrônico que deixou a peça mais leve, com troca de marchas mais precisas e uma durabilidade maior.

Além da diferença de potência, a dirigibilidade do novo carro empolgou os pilotos, especialmente nas frenagens. E na pista de Goiânia, que é considerada de média para alta velocidade com pontos importantes de frenagem, acredita-se que os tempos de volta devam cair consideravelmente.

“Goiânia é uma pista bastante exigente para os discos de freio, com trechos de alta velocidade sucedidos por fortes frenagens que reduzem as velocidades em mais de 100 km/h em poucos metros. Outro desafio interessante que o traçado goiano proporciona aos pilotos e principalmente aos carros são as temperaturas, geralmente muito altas; assim, o trabalho do piloto nas retas passa a ser, além de ganhar velocidade, também resfriar o conjunto de freios. As curvas 3, 5 e a curva final do circuito são pontos particularmente interessantes do ponto de vista dos freios. É um traçado de média para alta velocidade em um dos melhores autódromos do Brasil”, destaca Ronaldo Chremonezi, gerente de Engenharia de Produto e Processo e Qualidade da Fremax, fornecedora oficial de discos de freio da categoria desde 2008.

18º Temporada da Porsche Cup. Foto: P1 Media

Neugebauer aguarda os primeiros treinos para confirmar o bom diagnóstico feito na pré-temporada de Interlagos. “O modelo 992 é bem mais estável em frenagens que o anterior. O carro é mais ‘quieto’, o ABS funciona muito bem, todo o freio do carro é uma evolução. Em Goiânia temos dois pontos mais críticos de frenagem, nos quais o carro sofre um pouco mais: o primeiro é na entrada da curva 3, que é o acesso ao miolo do circuito, onde a gente freia já atacando a curva, de intensidade razoável e que enquanto o piloto freia, ele já vai conduzindo o carro para dentro da curva; a outra freada é a da curva 5, onde chegamos em quarta ou quinta marcha reduzindo para segunda. É um ponto onde a frenagem ocorre sobre muitas ondulações do asfalto, e estou curioso para sentir o comportamento do carro neste ponto, justamente por ele ser mais estável nas freadas, e ver o quanto vamos melhorar em tempo de volta com essas características”, disse.

A FREMAX é a fornecedora oficial dos discos de freio da Porsche Cup desde 2008 e trabalha em conjunto com a categoria para assegurar o melhor desempenho, segurança, eficiência, confiabilidade, tecnologia e durabilidade iguais a todos os carros do grid.

Fala, piloto!
“O modelo 992 é bem mais estável em frenagens que o anterior. O carro é mais ‘quieto’, o ABS funciona muito bem, todo o freio do carro é uma evolução. Em Goiânia temos dois pontos mais críticos de frenagem, nos quais o carro sofre um pouco mais: o primeiro é na entrada da curva 3, que é o acesso ao miolo do circuito, onde a gente freia já atacando a curva, de intensidade razoável e que enquanto o piloto freia, ele já vai conduzindo o carro para dentro da curva; a outra freada é a da curva 5, onde chegamos em quarta ou quinta marcha reduzindo para segunda. É um ponto onde a frenagem ocorre sobre muitas ondulações do asfalto, e estou curioso para sentir o comportamento do carro neste ponto, justamente por ele ser mais estável nas freadas, e ver o quanto vamos melhorar em tempo de volta com essas características. A principal diferença entre os dois é que nas frenagens o 991.2 precisava de algumas correções no volante, pois a traseira levantava um pouco e no 992 ele freia mais reto e sem afetar muito a trajetória e o comportamento do carro”.
(Werner Neugebauer, #8, Carrera Cup)

A pista de Goiânia na ótica da FREMAX
“É um início de temporada muito aguardado, principalmente pela chegada dos novos carros, muito elogiados nos treinos da pré-temporada. Goiânia é uma pista bastante exigente para os discos de freio, com trechos de alta velocidade sucedidos por fortes frenagens que reduzem as velocidades em mais de 100 km/h em poucos metros. Outro desafio interessante que o traçado goiano proporciona aos pilotos e principalmente aos carros são as temperaturas, geralmente muito altas; assim, o trabalho do piloto nas retas passa a ser, além de ganhar velocidade, também resfriar o conjunto de freios. As curvas 3, 5 e a curva final do circuito são pontos particularmente interessantes do ponto de vista dos freios. É um traçado de média para alta velocidade em um dos melhores autódromos do Brasil”.
(Ronaldo Chremonezi, gerente de Engenharia de Produto FREMAX)

18º Temporada da Porsche Cup. Foto: P1 Media

1ª Etapa – Porsche Cup C6 Bank Mastercard
GOIÂNIA (GO) sprint
Autódromo Internacional de Goiânia
Extensão: 3.835 metros
Sentido: horário
Curvas: 12 (7 à direita e 5 à esquerda)

Características técnicas (nível 1 a 5 do menor para o maior):
Abrasividade do asfalto: 4
Força lateral: 4
Nível de exigência dos freios: 4
Pneu mais exigido: traseiro esquerdo

Programação em Goiânia
Sexta-feira, 1 de abril
15h25 – Treino Livre 1 (Carrera Cup 992)
16h20 – Treino Livre 1 (Sprint Challenge 991)
Sábado, 2 de abril
9h30 – Classificação (Carrera Cup 992)
9h55 – Classificação Top-10 (Carrera Cup 992)
10h15 – Classificação (Sprint Challenge 991)
10h40 – Classificação Top-10 (Sprint Challenge 991)
13h15 – Largada Corrida 1 (Carrera Cup 992)
13h50 – Largada Corrida 1 (Sprint Challenge 991)
Domingo, 3 de abril
13h40 – Largada Corrida 2 (Carrera Cup 992)
14h15 – Largada Corrida 2 (Sprint Challenge 991)

Sobre a FREMAX:

Com atuação global e sedes no Brasil, Holanda e Argentina, e um portfólio de mais de 2.500 referências que atendem a mais de 100.000 aplicações, a FREMAX é reconhecida pela produção e comercialização de discos e tambores de freio e cubos de roda.

Sua estrutura de produção flexível e eficiente conta com as certificações internacionais necessárias para atender com precisão e rapidez, as demandas de clientes do mercado de equipamento original e reposição. Mundialmente reconhecida, a qualidade de seus produtos é aprovada como premium em função da tecnologia, segurança, durabilidade, performance e acabamento em todos os detalhes.

Todos estes atributos fazem da FREMAX a fornecedora oficial, e a escolha segura para garantir a segurança, das principais categorias de automobilismo sul-americano e é a fornecedora oficial da Porsche Cup desde 2008.

Além da Porsche Cup, A FREMAX também é a fornecedora oficial de discos de freio da Stock Car, Sprint Race e Old Stock.

MERCEDES-AMG MOTORSPORT NA GT WORLD CHALLENGE EUROPE ENDURANCE CUP

texto traduzido eletronicamente sem revisão

Na temporada de 2022, a Mercedes-AMG está novamente com uma presença considerável no #gtworldchallengeeurope: na Copa endurance, equipes de clientes GetSpeed (#2, #3), Haupt #racing Team (#4, #5, #777), SPS #automotive performance (#20), Winward #racing (#57), AKKA ASP Team (#87, #88), Madpanda Motorsport (#90) e SKY – Tempesta #racing (#93) estão executando um total de onze #mercedesamggt3s , todos com line-ups de primeira linha. SKY – Tempesta #racing entrará em um Mercedes-AMG GT3 nesta série pela primeira vez. Com o #2 Mercedes-AMG GT3, sob a bandeira Mercedes-AMG Team GetSpeed, um dos carros recebe apoio estendido da Affalterbach em 2022.

MERCEDES-AMG MOTORSPORT. FOTO: MERCDES-AMG. DISTRIBUIDA POR LULOP.

Além do evento de abertura em #imola, itália, a temporada inclui mais quatro corridas de resistência de prestígio. Também haverá corridas no Circuito Paul Ricard (3 a 5 de junho), como parte das 24 Horas de Spa no Circuito de Spa-Francorchamps (28 a 31 de julho) e no Hockenheimring (2 a 4 de setembro). A final da temporada acontecerá no Circuito de Barcelona-Catalunha de 30 de setembro a 2 de outubro.

Os #mercedesamggt3s têm uma linha de motorista de alta qualidade

Para alcançar novamente as metas que foram estabelecidas bastante altas, o #mercedesamggt3s terá uma linha de pilotos de alta qualidade mais uma vez nesta temporada. Com os gostos de Lucas Auer (AUT), Maro Engel (GER), Jules Gounon (FRA), Dani Juncadella (ESP), Raffaele Marciello (SUI) e Luca Stolz (GER), os principais pilotos internacionais são encontrados atrás das rodas na classe Pro. Mas também na Copa prata e na categoria Ouro, uma excelente formação também permite esperanças justificadas de vitórias em todas as categorias. A recém-iniciada Copa Ouro está começando sua temporada inaugural com 13 carros para este ano, enquanto 18 carros participantes são um novo recorde na Copa prata. Além disso, a Mercedes-AMG é um dos dois fabricantes a serem representados na classificação Pro-Am também, ao lado de sua presença na Pro, Prata e Copa Ouro. 

MERCEDES-AMG MOTORSPORT. FOTO: MERCDES-AMG. DISTRIBUIDA POR LULOP.

Dez Mercedes-AMG GT4s caçando o título no projeto de lei de apoio

Nos cinco fins de semana de corrida, vários Mercedes-AMG GT4s também estão em ação na conta de suporte do #gtworldchallengeeurope. Na abertura da temporada na #imola, AKKA ASP Team, Drago #racing Team ZvO, NM Motorsport e Selleslagh #racing Team entram na GT4 European Series com um total de dez carros. Como resultado, a Mercedes-AMG é uma das marcas com maior representação no campo de registro de mais de 50 carros.

MERCEDES-AMG MOTORSPORT. FOTO: MERCDES-AMG. DISTRIBUIDA POR LULOP.

Mercedes-AMG Motorsport quer novamente defender título dos fabricantes

Na temporada passada, a Mercedes-AMG Motorsport conseguiu conquistar o título na classificação mundial do GT World Challenge pela terceira vez consecutiva, com um quarto título a ser somado em 2022. Para isso, são contabilizados 30 eventos de corrida nas quatro diferentes competições continentais da América do Norte, Ásia, Austrália e Europa. A temporada internacional já começou no fim de semana anterior com as corridas de abertura no GT World Challenge Australia. Lá, os pilotos da AMG, Príncipe Jefri Ibrahim (MAS) e Shane van Gisbergen (NZL) conseguiram um pódio com seu excelente feito na primeira corrida no sábado. Akritas #racing Team com os pilotos Sam Brabham e Ross Poulakis (ambos da AUS) foram homenageados na classe GT4 em ambos os dias de corrida.

MERCEDES-AMG MOTORSPORT. FOTO: MERCDES-AMG. DISTRIBUIDA POR LULOP.

Stefan Wendl, chefe da Mercedes-AMG Customer #racing“Estamos orgulhosos de estar presentes novamente com um piloto de primeira classe e equipe na Copa endurance do GT World Challenge deste ano. Estamos olhando para trás em grandes conquistas na série popular e queremos construir sobre eles. Não no mínimo, é claro, queremos defender o título de melhor fabricante em todas as competições do GT World Challenge. Faremos de tudo para apoiar novamente nossas Equipes de #racing clientes em todo o mundo da maneira ideal. Desejo a todas as equipes e pilotos uma promissora abertura de temporada em #imola e boa sorte no GT World Challenge Europe 2022!”

MERCEDES-AMG MOTORSPORT. FOTO: MERCDES-AMG. DISTRIBUIDA POR LULOP.

Mercedes-AMG Customer #racing Teams no #gtworldchallengeeurope Endurance 2022 1:

Nr. Equipe Motorista Categoria
2 Equipe Mercedes-AMG GetSpeed Maro Engel (GER), Steijn Schothorst (NED), Luca Stolz (GER) Pró
3 Desempenho da GetSpeed Sébastien Baud (FRA), Valdemar Eriksen (DNK), Jeffrey Kingsley (CAN) Taça de Prata
4 Haupt #racing Team Jannes Fittje (GER), Jordan Love (AUS), Alain Valente (SUI) Taça de Prata
5 Haupt #racing Team Hubert Haupt (GER), Arjun Maini (IND), Florian Scholze (GER) Taça de Ouro
20 Desempenho #automotive SPS Dominik Baumann (AUT), Ian Loggie (GBR), Valentin Pierburg (GER) Copa Pro-Am
57 WINWARD Racing Lucas Auer (AUT), Lorenzo Ferrari (ITA), Jens Liebhauser (GER) Taça de Ouro
87 Equipe AKKA ASP Tommaso Mosca (ITA), Casper Stevenson (GBR), Konstantin Tereschenko (FIA) Taça de Prata
88 Equipe AKKA ASP Jules Gounon (FRA), Daniel Juncadella (ESP), Raffaele Marciello (SUI) Pró
90 Madpanda Motorsport Dusan Borkovic (SRB), Ezequiel Perez Companc (ARG), Sean Walkinshaw (GBR) Taça de Prata
93 SKY – Tempesta Racing Eddie Cheever (ITA), Chris Froggatt (GBR), Jonathan Hui (HKG) Taça de Ouro
777 Al Manar #racing por HRT Al Faisal Al Zubair (OMA), Axcil Jefferies (ZIM), Fabian Schiller (GER) Taça de Prata

1 sujeito a mudanças de última hora

Calendário de corridas 2022 #gtworldchallengeeurope Endurance2:

Data Acontecimento Concorrência
1st– 3rd Abril Imola / ITA Resistência
3rd – 5ésimo Junho Circuito Paul Ricard 1000Km / FRA Resistência
28ésimo – 31st Julho Total de 24 horas de Spa / BEL Resistência
2nd – 4ésimo Setembro Hockenheim / GER Resistência
30ésimo Setembro – 2nd Outubro Barcelona / ESP Resistência

2 sujeito a mudanças de última hora

TEXTO ORIGINAL

In the 2022 motorsport season, Mercedes-AMG is again coming up with a considerable presence in the #gtworldchallengeeurope: in the Endurance Cup, Customer Teams GetSpeed (#2, #3), Haupt #racing Team (#4, #5, #777), SPS #automotive performance (#20), Winward #racing (#57), AKKA ASP Team (#87, #88), Madpanda Motorsport (#90) and SKY – Tempesta #racing (#93) are running a total of eleven #mercedesamggt3s, all with top-notch line-ups. SKY – Tempesta #racing will be entering a Mercedes-AMG GT3 in this series for the first time. With the #2 Mercedes-AMG GT3, under the Mercedes-AMG Team GetSpeed banner, one of the cars receives extended support from Affalterbach in 2022.

In addition to the opening event in #imola, Italy, the season includes four further prestigious endurance races. There will also be races at the Circuit Paul Ricard (3-5 June), as part of the 24 Hours of Spa at the Circuit de Spa-Francorchamps (28-31 July) and the Hockenheimring (2-4 September). The season finale will take place at the Circuit de Barcelona-Catalunya from 30 September to 2 October.

The #mercedesamggt3s have a high-quality driver line-up

To again reach the goals that were set quite high, the #mercedesamggt3s will have a high-quality driver line-up once more this season. With the likes of Lucas Auer (AUT), Maro Engel (GER), Jules Gounon (FRA), Dani Juncadella (ESP), Raffaele Marciello (SUI) and Luca Stolz (GER), international top drivers are to be found behind the wheels in the Pro class. But also in the Silver Cup and the Gold category, an excellent line-up also allows for justified hopes of championship title wins in all categories. The newly initiated Gold Cup is getting its inaugural season underway with 13 cars for this year while 18 participating cars are a new record in Silver Cup. Moreover, Mercedes-AMG is one of two manufacturers to be represented in the Pro-Am classification as well, next to its presence in Pro, Silver and Gold Cup. 

Ten Mercedes-AMG GT4s hunting for the title on the support bill

On the five race weekends, multiple Mercedes-AMG GT4s are also in action on the support bill of the #gtworldchallengeeurope. In the season opener at #imola, AKKA ASP Team, Drago #racing Team ZvO, NM Motorsport and Selleslagh #racing Team enter the GT4 European Series with a total of ten cars. As a result, Mercedes-AMG is one of the brands with the strongest representation in the record field of over 50 cars.

Mercedes-AMG Motorsport again wants to defend manufacturers’ title

In the past season, Mercedes-AMG Motorsport managed to win the title in the global manufacturers’ standings of the GT World Challenge for the third consecutive time, with a fourth title to be added in 2022. To this end, a total of 30 race events in the four different continental competitions in North America, Asia, Australia and Europe are taken into account. The international season already got underway the weekend before last with the opening races in GT World Challenge Australia. There, AMG drivers Prince Jefri Ibrahim (MAS) and Shane van Gisbergen (NZL) scored a podium finish with their outstanding achievement in the first race on Saturday. Akritas #racing Team with drivers Sam Brabham and Ross Poulakis (both AUS) took GT4 class honours on both race days.

Stefan Wendl, head of Mercedes-AMG Customer #racing“We are proud to be present again with a first-class driver and team line-up in the Endurance Cup of the GT World Challenge this year. We are looking back upon great achievements in the popular series and we want to build on them. Not in the least, of course, we want to defend the title of the best manufacturer across the GT World Challenge competitions. We will do everything to again support our Customer #racing Teams all over the world in an optimal way. I wish all the teams and drivers a promising season opener at #imola and good luck in the 2022 GT World Challenge Europe!”

Mercedes-AMG Customer #racing Teams in the 2022 #gtworldchallengeeurope Endurance 1:

Nr. Team Driver Category
2 Mercedes-AMG Team GetSpeed Maro Engel (GER), Steijn Schothorst (NED), Luca Stolz (GER) Pro
3 GetSpeed Performance Sébastien Baud (FRA), Valdemar Eriksen (DNK), Jeffrey Kingsley (CAN) Silver Cup
4 Haupt #racing Team Jannes Fittje (GER), Jordan Love (AUS), Alain Valente (SUI) Silver Cup
5 Haupt #racing Team Hubert Haupt (GER), Arjun Maini (IND), Florian Scholze (GER) Gold Cup
20 SPS #automotive performance Dominik Baumann (AUT), Ian Loggie (GBR), Valentin Pierburg (GER) Pro-Am Cup
57 WINWARD Racing Lucas Auer (AUT), Lorenzo Ferrari (ITA), Jens Liebhauser (GER) Gold Cup
87 AKKA ASP Team Tommaso Mosca (ITA), Casper Stevenson (GBR), Konstantin Tereschenko (FIA) Silver Cup
88 AKKA ASP Team Jules Gounon (FRA), Daniel Juncadella (ESP), Raffaele Marciello (SUI) Pro
90 Madpanda Motorsport Dusan Borkovic (SRB), Ezequiel Perez Companc (ARG), Sean Walkinshaw (GBR) Silver Cup
93 SKY – Tempesta Racing Eddie Cheever (ITA), Chris Froggatt (GBR), Jonathan Hui (HKG) Gold Cup
777 Al Manar #racing by HRT Al Faisal Al Zubair (OMA), Axcil Jefferies (ZIM), Fabian Schiller (GER) Silver Cup

1 subject to last-minute changes

Race calendar 2022 #gtworldchallengeeurope Endurance2:

Date Event Competition
1st– 3rd April Imola / ITA Endurance
3rd – 5th June Circuit Paul Ricard 1000Km / FRA Endurance
28th – 31st July Total 24 Hours of Spa / BEL Endurance
2nd – 4th September Hockenheim / GER Endurance
30th September – 2nd October Barcelona / ESP Endurance

2

Mitsubishi apresenta série especial L200 Triton Sport Sertões

No dia em que é dada a largada para a 28ª edição do Rally dos Sertões, a Mitsubishi Motors, principal e mais antiga patrocinadora da competição apresenta a série especial L200 Triton Sport Sertões, como forma de homenagear o maior rally das Américas.

Desenvolvida em parceria com os organizadores da prova, a série especial L200 Triton Sport Sertões traz detalhes exclusivos que remetem à competição. As pré-reservas da picape começam hoje no site da Mitsubishi Motors e as primeiras unidades serão entregues no próximo mês de março. Exclusivo, o modelo será produzido somente sob encomenda e o valor de venda ainda está sendo definido.

"O sucesso de um grande evento pode ser medido pela longevidade de seus parceiros. Há 17 anos, o maior rally das Américas orgulha-se de ter como patrocinador a Mitsubishi, uma marca que representa como poucas o espírito off road do Sertões. A nova série especial da L200 é a consolidação dessa relação vencedora", afirma Joaquim Monteiro, CEO do Sertões.

Disponível para as três versões da L200 Triton Sport 2021 – GLS, HPE e HPE-S – a série especial Sertões oferece uma série de detalhes exclusivos que fazem alusão à competição. Por fora, a picape leva a mesma cor laranja oficial do emblema do Sertões em conjunto com o tom preto brilhante, o que oferece ao modelo um visual bastante esportivo.

Na parte da frente, o laranja "Sertões" está presente em faixas que saem da parte superior da grade frontal e percorrem todo o capô do veículo. O skid plate na parte inferior da dianteira do modelo também recebeu a cor da série especial que, em contraste com o preto brilhante de parte da grade, deram um visual bastante esportivo e robusto.

As rodas de aro 18 foram pintadas em preto com um pequeno detalhe em laranja. Elas receberam um pneu 265/60, mais voltado para o piso off-road em relação à versão original. Como contraste ao preto das rodas, a série especial Sertões traz um adesivo em cor laranja com o emblema 4×4, que reveste todo o espaço entre-eixos na parte inferior da lateral da picape.

Ainda na lateral, as maçanetas das portas receberam acabamento em preto que ajudam a destacar o adesivo laranja com a logomarca Sertões presente no final da caçamba, próximo à lanterna traseira.

A parte traseira também é marcada pela logo do Sertões colocada bem abaixo do badge com a versão da picape, colado na tampa da caçamba, cuja maçaneta teve o acabamento cromado substituído por um preto brilhante, que combina perfeitamente com o ultra resistente revestimento X-Liner que protege e otimiza a capacidade de carga da picape.

Interior exclusivo

O visual interno da edição especial L200 Triton Sport Sertões traz o mesmo apelo esportivo e robusto dado na parte de fora.

Destaque para o revestimento em borracha vulcanizada no chão do modelo. Prático e de fácil lavagem, o revestimento é ideal para situações fora de estrada, assim como as encontradas nos milhares de quilômetros percorridos pelos competidores do Rally dos Sertões.

O painel central recebeu detalhes de acabamento em laranja brilhante assim como as saídas de ar e a moldura do sistema de transmissão. O contraste dos detalhes em laranja é evidenciado no revestimento das portas, todo na cor preta.

"É uma honra para nós sermos os maiores e mais longevos parceiros do Rally dos Sertões, uma competição que representa como nenhuma outra todo o DNA off-road e todo o estilo de vida que os veículos Mitsubishi oferecem a seus clientes. E é exatamente esse mesmo DNA aventureiro que queremos oferecer nesta série especial L200 Triton Sport Sertões, uma picape robusta, versátil, com muita tecnologia embarcada e visual exclusivo", afirma Robert Richtter, CEO da Mitsubishi Motors no Brasil.

4×4 de verdade

Os amantes da prática off-road têm na L200 Triton Sport Sertões um veículo com desempenho impecável para todos os tipos de terreno. A picape reúne conforto e dirigibilidade de um SUV de luxo com a capacidade 4×4 que já está presente no DNA do modelo desde sua primeira versão, apresentada há mais de 40 anos.

O sistema de suspensão é independente na dianteira e com eixo rígido na traseira. Extremamente bem calibrada, ela garante o bom desempenho e ajuda a encarar os mais variados desafios off-road, mas também a superar lombadas, buracos e valetas com facilidade, além de oferecer um excelente controle de movimentação de carroceria, o que assegura total conforto aos ocupantes.

As versões HPE e HPE-S são equipadas com o sistema Super Select 4WD-II (SS4-II), que oferece ao motorista quatro modos distintos de operação incluindo a reduzida, ideais para o tráfego em diferentes tipos de terreno. Por meio do seletor no console central, ele pode facilmente escolher o melhor ajuste, dependendo do local e das características do piso:

2H – Usado para estradas e vias públicas, privilegia a economia de combustível com desempenho suave.

4H – Ideal para estradas e pisos irregulares, inclusive asfalto, serras e em condição de chuva. O sistema distribui automaticamente a tração entre os eixos dianteiro e traseiro, por meio do diferencial central.

4HLc – Ideal para terreno acidentado com superfícies de baixa aderência como terra e cascalho.

4LLc – Ideal para subidas ou descidas íngremes, rochas, areia e lama.

Ainda nas versões HPE e HPE-S, a L200 Triton Sport Sertões conta com o exclusivo Off-Road Mode, um moderno e tecnológico recurso que deixa a picape ainda mais preparada para encarar os mais variados terrenos. São quatro opções que garantem um excelente desempenho em diversos tipos de piso: Cascalho, Lama/Neve, Areia e Pedra.

Cada modo tem uma configuração específica e todos são capazes de otimizar a tração para cada tipo de piso, alterando automaticamente a entrega de potência do motor e ajustando transmissão, sistema de freios e os controles de estabilidade e de tração.

Outra novidade é o Controle de Descida em Rampas (HDC). Por meio dele, o veículo é capaz de descer as mais íngremes ladeiras, mesmo com baixa aderência, em velocidade controlada.

A aptidão para encarar todos os tipos de terrenos também está nos generosos ângulos de entrada, saída e brake over, com 32º, 23º e 25º respectivamente, além da ampla capacidade de travessia em trechos alagados, que podem ter até 600 milímetros de profundidade.

Para situações onde uma ou mais rodas estão destracionadas, a picape conta com o Sistema Ativo de Controle de Tração (ATC), que monitora a rotação das rodas e atua desacelerando a roda que tem menos aderência, enviando a tração para a roda melhor apoiada ao solo. Adicionalmente controla o torque do motor para evitar escorregamentos.

O sistema de tração também conta com o Sistema de Bloqueio do Diferencial Traseiro, que permite que as duas rodas do eixo de trás recebam tração de forma idêntica, o que é muito útil em uma situação de atolamento ou mesmo quando uma das rodas não está em contato com o solo em condições off-road.

Tecnologia e conforto para o dia a dia

A tecnologia é um dos pontos altos da L200 Triton Sport Sertões. O modelo foi equipado com uma série de sistemas que não só fazem da picape uma das mais capazes para rodar em qualquer tipo de terreno, mas também garantem ainda mais conforto e segurança aos seus ocupantes.

O sistema de entretenimento colocado no painel central é da marca JBL, uma das referências em qualidade de som e conectividade em todo o mundo. Com tela sensível ao toque de 7 polegadas, o multimídia pode ser totalmente integrado aos melhores smartphones do mercado por meio das tecnologias Apple CarPlay e Android Auto.

Por ele, mais do que receber e fazer ligações por comando de voz e verificar os níveis de sinal e de bateria direto na tela do veículo, o motorista também pode espelhar uma série de aplicativos como Waze, Google Maps, Spotify e, com isso, manter sempre os olhos o máximo de tempo na estrada.

O painel de instrumentos do motorista está com um visual mais moderno e conta agora com display colorido que exibem inúmeras informações do computador de bordo.

As versões HPE e HPE-S contam com sensor crepuscular, um sistema que garante o acendimento automático dos faróis, além de sensor de chuva sensores de estacionamento e câmera de ré. A HPE-S ainda é equipada com sensor de estacionamento frontal.

Para total conforto do motorista, a versão HPE-S também é equipada de série com o sistema Smart Keyless de abertura de portas e ignição do motor. Por meio dele, o motorista não precisa tirar sua chave do bolso ou da bolsa. Por aproximação, a presença da chave é identificada pelo veículo e, com isso, basta que o motorista aperte um botão na maçaneta para acessar o interior do veículo. Ele também consegue dar a partida ou desligar o modelo ao simples toque no botão "start-stop" localizado próximo ao volante.

O sistema de ar condicionado é ainda mais eficiente por conta das saídas de ar colocadas no teto, que permitem a refrigeração de toda a cabine de forma mais rápida, ao captar o ar refrigerado da primeira fileira e transferir para a fileira de trás. Os passageiros do banco traseiro podem ajustar a intensidade da ventilação em até quatro níveis, através de um comando localizado no teto.

Nas versões HPE e HPE-S o seletor de temperatura é digital de duas zonas, que permite que o motorista e o passageiro do banco da frente escolham temperaturas distintas para o habitáculo.

Elas ainda trazem acabamento interno de alta qualidade e bancos revestidos em couro com ajustes elétricos para o motorista.

Motor e câmbio 

Debaixo do capô, a série especial L200 Triton Sport Sertões traz como novidade um novo sistema de transmissão automática de seis velocidades, com opção para trocas sequenciais por meio de paddle shifters atrás do volante, dependendo da versão. 

Sua relação de marchas foi muito bem calibrada para utilizar todo torque máximo do motor em baixas rotações e todo o conforto com o mínimo de vibrações e ruídos na cabine em velocidade de cruzeiro.

O motor que equipa todas as versões é o 2.4 Turbodiesel de quatro cilindros com estrutura leve em alumínio, o que ajuda a otimizar o consumo de combustível. Ele traz a tecnologia de válvulas variáveis MIVEC e turbina de geometria variável, que o torna capaz de desenvolver 190cv de potência e impressionante torque de 43,9 kgfm, força suficiente para uma performance invejável tanto dentro quanto fora de estrada.

A série especial L200 Triton Sport Sertões estará disponível sob encomenda no site da Mitsubishi Motors do Brasil www.mitsubishimotors.com.br ou em todas as concessionárias na marca espalhadas pelo País

Sobre a HPE Automotores

A HPE Automotores do Brasil é a representante oficial da Mitsubishi Motors no País. Tem escritório no coração comercial de São Paulo (SP), fábrica em Catalão (GO) e concessionárias espalhadas por todo o território brasileiro. A empresa está no mercado desde 1991 e, além de produzir e vender veículos de alta qualidade, organiza eventos esportivos com clientes há mais de 25 anos.

Para a HPE, ser 4×4 é um estilo de vida.

Sobre o Sertões

Um ano diferente pede um Sertões diferente. Em 2020, o maior rally das Américas se transforma no "Rally da Solidariedade". A 28ª edição da prova traz adaptações relevantes nas suas três dimensões: Esporte, Social e Turismo. A missão este ano é levar acesso à medicina de qualidade e fomento econômico para as comunidades remotas e carentes do Brasil. Este ano a ação social do Sertões está focada em dois pilares: 1. Saúde: através da instalação de Unidades de Teleatendimento (UTAs), um projeto inovador desenvolvido pelo SAS Brasil;  2. Legado econômico: a ação coordenada pelo SEBRAE e pelo UniãoBR fará a aquisição de cestas básicas de pequenos comerciantes locais e as redistribuirá nas regiões percorridas pelo Sertões aos que estão sem trabalho e renda. O lado competitivo da prova foi adaptado e traz um protocolo de segurança especial. A caravana ficará isolada em bolhas, acampamentos fechados, ao longo do percurso. Já a dimensão Turismo, que revela lugares que pouca gente conhece, foi postergada para 2021.

Di Grassi renova com Audi no Mundial de Fórmula E

Lucas Di Grassi foi confirmado pela equipe Audi Sport Abt Schaeffler para mais uma temporada no Campeonato Mundial de Fórmula E. Campeão em 2017, Lucas confirma dessa forma sua determinação em lutar pelo bicampeonato mundial. Mais bem sucedido piloto da história da categoria, com 32 pódios em 69 corridas (46% do total), Lucas terá como parceiro o alemão René Rast, outro piloto de alto nível, que detém o bicampeonato do prestigioso DTM. A dupla será uma das mais competitivas em um grid repleto de grandes talentos.
Di Grassi disputa a Fórmula E desde a estreia da categoria e foi protagonista de diversos marcos, como a vitória na primeira corrida da história (China, 2014), a vitória na volta do automobilismo à suíça depois de seis décadas (2019), o recorde de pontos entre todos os competidores (796), entre várias outras façanhas.

Muitas emoções – "Eu experimentei de tudo um pouco nestes seis anos: desde grandes sucessos, derrotas, emoções muito fortes. Mas o melhor ainda está por vir… Junto com a Audi e o René vou fazer o meu melhor em 2021 para estar entre os que disputarão o título de campeão", disse Lucas. "Quero também agradecer à torcida de todos nos países por onde passamos com o campeonato nestas seis primeiras temporadas, mas em especial ao pessoal do Brasil, que é sempre muito carinhoso e atencioso com as minhas campanhas e competições. Tenho orgulho dessa torcida e dos amigos que fiz entre os fãs nestes anos de carreira. Muito obrigado a todos", completou Di Grassi.

A sétima temporada do Mundial de Fórmula E terá início em meados de janeiro, no Chile. A temporada contará com doze eventos.

Witold começa semana como líder da Mercedes-Benz Challenge C300

A terceira etapa do Mercedes-Benz Challenge, disputada no último domingo em Interlagos (SP), contou com mudança na liderança do campeonato da C300 Cup, a classe mais movimentada do momento. Com uma vitória partindo da pole e um quinto lugar do parceiro Paulo Baldini, Witold Ramasauskas deixou o autódromo paulista na ponta da tabela.

Agora Witold tem 86 pontos, contra 84 de Alexandre Navarro, que chegara ao "Templo" na frente, restando mais duas etapas para o fim da temporada de dez anos da categoria. "Cumpri meu objetivo e fiz a parte que me cabia, que era pole e vitória na corrida que disputei.Meu parceiro me ajudou muito com o quinto lugar e seguimos nesse trabalho de formiguinha, mantendo nosso foco e visando o título da temporada", comenta o paulista, da equipe Sambaíba Racing, que corre com o apoio da X Car, Sambaíba, D Sport, Ademimotors, Ademicon, Letter Consulting, Embreagex, Crediauto e Broker House.

Claudio Simão, na segunda corrida, além de Adriano Rabelo e Fernando Jr., os dois últimos pela CLA 45 AMG, venceram as agitadas duas provas, que contaram com muitas disputas, acidentes espetaculares e até um carro desconhecido na pista. A próxima etapa do Mercedes-Benz Challenge também está marcada para Interlagos, só que no dia 29 de novembro.

Reveja a corrida na íntegra clicando aqui: https://www.youtube.com/watch?v=OKb8oJSBzjg

Tem Sprint Race neste final de semana

Pedro Lopes disputa o título da Sprint Race Special Edition neste final de semana, no Autódromo de Londrina. Formando dupla com o piloto Gabriel Silva, os donos do GTSR #18 lideram a competição na classe PRO, com 71 pontos, contra 54 do vice líder Daniel Correa. As atividades de pista começam nesta sexta-feira (30/12), com o primeiro treino livre no traçado paranaense.

A liderança da competição foi conquistada após uma boa participação da dupla na etapa de abertura da Special Edition, em Goiânia. Na ocasião, Pedro venceu a primeira prova e chegou em quarto na última corrida, com Gabriel terminando em segundo na corrida 2.

“Vai ser um final de semana bem difícil em Londrina. Teremos grandes pilotos correndo lá e com certeza não teremos vida fácil. Mas estamos prontos para brigar pelo título e vamos trabalhar forte para alcançar nosso objetivo”, comentou Pedro Lopes.

O histórico do piloto de 18 anos na pista do norte do Paraná é positivo. No ano passado venceu uma das corridas da categoria lá e as características do traçado agradam ao jovem competidor. “É uma das pistas que eu mais gosto de correr. O traçado não é dos mais fáceis e isso torna a pista ainda mais desafiante. Vamos para cima no final de semana”, finalizou Pedro.

As provas de domingo serão mostradas ao vivo no Facebook oficial da categoria e no canal Acelerados no YouTube. A prova final também será transmitida ao vivo pelo BandSports. Veja a programação do final de semana:

Sexta-feira, 30 de outubro
15h30 às 16h30 – Treino Oficial 1

Sábado, 31 de outubro
09h30 às 10h30 – Treino Oficial 2
13h30 às 14h00 – Treino Classificatório
16h00 – Corrida 1 (20 minutos + uma volta)

Domingo, 1º de novembro
09h35 – Corrida 2 (20 minutos + uma volta)
13h15 – Corrida 3 (25 minutos + uma volta)


Classificação da Special Edition PRO:
1. Pedro Lopes/ Gabriel Silva – 71 pontos
2. Daniel Correa – 54
3. Thiago Camilo/ Pedro Ferro – 49
4. Gerson Campos – 35
5. Sérgio Ramalho/ Daniel Coutinho/ Eduardo Trindade – 29