Fiat anuncia paralisação da produção no Brasil

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) por conta da pandemia do Corona Vírus, mou COVID-19, anuncia que iniciou esta semana a diminuição gradual da produção em suas fábricas no Brasil (Betim-MG, Goiana-PE e Campo Largo-PR), tendo a paralisação total prevista para ocorrer até 27 de março. As atividades fabris serão retomadas em 21 de abril.

A continuidade da produção neste processo de redução gradual até a paralisação total se dará mediante as rigorosas medidas preventivas já adotadas para garantir a saúde e integridade dos funcionários.

A FCA anuncia também o adiamento imediato de todos os eventos e ações de produto (lançamentos, apresentações, cursos e treinamentos, etc.) previstos em toda a América Latina. Os mesmos serão reagendados oportunamente.

Chrysler Pacifica será uma das novidades da FCA no Salão do Automóvel deste ano

Meses depois de ter estreado mundialmente em Detroit, nos Estados Unidos, a Chrysler Pacifica chega para brilhar no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. Sucessora da tradicional Town & Country, a Pacifica redefine o segmento de monovolumes familiares com estilo arrojado e níveis altíssimos de tecnologia, funcionalidade e versatilidade.

chrysler-pacifica_traseira

A Chrysler Pacifica foi projetada a partir do zero em uma plataforma totalmente nova – mais de 100 kg mais leve que a anterior – para ser a melhor da categoria em rodagem, estabilidade e redução de ruídos, vibração e aspereza (NVH). O modelo que o público poderá conhecer no São Paulo Expo entre 10 e 20 de novembro é equipado com motor Pentastar V6, de 3,6 litros e 291 cv, acoplado ao câmbio automático TorqueFlite, de oito marchas, exclusivo no segmento.

chrysler-pacifica_lateral

Entre os destaques tecnológicos da Pacifica está o sistema de cancelamento ativo de ruído (ANC), de série em todas as versões, para aumentar ainda mais a sensação de refinamento no dia-a-dia ou durante uma viagem longa com a família. Também digno de nota é o novo sistema Uconnect Theater, com duas telas traseiras HD de 10 polegadas e uma de 8,4 polegadas no painel e até 20 alto-falantes.

chrysler-pacifica_interno

A Chrysler Pacifica ainda dispõe de itens de comodidade como aspirador de pó Stow ‘n Vac integrado na coluna traseira, teto solar panorâmico triplo ou o acionamento sem as mãos para as portas corrediças e para a tampa traseira. O sistema de bancos retráteis Stow ‘n Go, presente na antecessora Chrysler Town & Country, foi modernizado para ampliar a versatilidade de configurações e facilitar ainda mais o acesso à terceira fileira de bancos.

Lucro da Fiat Chrysler Automobilies cresce no segundo trimestre

O lucro líquido da Fiat Chrysler Automobiles (FCA) registrou 69% de aumento no segundo trimestre de 2015 para € 333 milhões, em comparação com o mesmo período do ano passado, conforme relatório financeiro preliminares publicado hoje. O lucro líquido ajustado para compensar itens extraordinários mais que dobrou, em comparação com o segundo trimestre de 2014, totalizando € 450 milhões.

Conforme balanço divulgado em Londres, o EBIT ajustado cresceu 58% para € 1,525 bilhão, liderado pelo Nafta, que mais que dobrou sua performance para € 1,327 bilhão, com um forte crescimento da margem de 4,9%, no mesmo período de 2014, para 7,7%. A região EMEA também ampliou seus resultados durante o trimestre e registrou EBIT ajustado de € 57 milhões, comparado com equilíbrio no segundo trimestre do ano passado. Em contrapartida a esse crescimento, a APAC registrou ganhos menores e houve perda na região LATAM, onde os resultados foram negativos devido à retração de mercado e amortização de investimentos.

O faturamento líquido global do grupo no trimestre cresceu 25%, para € 29,2 bilhões.

As vendas mundiais totalizaram 1,2 milhão de unidades, em linha com o mesmo período do ano passado, com forte crescimento no NAFTA e no EMEA atenuado, em parte, pela continuidade das condições fracas de mercado na América Latina. O segundo trimestre foi encerrado com um dívida industrial líquida de € 8 bilhões, € 600 milhões abaixo do fechamento do primeiro trimestre.

A marca Jeep continua a se expandir ao redor do mundo e as vendas cresceram 27% em relação a 2014.

Outro destaque do trimestre foi o lançamento do modelo Giulia, da Alfa Romeo, completamente renovado, a reinauguração do recém-reformado Museu Histórico Alfa Romeo, em 24 de junho, no 105º aniversário da fundação da Alfa Romeo em Milão. O modelo Giulia é um produto estratégico para as aspirações de revitalização da Alfa Romeo, possibilitando sua presença global.

Fiat Chysler Automóveis Brasil e Bradesco fecham parceria para financiamento de carros novos

A FCA Fiat Chrysler Automóveis Brasil (“FCA Brasil”) e o Banco Fidis firmaram parceria com o Bradesco, por meio da Bradesco Financiamentos, pelo prazo de dez anos. Por esse acordo, o Bradesco financiará as vendas de veículos das marcas Jeep, Chrysler, Dodge e RAM no Brasil. O Banco Fidis, que pertence ao grupo FCA e oferece financiamento de estoque para a rede de concessionárias no Brasil, atuará como gestor comercial da parceria, intermediando as relações entre clientes da FCA Brasil e as concessionárias, junto a Bradesco Financiamentos, na oferta de produtos financeiros.

Caberá ao Bradesco, um dos maiores Bancos da América Latina,  disponibilizar o funding para as operações, avaliar o crédito e realizar todos os processos de back office. Além disso, irá oferecer produtos e serviços financeiros e ter a exclusividade nas campanhas promocionais de financiamento aos clientes finais da rede de concessionárias.

O Presidente da FCA para a América Latina, Cledorvino Belini, declarou que o estabelecimento desta aliança operacional e acordo de financiamento mostra  a confiança recíproca entre esses dois parceiros e é a relevante contribuição para o aumento das vendas de veículos no Brasil nos próximos anos.

O Presidente Executivo do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi, considera que este acordo une marcas reconhecidas em seus setores,  contribuindo, desta forma, para impulsionar a indústria automobilística, um dos segmentos de maior relevância da economia brasileira.

O Presidente do Banco FIDIS, Gunnar Murillo, disse: “Esta parceria também traz muitos ganhos para os consumidores brasileiros, que passam a contar com o suporte de instituições financeiras aptas a oferecer uma ampla variedade de serviços, e  mais importante, comprometidas com a satisfação dos clientes”.