MG – Copasa realiza leilão de 67 veículos

Sessenta e sete veículos usados serão leiloados pela Copasa, no próximo dia 15 de julho, na sede da companhia, na rua Mar de Espanha, 525, bairro Santo Antônio, região Centro-Sul Belo Horizonte, a partir das 10 horas.
Serão leiloados três “Fiats Uno Mille Fire”, quatro “Fiats Uno IE Furgão”, dez “Fiats Uno Fiorino IE”, três “Fiats Strada”, 15 caminhões “MB”, um Cavalo Mecânico MB LS 1929, quatro caminhonetes “Ford Ranger XL”, quatro “Iveco Daily”, 19 motocicletas “CG 125 Cargo, YBR 125, XTZ 125”, um “VW Santana”, duas sucatas “Fiat Uno Mille Fire” e uma sucata “Fiat Fiorino”.
Os automóveis ficarão disponíveis para serem examinados e vistoriados entre os dias 6 e 10 de julho, de 8h30 às 11h30, e de 13h00 às 16h, no pátio da Copasa, próximo ao viaduto da Mutuca, no km 544 da BR-040, no bairro Jardim Canadá, em Nova Lima, na Região Metropolitana de BH.
Conforme a Copasa, o pagamento do veículo arrematado deve ser feito em 100%, com até 48 horas, após a data de realização do leilão. O prazo máximo para a retirada será de até 15 dias corridos.
Fonte: http://www.hojeemdia.com.br/

Fiat Chysler Automóveis Brasil e Bradesco fecham parceria para financiamento de carros novos

A FCA Fiat Chrysler Automóveis Brasil (“FCA Brasil”) e o Banco Fidis firmaram parceria com o Bradesco, por meio da Bradesco Financiamentos, pelo prazo de dez anos. Por esse acordo, o Bradesco financiará as vendas de veículos das marcas Jeep, Chrysler, Dodge e RAM no Brasil. O Banco Fidis, que pertence ao grupo FCA e oferece financiamento de estoque para a rede de concessionárias no Brasil, atuará como gestor comercial da parceria, intermediando as relações entre clientes da FCA Brasil e as concessionárias, junto a Bradesco Financiamentos, na oferta de produtos financeiros.

Caberá ao Bradesco, um dos maiores Bancos da América Latina,  disponibilizar o funding para as operações, avaliar o crédito e realizar todos os processos de back office. Além disso, irá oferecer produtos e serviços financeiros e ter a exclusividade nas campanhas promocionais de financiamento aos clientes finais da rede de concessionárias.

O Presidente da FCA para a América Latina, Cledorvino Belini, declarou que o estabelecimento desta aliança operacional e acordo de financiamento mostra  a confiança recíproca entre esses dois parceiros e é a relevante contribuição para o aumento das vendas de veículos no Brasil nos próximos anos.

O Presidente Executivo do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco Cappi, considera que este acordo une marcas reconhecidas em seus setores,  contribuindo, desta forma, para impulsionar a indústria automobilística, um dos segmentos de maior relevância da economia brasileira.

O Presidente do Banco FIDIS, Gunnar Murillo, disse: “Esta parceria também traz muitos ganhos para os consumidores brasileiros, que passam a contar com o suporte de instituições financeiras aptas a oferecer uma ampla variedade de serviços, e  mais importante, comprometidas com a satisfação dos clientes”.

BMW Team Brasil tem bom começo em Moscou

Blancpain Sprint Series

Cacá Bueno e Sérgio Jimenez colocam o BMW Z4 #0 na terceira colocação. Valdeno Brito e Átila Abreu terminam segundo treino em 10º com o BMW Z4 #77. Neste sábado, acontece a tomada de tempos e as duas provas da etapa russa

Bom começo para o BMW Team Brasil nesta sexta-feira (dia 3), que contou com dois treinos livres para a quarta etapa do Blancpain Sprint Series no Moscou Raceway, na Rússia. Cacá Bueno e Sérgio Jimenez, a bordo do BMW Z4 #0, encerraram a segunda sessão com o terceiro melhor tempo (1min37s804). Os companheiros e vice-líderes do campeonato Valdeno Brito e Átila Abreu completaram em 10º com o BMW Z4 #77 (1min38s204). O melhor tempo do dia ficou com os líderes Robin Frijns e Laurens Vanthoor, que cravaram a volta mais rápida em 1min37s501 no traçado de 3.955 metros.

Neste sábado (4), a partir das 3 horas (de Brasília), acontece a tomada de tempos para a Corrida Classificatória, que terá sua largada às 7 horas. A Corrida Principal será disputada às 10 horas. O SporTV vai exibir VT das provas no domingo (5), às 9 e 10 horas (de Brasília).

No primeiro treino do dia, Cacá e Jimenez já haviam terminado entre os Top-10, com o sétimo posto. Abreu e Brito ficaram em 13º. Foi a primeira vez que os pilotos brasileiros andaram no traçado de Moscou.

BMW TEAM BRASIL DURANTE O TREINO DE SEXTA NA RUSSIA FOTO TONI HERMANN
BMW TEAM BRASIL DURANTE O TREINO DE SEXTA NA RUSSIA
FOTO TONI HERMANN

Apesar do bom resultado nesta sexta, Jimenez acredita que não terão vida fácil neste sábado e que a disputa vai ser “dura”. “A pista é bem travada. O carro começou bem e mexemos pouco. Escolhemos colocar um pneu zero nessa pista desconhecida, para ver a reação do carro e acho que foi a decisão acertada, pois o carro mostrou alguns pontos que precisamos corrigir para amanhã. Entre os seis primeiros, temos quatro Audi, uma Lamborghini e nós. Então, a briga vai ser dura”, declarou o piloto de Piedade, no interior de São Paulo. Ao lado de Bueno, ele ocupa a sexta posição na temporada.

Para o pentacampeão da Stock Car, o começo foi animador. “A pista é bem bacana, mas é mais travada e mais lenta do que eu imaginava. Mas por não ter tantas retas não deixa de ser bom pra gente. Fomos bem hoje, mas não dá para saber quantos passaram pneus novos no total. Talvez seja mais difícil amanhã, mas vamos acreditar. Temos potencial para andar bem e condições de brigar. O equilíbrio do carro está muito bom”, destacou Bueno.

Já Valdeno, que tem três pódios na temporada do Sprint Series com o companheiro Átila Abreu, afirmou que ainda não encontraram o melhor acerto para o BMW Z4 #77. “Dia de testes, mas não achamos o acerto ideal ainda. O carro 0 foi bem e vamos tentar seguir o caminho deles para amanhã”, explicou o piloto paraibano.

Para Abreu, o carro tem potencial para brigar para largar entre os cinco primeiros amanhã. “O treino foi produtivo. Não conhecíamos a pista e tivemos de nos adaptar, colher informações e fazer alguns testes, principalmente no primeiro treino. No segundo treino, eu ainda não estava muito feliz com o acerto do carro, dá pra melhorar um pouco. No final, passamos pneus novos, mas a volta não foi tão boa assim. Acho que o carro tem um potencial de melhorar mais e vamos fazer umas modificações para a tomada e espero que a gente possa estar competitivo para largar entre os cinco primeiros”, completou o piloto de Sorocaba (SP).

Confira o resultado do segundo treino livre em Moscou:
1 Robin Frijns, Laurens Vanthoor (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra) 1min37s501
2 Enzo Ide, Christopher Mies (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra) 1min37s580
3 Caca Bueno, Sergio Jimenez (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4) 1min37s804
4 Albert von Thurn und Taxis, Nick Catsburg (Reiter Engineering Lamborghini Gallardo LP 560-4 R-EX) 1min37s966
5 James Nash, Frank Stippler (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra) 1min38s047
6 Max van Splunteren, Jules Szymkowiak (Bentley Team HTP Bentley Continental GT3) 1min38s109 *
7 Niki Mayr-Melnhof, Markus Winkelhock (Phoenix Racing Audi R8 LMS Ultra) 1min38s113
8 Marco Bonanomi, Filip Salaquarda (ISR Audi R8 LMS Ultra) 1min38s123
9 Vincent Abril, Maximilian Buhk (Bentley Team HTP Bentley Continental GT3) 1min38s157
10 Valdeno Brito, Atila Abreu (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4) 1min38s204
11 Rob Bell, Kevin Estre (Attempto Racing McLaren 650 S GT3) 1min38s337
12 Marco Seefried, Norbert Siedler (Rinaldi Racing Ferrari 458 Italia) 1min38s380
13 Sean Walkinshaw, Craig Dolby (MRS GT Racing Nissan GT-R Nismo GT3) 1min38s416
14 Stephane Richelmi, Stephane Ortelli (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS Ultra) 1min38s437
15 Alexey Vasilyev, Marco Asmer (GT Russian Team Mercedes SLS AMG GT3) 1min38s557 **
16 Ivan Samarin, Sergej Chukanov (Attempto Racing Porsche 997 GT3 R) 1min38s689
17 Mark Shulzhitskiy, Nick Hammann (Nissan GT Academy Team RJN Nissan GT-R Nismo GT3) 1min39s026 **
18 Alexey Karachev, Christophe Bouchut (GT Russian Team Mercedes SLS AMG GT3) 1min39s865 **
* Silver Cup
** PRO-AM

Classificação do Campeonato Sprint Series (Top-10, após três etapas):
1) Robin Frijns/ Laurens Vanthoor (Belgian Audi Club Team WRT, Audi R8LMS Ultra), 68
2) Átila Abreu/Valdeno Brito Filho (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4), 41
3) Stephane Richelmi/ Stephane Ortelli (Belgian Audi Club Team WRT, Audi R8), 34
Vincent Abril/Maximilian Buhk (Bentley Team HTP, Bentley Continental GT3), 34
5) Maxime Martin/ Dirk Müller (BMW Sports Trophy Team Brasil, BMW Z4), 31
6) Sérgio Jimenez/Cacá Bueno (BMW Sports Trophy Team Brasil BMW Z4), 27
7) Niki Mayr-Melnhof/ Markus Winkelhock (Phoenix Racing, Audi R8 LMS Ultra), 22
8) Christopher Mies/Enzo Ide (Belgian Audi Club Team WRT, Audi R8 LMS Ultra), 19
Marco Seefried/Norbert Siedler (Rinaldi Racing, Ferrari 458 Italia), 19
10) Kevin Estre/Rob Bell (Attempto Racing, McLaren 650 S GT3), 17

Programação da 4ª etapa do Sprint Series em Moscou (horário de Brasília):

Sábado, 4:
Classificação: das 3h às 3h55
Corrida Classificatória: das 7h às 8h
Corrida Principal: das 10h às 11h

Mercedes-Benz Challenge: gaúchos ganham tudo em Santa Cruz do Sul

Mesmo com a conhecida hegemonia dos pilotos gaúchos no circuito de Santa Cruz do Sul, nada fazia prever tamanho domínio: os três degraus do pódio da categoria CLA AMG Cup, a principal do Mercedes-Benz Challenge, neste domingo (28), foram ocupados por pilotos do Rio Grande do Sul. E foi uma prova realmente emocionante: o vencedor, Pierre Ventura, assumiu a dianteira do pole position Fernando Júnior na última volta da corrida.

Grande nome do evento até então, Fernando também foi ultrapassado nos momentos finais pelo porto-alegrense Roger Sandoval, que chegou em segundo. Quarto colocado, o cearense Adriano Rabelo cruzou a linha de chegada a apenas 0s036 do rival, que sofreu com o desgaste excessivo dos pneus de seu carro. Com este resultado, Rabelo – o melhor piloto de fora do Rio Grande do Sul nesta corrida – permanece na liderança do torneio.

“Tivemos um desgaste muito grande nos pneus. Isso me surpreendeu, porque ainda não tinha acontecido nada parecido com a gente. Pensei que a vitória viria novamente hoje, mas infelizmente não deu. O pódio, de certa forma, serviu de consolo”, declarou o gaúcho Fernando Júnior, que vencera a etapa anterior, em Curitiba.

Pierre Ventura conquistou no Rio Grande do Sul sua primeira vitória no Mercedes-Benz Challenge – em Goiânia, na primeira corrida do ano, ele havia cruzado a linha de chegada na segunda posição. “Não tínhamos um carro rápido como o do Fernando Jr., mas tínhamos um acerto direcionado para a preservação dos pneus. Foi por isso que, quando restavam oito voltas para o final, comecei a me aproximar muito rapidamente. De certa forma, eu estava acomodado no segundo lugar porque estava uma reta atrás. Quando surgiu a oportunidade, no entanto, procurei aproveitar. Percebi que o Fernando contornava a Curva 1 e o ‘Esse’ de forma mais lenta por causa do desgaste de pneus, por isso este passou a ser o ponto certo para tentar a ultrapassagem”, explicou o vencedor.

Voo solo começa a render frutos – Parceiro de Fernando Jr. no ano passado, Roger Sandoval passou a correr sozinho no CLA 45 AMG #20 neste ano. E, após apenas quatro rodadas, conquistou seu primeiro bom resultado. Depois de três pódios dividindo o volante com o parceiro gaúcho, ele chegou pela primeira vez entre os três primeiros em voo solo. Largando em 12o, Sandoval ganhou a segunda posição quando restavam apenas duas curvas para a bandeirada final.

“Estou tendo uma certa dificuldade nas tomadas de tempo, não estamos encontrando um bom acerto do carro para pneus novos, mas o nosso ritmo de corrida está compensando esta deficiência. E aqui em Santa Cruz foi mais ou menos isso o que aconteceu. A poucos metros do final, encontrei uma brecha e enxerguei que seria a minha oportunidade”,

Pole venceu na C 250 – Na categoria C 250 Cup, outro triunfo dos pilotos locais: o caxiense Luiz Sena Júnior cruzou a linha de chegada em primeiro, depois de assumir o posto de pilotagem antes ocupado por seu parceiro, Cleiton Campos (BA). O capixaba Betinho Sartório chegou em terceiro e manteve a liderança do torneio.

Em razão da entrada do safety car no início da prova (motivada pelo acidente entre Marcelo Hahn e Luiz Ribeiro), Campos não conseguiu passar o bastão a seu parceiro com significativa vantagem para o segundo colocado. Os três primeiros na C 250 Cup se mantiveram bem próximos até as paradas de box, apesar de esse pelotão ter conseguido abrir um pouco dos demais competidores. No pit stop, a equipe WCR trabalhou bem e devolveu Sena na pista ainda na primeira posição.

“Correr em casa é uma emoção diferente, porque recebemos a visita de muitos amigos, da família e, também, dos nossos patrocinadores. Por isso precisei segurar a ansiedade ao assumir o carro. A parada obrigatória é o momento de buscar concentração. Quando fui para a pista, consegui abrir vantagem e isso me permitiu administrar melhor o desgaste de pneus no final. Além desta vitória me trazer uma alegria muito grande, ela foi ótima para o campeonato. Conquistar o título é nosso foco neste ano”, declarou Sena.

Início tumultuado – A prova valeu pela quarta etapa da temporada 2015. Com sol pleno, mas clima ameno, os 30 carros iniciaram a corrida no estilo largada lançada – com os veículos já em movimento. O pole Fernando Júnior defendeu bem a liderança e se manteve frente, mas o pelotão dianteiro logo sofreria duas baixas: na terceira volta, o gaúcho Luiz Ribeiro tentou ultrapassar o paulista Marcelo Hahn em um trecho sinuoso de alta velocidade. Ribeiro optou por assumir a trajetória interna e os dois modelos CLA AMG 45 Racing “se engataram”, percorrendo vários metros juntos até se chocarem fortemente em uma barreira de pneus.

Com o impacto, o CLA de Hahn foi lançado ao ar e quase completou um giro de 360 graus antes de voltar ao solo. Apesar do susto e da violência do acidente, os dois pilotos saíram ilesos. Minutos depois a direção de prova excluiu o gaúcho Luiz Ribeiro da disputa – medida meramente administrativa, já que seu carro estava sem condições de voltar à corrida. A prova seguiu sob regime de bandeira amarela (ultrapassagens proibidas e ritmo ditado pelo safety car) por seis voltas, até ser reiniciada na nona passagem.

A melhor volta na corrida foi registrada por Fernando Júnior, em 1min29s505, com média de 141,98 km/h. O resultado da CL AMG Cup deixa Adriano Rabelo na liderança, com 68 pontos. Logo atrás vem Fernando Júnior, que passou a somar 60 pontos. O terceiro colocado é o catarinense Cristian Mohr, que soma 47 pontos.

Terceira vitória gaúcha – O domingo em Santa Cruz do Sul terminou com mais um gaúcho no alto do pódio. Carlos Kray, líder do campeonato pela categoria Master, confirmou a boa fase e repetiu, em casa, seu melhor resultado. “Hoje também foi o dia da minha equipe, a CKR Racing, já que vencemos na geral e, também, na categoria Master. Depois do forte acidente do Pierre (Ventura) em Ribeirão Preto, o time trabalhou duro para reconstruir o carro e está de parabéns. Foram 30, 40 dias de muito trabalho, e temos hoje dois carros muito rápidos na pista. Foi um bom final de semana e conquistar um resultado como este em casa é melhor ainda”,

Diferentes vencedores – Até agora, a categoria C 250 Cup teve vencedores diferentes nas quatro etapas disputadas. Em Santa Cruz, a dupla Luiz Sena Júnior e Cleiton Campos manteve a frente durante toda a corrida. A segunda posição foi conquistada pelo catarinense Max Mohr, seguido por Betinho Sartório. Com o resultado, Sartório passou a somar 63 pontos na liderança e, agora, tem a dupla Sena Júnior/Campos em seu encalço, apenas seis pontos atrás. O terceiro lugar na tabela é dos ex-líderes Marcos Paoili/Peter Gottschalk, dupla de São Paulo que soma 54 pontos.

A próxima etapa do Chevrolet Challenge será disputada no dia 16 de agosto, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO). Mais informações sobre a competição estão disponíveis em www.mbchallenge.com.br.

Resultado da 4ª etapa do Chevrolet Challenge, em Santa Cruz do Sul:
1 – Pierre Ventura (categoria CLA, equipe CKR Racing), 26 voltas em 47min29s047
2 – Roger Sandoval (CLA, Mottin Racing), 47min30s577
3 – Fernando Júnior (CLA, WCR), 47min31s340
4 – Adriano Rabelo (CLA, Cordova Motorsports), 47min31s376
5 – Christian Mohr (CLA, RSports Racing), 47min36s832
6 – Cesare Marucci (CLA, Cordova Motorsports), 47min39s045
7 – Carlos Kray (CLA, CKR Racing), 47min40s696
8 – Betão Fonseca (CLA, Center Bus Sambaiba Racing), 47min51s343
9 – Arnaldo Dinin Filho (CLA, Comark Racing), 47min53s253
10 – Otávio Mesquita (CLA, VB Motorsport), 47min56s790
11 – Vitor/Felipe Amorim. (CLA, Fiolux RSports Racing), 47min58s300
12 – Cesar Fonseca (CLA, Center Bus Sambaiba Racing), 48min22s218
13 – Fernando Poeta (CLA, Mottin Racing), 48min27s170
14 – Sena Junior/Cleiton Campos (C 250 Cup, WCR), 48min38s800
15 – Paulo Totaro (CLA, Scuderia 111), 48min48s537
16 – Max Mohr (C 250, RSports Racing), 47min29s620
17 – Betinho Sartório (C 250, Paioli Racing), 47min35s192
18 – Christian Germano (C 250, Center Bus Sambaíba Racing), 47min35s235
19 – Márcio Basso/Bruno Mesquita (C 250, Center Bus Sambaíba Racing), 47min43s912
20 – Marcos Paioli/Peter Gottschalk (C 250, Paioli Racing), 47min44s997
21 – Flavio Andrade (C 250, Hot Car Competições), 47min50s195
22 – Beto Rossi/Roger Simão (C 250, Divena Racing/RSports Racing), 47min50s591
23 – Peter Gottschalk (C 250, Paioli Racing), 45min46s777
24 – Edson Ferreira (C 250, RSports Racing), 48min41s307
25 – Peter Ferter (CLA, LT Team), 39min32s827
26 – Fernando Fortes (CLA, Mottin Racing), 32min06s810
27 – Marcelo Hahn (CLA, Blau Motorsport), 3min03s173
28 – Luis/Paulo Varassin (CLA, Hitech Racing), não completou
29 – Danilo Pinto (CLA, Scuderia 111), não completou
30 – Luiz Carlos Ribeiro (CLA, Mottin Racing), 3min03s326

Classificação do torneio após quatro etapas:
CLA 45 AMG CUP
1 – Adriano Rabelo, 68 pontos
2 – Fernando Júnior, 60
3 – Cristian Mohr, 47
4 – Pierre Ventura, 44
5 – Arnaldo Diniz Filho, 39
6 – Cesare Marrucci, 30
7 – Cesar Fonseca, 27
8 – Neto De Nigri, 26
9 – Carlos Kray, 25
10 – Peter Ferter, 25
11 – Roger Sandoval, 22
12 – Victor Amorim/Fernando Amorim, 18
13 – Luiz Carlos Ribeiro e Fernando Poeta, 17
15 – Marcelo Hahn e Guilherme Daudt, 13
17 – Rodnei Felício e Danilo Pinto, 9
19 – Betão Fonseca, 8
20 – Otávio Mesquita, 7
21 – Fernando Fortes, 4
22 – Paulo Totaro, 3
23 – Lorenzo Varassin/Paulo Varassin, 3 pontos

C 250 CUP
1 – Betinho Sartório, 63 pontos
2 – Luiz Sena Júnior/Cleiton Campos, 57
3 – Marcos Paioli/Peter Gottschalk e Márcio Basso, 54
5 – Peter Michel Gottschalk, 42
6 – Christian Germano, 39
7 – Max Mohr, 30
8 – Flavio Andrade, 29
9 – Beto Rossi e Edson Ferreira, 28
11 – Claudio Simão, 18
12 – Theo De Nigris/Thiago De Nigris, 16
13 – Bruno Mesquita, 11
14 – Roberto Santos, 9
15 – Maurício Lund, 8

A Aliança Renault-Nissan vende 250.000 veículos elétricos

A Aliança Renault-Nissan, líder mundial em emissão zero mobilidade elétrica *, vendeu seu veículo elétrico 250000. É um branco Renault ZOE, comprado por um engenheiro francês.

A Aliança alcançou este marco no início de junho, quatro anos e meio após o lançamento do Nissan LEAF, o primeiro veículo de emissões zero destinada ao público em geral. Atualmente, a Aliança representa metade das vendas de veículos elétricos em todo o mundo. Nissan LEAF veículo elétrico continua a ser o mais vendido de todos os tempos, com mais de 180.000 unidades vendidas.

Entre janeiro e maio a Aliança vendeu cerca de 31.600 veículos elétricos, o que representa um aumento de quase 15% em relação ao mesmo período do ano passado.

“A demanda por nossos veículos elétricos está crescendo graças aos incentivos do governo ea expansão da infra-estrutura de carregamento”, disse Carlos Ghosn, CEO da Renault-Nissan Alliance. “A aceitação entre os nossos clientes exigem também faz crescer. Estes veículos desfrutar de um dos mais altos índices de satisfação dos clientes em todo o mundo. ”

Comprador francês Bordeaux recebe o número de veículos elétricos 250.000

O proprietário da unidade 250.000 é Yves Nivelle, engenheiro de computação francês que mudou seu veículo diesel para Renault ZOE. Nivelle adquiriu seu veículo elétrico após o governo francês ter introduzido em abril o auxílio à compra de considerações ambientais, através da qual os cidadãos podem dar o seu veículo mais velho diesel e obter um desconto de até 10.000 euros para a compra de um veículo novo elétrico.

“O governo bônus ambiental foi muito importante na minha decisão de comprar um veículo elétrico”, observou Nivelle. “Embora eu tenho que admitir, que me convenceu a partir da primeira vez que eu dirigi o carro. É um prazer de conduzir e me faz sentir bem, é a minha contribuição para a conservação do meio ambiente. ”

 

Nova BMW X5 XDRIVE40E

Graças à tração nas quatro rodas permanente e tecnologia EfficientDynamics BMW eDrive, o BMW X5 xDrive40e é notável por sua esportividade fascinante, grande porte e capacidade de manobra, bem como pela sua extraordinária eficiência. Considerando o poder do conjunto completo de 230 kW do motor a gasolina / 313 hp de quatro cilindros com tecnologia BMW TwinPower Turbo e motor elétrico síncrono, o consumo combinado do BMW X5 xDrive40e é apenas 3,4 ou 3,3 litros de gasolina e 15,4 ou 14,3 kWh de eletricidade a cada100 quilômetros, de acordo com testes de consumo combinado. O valor das emissões de CO2 é 78-77 gramas por quilómetro (ciclo de ensaios valores da UE de plug-in de veículos híbridos eléctricos; variação dependendo do tamanho do pneu).

Aproveitando a tecnologia BMW eDrive, projetada para uma mobilidade particularmente eficiente e, se possível, puramente eléctrico, localmente livre de emissões, permite um Sports Activity Vehicle que além de notável por sua grande desenvoltura, é conhecido por seu personagem inovador. Os benefícios BMW X5 xDrive40e da transferência de conhecimentos e tecnologias que foram obtidas pela primeira vez na BMW i modelos. O BMW i8 é o modelo precursor de uma forma sustentável de prazer de condução ao volante de um carro elétrico híbrido plug-in, que é agora também possível dirigir um modelo BMW, a marca que representa o núcleo do grupo.

A bateria recarregável de lítio-íon várias maneiras, versatilidade adequada de um Sports Activity Vehicle e ambiente exclusivo.

A energia consumida pelos oito velocidades caixa Steptronic motor elétrico incorporado vem de uma bateria de iões de lítio, que, por sua vez, alimenta a corrente a uma bateria de baixa tensão através de um conversor de voltagem na rede on-board de 12 volts xDrive40e BMW X5. Para recarregá-la, você pode se conectar a qualquer tomada convencional, mas também a BMW i Caixa de embutir ou estações de carregamento públicas. A bateria de alta tensão é montada sob o piso da bagageira, onde ocupa um mínimo de espaço e, por sua vez, é protegido em caso de um acidente. Considerando-se o seu volume de carga, que pode variar entre 500 e 1720 litros, o dobrando de três segmentos do banco e equipamento interior luxo traseira, o BMW X5 também oferece variabilidade xDrive40e e ambiente exclusivo que distingue grande marca Veículo de Atividade Desportivo.

Sistema de controlo inteligente e chave drivetrain eDrive para desfrutar de condução intensamente híbrido e localmente livre de emissões.

As experiências que são experientes no volante são determinados pelo veículo versatilidade e desenvoltura. O controle inteligente do sistema de resultados híbridos em uma eficiência coordenada e otimizada do motor a gasolina e motor elétrico que funciona em todos os tempos previstos de acordo com as exigências do condutor. Com a chave edrive, localizado na consola central, o condutor pode afectar o modo de funcionamento do sistema híbrido. Sendo modo básico ativo AUTO eDrive , o motor de combustão tem um motor auxiliar claramente perceptível em fases de aceleração, tanto no arranque e já quando o carro está em movimento. O motor elétrico proporciona um binário de 250 Nm, imediatamente, de modo que o fornecimento de energia é muito espontânea. O BMW X5 xDrive40e para o relógio em 6,8 segundos para acelerar de 0-100 km / h.

Mas como alternativa, o motorista também pode escolher o modo eDrive MAX , e, assim, conduzir, por exemplo, na cidade apenas o motor elétrico, o que significa que a condução seria, então, livre de localmente emissões nocivas. Se a bateria de alta tensão está totalmente carregada, o modo de condução puramente elétrica, o intervalo é de até 31 km.Ao mesmo tempo, a velocidade de ponta está limitada, neste caso, a 120 km / h. Além disso, pressionando uma tecla, você pode selecionar o modo de economizar bateria .Com este modo ativo, a alta tensão nível de carga da bateria é mantida. Se o nível de carga da bateria estiver baixa, a função de recuperação de energia é ativada para aumentar o nível novamente. Assim, a energia eléctrica pode então ser utilizada para accionar apenas o motor eléctrico.

Independentemente do modo escolhido com chave eDrive, a potência dos dois motores é aplicado de forma permanente às quatro rodas, graças ao sistema de tracção integral inteligente xDrive BMW. Em qualquer um dos modos acima, você pode ser ativados explicou o COMFORT set, SPORT e ECO PRO, pressionando a função Driving Experience controle.

Produtos e serviços da BMW ConnectedDrive e BMW 360 ° ELECTRIC específica para modelos com sistema híbrido .

Todos os sistemas de apoio ao condutor do BMW X5, e são incluídos como padrão ou são opcionais, e todos os serviços de mobilidade do BMW ConnectedDrive também obter aumentar o prazer de condução ao volante do sistema de propulsão alternativa eDrive.Uma peculiaridade especial do BMW X5 xDrive40e é que é possível usar um sistema degerenciamento inteligente de energia em conjunto com o sistema de navegação Professional caracterizado como padrão. Com papel ativo na condução do itinerário, o sistema de controle da hélice recebe conjunto de dados correspondente ao layout das condições da estrada e do trânsito em tempo real. Assim, se médias ou longas distâncias são conduzidos, o sistema de recuperação de energia na travagem e uma utilização específica e eficiente do acumulador de energia permitem que parte de chumbo de alta tensão e somente com o motor elétrico em seções urbanas.

Com o lançamento do BMW App remoto para modelos híbridos específicos, o condutor pode controlar o seu telefone celular status de sua bateria de alta tensão de carregamento, verifique a posição das estações de carregamento públicas e também pode obter informações sobre o grau eficiência do BMW X5 xDrive40e. Além disso, você pode habilitar o aquecimento à distância parado ou ar condicionado.

Para recarregar particularmente confortável e de maneira rápida a bateria de alta tensão com o carro estacionado em casa, o sistema fornece 360 ° ELECTRIC fazê-lo usando umBMW i Wallbox Pure ou BMW i Wallbox Pro , com serviço de instalação incluído. Além disso, também são oferecidos serviços de assistência específica, dependendo do modelo.O serviço ChargeNow permite recarregar a bateria em uma das muitas estações de rede oferecidos por uma empresa que colabora com a BMW, e pagar com o cartão ChargeNow.Com o serviço de mobilidade ParkNOW de Longo Prazo é mais fácil encontrar lugares de estacionamento, e também é possível alugar um lugar em que uma estação de carregamento também pode ser usado.

Equipamento de série extenso e inúmeras opções.

O equipamento de série do BMW X5, já muito completo, é prorrogado no caso de plug-in modelo híbrido elétrico usando o sistema de navegação Professional e um sistema estacionário para aquecimento e arrefecimento. Este sistema estacionário funciona com energia elétrica a partir da bateria de alta tensão ou de carga durante a operação enquanto o carro está ligado à rede eléctrica. O BMW X5 também vem xDrive40e padrão a adaptação conjunto chassi do sistema Comfort, que, por sua vez, inclui uma suspensão pneumática para o eixo traseiro eo sistema de controle amortecedor dinâmico. Além disso, o novo modelo híbrido elétrico ficha pode ser equipado com quase todo o equipamento opcional também está disponível para o BMW X5. O que isto significa para o BMW X5 também está disponível linha xDrive40e Pure Excellence interior e acabamento exterior, bem como a M Sports Package, para além da oferta específica de BMW Individual.

Black Edition do Porsche Boxster e do 911 Carrera

A Porsche criou uma série especial do 911 Carrera e do Boxster: a Black Edition. A combinação de pintura externa na cor preta com o interior em preto enfatiza a elegância clássica e atemporal do carro esportivo. O equipamento de fábrica das versões Black Edition do 911 Carrera e do Boxster incluem o sistema de gestão de comunicação Porsche (Porsche Communication Management, PCM) com módulo de navegação, espelhos retrovisores com redução automática da intensidade da luz, sensor de chuva, piloto automático e volante Sport Design.

O 911 Carrera Black Edition se baseia no modelo básico com motor boxer de 3,4 litros, que desenvolve potência máxima de 350 cv (257 kW). Ele é oferecido nas versões cupê e conversível, com tração nas duas ou nas quatro rodas. A edição especial conta com rodas 911 Turbo de 20 polegadas e faróis de LED que incluem o sistema de iluminação dinâmica Plus da Porsche (Porsche Dynamic Light System Plus, PDLS+). O visual do interior na cor preta é altamente sofisticado. Tanto o motorista como o passageiro se sentam em bancos esportivos com aquecimento e o sistema de som Bose® Surround que vem de fábrica proporciona uma excelente qualidade de som. Além disso, dirigir a edição especial do 911 é muito facilitada pelo módulo telefônico e o assistente para estacionar Park Assist na dianteira e na traseira, que inclui câmera de ré.

O Boxster Black Edition é certamente tão atraente quanto ele. O roadster com motor central é acionado por um motor boxer de 2,7 litros com 265 cv (195 kW) de potência. O conceito de cor continua a ser seguido na capota e na barra de proteção contra rolagem, ambos pintados na cor preta. O defletor de vento ajuda a evitar turbulência não desejada quando a capota está abaixada. As rodas Carrera Classic de vinte polegadas e os faróis de bi-xenon com o sistema de iluminação dinâmica da Porsche (Porsche Dynamic Light System, PDLS) são os pontons em destaque. Tanto o motorista como o passageiro pode desfrutar de um nível mais elevado de conforto pessoal com o ar condicionado com duas zonas e os bancos com aquecimento. O sistema de som do Boxster Black Edition é oferecido pelo pacote Sound Package Plus de alta qualidade.

No Brasil, a série Black Edition será representada a princípio pelo 911, com chegada prevista para o segundo semestre.

Infiniti molda o futuro em Goodwood

Estúdio de design da Infiniti está se mudando temporariamente para Sussex para participar neste ano no Goodwood Festival of Speed ​​(26-29 junho), oferecendo aos visitantes deste evento super popular, uma visão exclusiva de seu futuro “line-up”.

Os dois modelos mais recentes na linha de concepts Infiniti que nunca foram vistos no Reino Unido antes, sendo que todos eles são carros de pré-visualização já confirmados para entrar em produção – terão o centro do palco no stand Infiniti.

Será a primeira vez que o trio de conceitos premiados estão sendo apresentados em conjunto, fornecendo uma visualização única de novos modelos chave no intervalo Infiniti em rápida expansão e uma olhada de perto na nova direção de design da marca. Apropriadamente a exibição é intitulada: ‘Infiniti molda o futuro “.

“O design é o cerne de tudo na Infiniti e faz de nossos modelos de conceito tão famosos por sua ousadia e apelo sedutor”, disse François Goupil De Bouille VP para EMEA. A oportunidade de mostrar nossos três mais novos conceitos todos juntos pela primeira vez para um público tão influente é uma oportunidade que não podemos perder. ”

Q60 Concept visualiza um cupê elegante novo esportivo 2 + 2. A inspiração do Q80, que está sendo mostrado em Goodwood em uma versão especial de exibição do conceito, mostra linguagem de design futuro da Infiniti na forma de um super-luxo de quatro portas fastback. E o Conceito QX30 oferece uma antecipação de como sua versão de produçãoserá quando ele sair da planta de produção de Sunderland no próximo ano. O conceito, um novo crossover ativo com o apelo elegante de um cupê, é projetado para uma nova geração de clientes premium individualistas. Ele foi altamente aclamado em sua estréia no Geneva Motor Show deste ano e estará fazendo sua estréia no Reino Unido em Goodwood.

O crossover ativo QX30 será lançado em breve após a primeira entrada da Infiniti no segmento compacto, o compacto ativo Q30, que também será construído na fábrica de Sunderland e irá à venda na Europa no final deste ano.

Nissan GT-R 45th Gold Edition 2016. Fotos de divulgação.

Novo Nissan GT-R 2016

O 45º Aniversário do Gold Edition, construído fora do modelo GT-R premium, comemora longa herança de classe mundial de alto desempenho do GT-R. Com uma cor especial, a pintura do ouro, o modelo de edição limitada também inclui uma placa especial em ouro localizado no compartimento do motor e uma placa comemorativa especial no console central interior. A própria cor da pintura é a mesma “Silica Latão” cor que marcou o Skyline GT-R M-Spec 2001 (R34 Type). Menos de 30 desses GT-Rs especiais estão programados para o mercado dos Estados Unidos.

O GT-R Premium e o GT-R Black Edition estão agora avaliados em 550 cavalos de potência, o resultado de ajustes adicionais de motores 3.8 litros biturbo da V6 e no avançado VR38DETT. A potência para o exclusivo GT-R NISMO permanece inalterado em 600 cavalos de potência. Junto com os 50 cavalos de potência adicional e 18 lb-ft de torque adicional, o GT-R NISMO com recursos avançados e características aerodinâmicas, reforço no corpo e manipulação ultra-precisas (versões os modelos Premium e Black Edition).

Nova rodas 20″ forjadas em ligas alumínio RAYS® no GT-R Premium em preto, terminam em substituir o projeto de 10 raios do anterior. As rodas são montadas com sticky “nitrogen-filled”Dunlop® Sport Maxx GT 600 DSST CTT, pneus run-flat de alto desempenho, no tamanho 255 / 40ZRF20 frente e 285 / 35ZRF20 traseiro.

Preços sugeridos pelo fabricante varejo (MSRP) para o 2016 Nissan GT-R:

GT-R premium 101.770 $ USD – em torno de R$ 330 mil
GT-R Black Edition 111510 dólares USD – em torno de R$ 361 mil
GT-R NISMO $ 149.990 USD –  em torno de R$ 486 mil

Nota do editor:

Os valores em reais não estão com os impostos e taxas de importação para o Brasil, sendo que o modelo GT-R premium 2014 é vendido hoje em torno de R$ 430 mil.

Porsche entrega mais de 20.000 novos carros a clientes de todo o mundo em maio

A Porsche AG aumentou suas entregas em maio de 2015 em cerca de 25% em comparação ao mesmo mês do ano passado. Em todo o mundo, o fabricante de carros esporte entregou mais de 20.500 novos carros a clientes. A Porsche venceu cerca de 93.000 veículos (aumento de 30,3%) neste ano.“Novamente excedemos nossas metas em maio”, afirma Bernard Maier, integrante do Comitê Executivo de Vendas e Marketing da Dr. Ing. h.c. F. Porsche AG. “Em particular, estivemos aptos a aumentar significatiamente as vendas no mercado chinês e na Europa.”Em maio deste ano, a Porsche apresentou um aumento de 70% na China em relação a maio do ano passado: exatamente 5.391 veículos foram entregues a clientes. Na Europa, o fabricante de carros esportivos com sede em Stuttgart alcançou um crescimento de cerca de 20%, com mais de 7.000 novos veículos entregues. O mercado doméstico da Alemanha contribuiu com a sua parte para o sucesso: um total de 2.721 clientes se alegraram com a entrega de seu novo carro esportivo (aumento de 20,3%).Por tradição, os Estados Unidos é e continua a ser o maior mercado para o 911. Lá, cerca de 900 carros esporte icônicos foram entregues a clientes em maio deste ano. Em todo o mundo, a companhia de Stuttgart entregou pouco menos de 3.000 carros esportivos com motor traseiro. Os números de vendas para o Cayman também foram capazes de crescer em comparação com o mesmo mês do ano passado: cerca de 10% das unidades do cupê esportivo com motor central foram da versão especialmente esportiva Cayman GT4 .

PORSCHE AG
Entregas
Maio Janeiro a maio
2015 2014 Variação (%) 2015 2014 Variação (%)
Mundo 20,582 16,518 24,6 93.153 71,478 30,3
Europa 7.040 5,885 19,6 31.809 23,703 34,2
Alemanha 2,721 2.262 20,3 12,562 9,802 28,2
Americas 5.290 5,421 -2,4 24,818 21,802 13,8
EUA 4,268 4609 -7,4 20,915 18,817 11,1
Ásia-Pacífico, África e
Oriente Médio
8,251 5,212 58,3 36,525 25,973 40,6
China 5391 3.164 70,4 23,673 16,465 43,8

 

Fiat mostra os novos Fiorino e Uno furgão

O veículo que revolucionou o segmento de comerciais e elevou o conceito de qualidade e versatilidade em seu segmento, o Novo Fiorino, chega agora ao mercado com a sua linha 2016, mantendo a tradição de ter o melhor custo-benefício em relação aos seus concorrentes.

O Novo Fiorino 1.4 Flex oferece muito conforto, economia, design arrojado, além de oferecer o melhor preço da categoria. Características que o tornaram um grande sucesso de vendas da Fiat, o modelo emplacou 23.837 unidades em 2014, o que representa 90% a mais em relação ao ano de 2013.

Também acaba de chegar ao mercado a linha 2016 do Uno Furgão. O veículo desenvolvido exclusivamente para o trabalho possui lugares para dois ocupantes, conta com amplo porta-malas adaptado para carga, com capacidade de carga de 400kg ou 1.000l.

Para maior comodidade, o Uno Furgão 2016 também oferece iluminação no compartimento de carga, vidros laterais traseiros escurecidos, além de revestimento do assoalho em plástico reforçado com fibra de vidro. O modelo traz ainda opcionais que deixam o dia-a- dia mais agradável e produtivo, como o ar condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas e rádio com USB.

Criados para os clientes que buscam robustez, durabilidade e economia, os dois veículos se destacam oferecendo uma excelente proposta de valor.
Confira os preços abaixo:
Novo Fiorino 1.4 Flex 2016 – R$ 46.580.
Uno Furgão 1.0 Flex 2016 – R$ 35.580.

Vale lembrar que Frotistas, Micro Empresas e Produtores Rurais possuem descontos especiais para estes e outros veículos da Gama Fiat.

 

Porsche Boxster S Black Edition 2011

O Porsche Boxster S Black Edition combina o apelo atemporal do clássico roadster aberto, com um motor potente e design arrojado. Apenas 987 estarão disponível em todo o mundo, cada um com acabamento em preto e com uma gama de particularidades que acentuam a dinâmica de condução e aparência muscular do carro esportivo de dois lugares.

Como é típico de um carro esportivo Porsche, no coração do Boxster S Black Edition, na frente do eixo traseiro atrás dos assentos, está o motor 3,4-litros de seis cilindros que é semelhante ao que equipa o Boxster S, com injeção direta de combustível de maior potência e eficiência. No Black Edition sua produção é de 320 cv – 10 cv a mais que no Boxster S. O motor revisado atinge sua potência nominal de 7.200 rpm, o Boxster S em 6.400 rpm. O pico de torque de 370 Nm – impulsionado por 10 metros de Newton – está disponível em 4.750 rpm.

Este aumento da produção e de poder é igual na dinâmica,  o Boxster S Black Edition sustenta sua posição de líder com uma performance superior. Com a transmissão manual de seis velocidades, acelera de 0 à 100 km/h em 5,2 segundos, um décimo de segundo mais rápido do que o Boxster S.

Como conseqüência do baixo centro de gravidade fornecido pelo motor de seis cilindros, o chassi do Boxster proporciona um impressionante nível de agilidade. Uma contribuição decisiva para o maior dinamismo de condução do Boxster S Black Edition é o design particularmente leve das rodas de liga leve de dez raios, previamente instalado no Boxster Spyder. Estes são equipados com pneus 235/35 ZR 19 no eixo dianteiro e 265/35 ZR 19 na traseira.

Quando equipado com sete velocidades "Doppelkupplungsgetriebe" caixa de velocidades de dupla embreagem (PDK), a dinâmica e eficiência são maiores. Isto reduz os tempos de aceleração de 0 á 100 km/h para 5.1 segundos, e em combinação com o pacote Sport Chrono Plus  este tempo pode ser reduzido ainda mais, para 4,9 segundos. Em comparação com a transmissão manual, a engrenagem de mudança inteligente de PDK, reduz o consumo de combustível de 30 mpg combinado (NEDC) e, mais significativamente, reduz as emissões de CO2 para 221 g / km.

O conceito de cor do Boxster S Black Edition é consistente em todos os detalhes. O modelo de pintado de preto na tampa do compartimento de bagagem identifica o Black Edition, tanto quanto o relevo de designação do modelo Black Edition no lado da capota de lona. As barras são pintadas de preto, junto com o fundo das grades de entrada de ar e o escapamento, de duplo sistema de escape.

O tema preto do exterior é uma constante no interior. O aço inoxidável está presente no "Black Edition" , na rotulação em preto. O "Volante Sport Design" de três raios tem um aro de couro preto. Os frisos do painel e da alavanca de câmbio ou seletor PDK são pintadas em preto. Os mostradores do painel de instrumentos são negros, assim como os assentos de couro com o emblema da Porsche em relevo nos encostos de cabeça. Um emblema na tampa do porta-luvas ainda identifica o Black Edition.

Conforto e praticidade também são reforçados para o Boxster S Black Edition como característica padrão, incluindo interior anti-encandeamento e espelhos exteriores com sensor de chuva integrado, controle de cruzeiro e um sistema de controle do clima. A Porsche Communication Management (PCM), inclui módulo de navegação por satélite. Além disso, a interface de áudio universal, oferece compatibilidade com MP3 player e Bluetooth e conexão com telefone móvel também são padrão. O Sound Package Plus cria uma experiência de áudio impressionante, e os faróis Bi-Xenon dinâmico, com luzes de LED nas curvas e luzes de circulação diurna, garantem a segurança nas estradas escuras.

Mediante pedido, o Boxster S Black Edition pode ser ainda mais individualizada com outras opções. Por exemplo, o Porsche Ceramic Composite Brake (PCCB) é uma opção, assim como o Porsche Active Suspension Management (PASM) e os bancos esportivos adaptativos com função de memória.

Fonte: Porsche press

Lançado o Renault Gordini Wind 2012

Após o Twingo Gordini R.S., Clio Gordini R.S. e Twingo Gordini, Wind é o próximo a receber o "Toque francês". Renault Gordini Conversível amplia a gama coupé-roadster com uma versão com os melhores equipamentos disponíveis em conversíveis. Este modelo exclusivo será apresentado no próximo Salão Automóvel de Genebra a partir de 1 de março de 2011.
O condutor de um verdadeiro roadster-coupé, poderá ostenta orgulhosamente as
Gordini cores. Calçado com rodas de 17 polegadas de liga Black Diamond, possui Malta carroçaria azul com duas listras brancas, Glacier branco espelhos retrovisores, asa traseira e acabamento da grade, e um preto brilhante telhado. Um crachá marcado com um "G", completa o visual Gordini.
O Gordini conversível também coloca ênfase especial no desig interior. A cabine tem características especiais "Gordini"
bancos em couro preto e azul, forro de porta azul e branco, detalhes de couro azul no volante com listras brancas na parte superior, e uma alavanca de velocidades também em couro e botão de metal com o nome Gordini.
• Mas, em primeiro lugar, o nome Gordini expressa um de espírito que viajou ao longo dos anos. Assim como os motoristas de Gordini da década de 1960 e 1970 piscavam seus faróis como um sinal de reconhecimento, quando eles se encontravam na estrada, a comunidade Gordini moderna encontra-se nas redes sociais. Em um movimento inovador da Renault, os primeiros a receber notícias do Gordini Conversível, foram osfãs no Facebook em 31 de janeiro. 

Fonte: Renault press

Novo Saab SportWagon 9-5 2012

Saab Automobile dá o passo seguinte na maior ofensiva de novos produtos em sua história, quando o tão aguardado 9-5 SportWagon será revelado no Salão Automóvel de Genebra.

Elegante e divertido de dirigir, a SportWagon acrescenta versatilidade aos atributos aclamados do modelo 9-5 e vai trazer uma opção distinta alternativa para o segmento.

O novo modelo traz vidros "envolvente", assinatura Saab, nas janelas. O resultado é um corpo imponente, com uma postura baixa e um apelo visual dinâmico que não parece nada com um carro de carga.

Funcionalidades de gestão inteligente de carga, inclui um assoalho flexível multi-fold, U-configuração do espaço de carga e de arrumação sob o piso, com um compartimento de armazenagem selado à prova de d'água. O bagageiro programável, também está disponível.

Com a versão a gasolina ou turbo-diesel assim, como o sedan 9-5, a Saab SportWagon inclui sistemas top de linha da indústria, como o XWD (sistema de traça nas quatro rodas) e funcionalidades avançadas como: Saab DriveSense, que é um controle de chassis adaptativo, controle de cruzeiro adaptativo (final de 2012), Bi-Xenon de iluminação SmartBeam adaptativo, keyless entrada e de partida, ar condicionado tri-zona e um Head-up Display, que projeta as informações no pára-brisa.

O SportWagon será entregue a partir de Setembro. Ele irá ampliar significativamente o apelo da nova gama 9-5, em um segmento onde a Saab, com a sua tradição para projetar veículos versáteis, tem desfrutado de volumes de vendas semelhantes aos sedãs.

Dinâmico e funcional

A plataforma de carga profunda é totalmente acarpetada e otimizada para o espaço e facilidade de uso. A divisão 60/40 nos bancos traseiros reclináveis, quase totalmente plana, pode ser configurada sem ter que reposicionar o encosto do assento ou remover os encostos de cabeça. Cuidadosa atenção foi dada ao nível de ruído na lataria traseira, com dispositivos que atenuam o ruído, vibração e ressonância de forma que os ocupantes desfrutam de um nível de refinamento interior semelhante ao do sedã.

Com os encostos baixos, a plataforma de carga fica com quase dois metros de comprimento (1.962 mm) e oferece uma capacidade de carga flexível de até 1.600 litros (527 litros, bancos traseiros para cima). As paredes laterais são totalmente plana e reta, criando um espaço limpo e aberto, sem qualquer hard-to-use  nos cantos ou intrusões dos arcos das rodas traseiras. Compartimentos nas paredes do lado, oferecem  espaços para acomodar pequenos itens e uma tomada de 12 volts também vem como padrão.

Para maior comodidade, o bagageiro está disponível com um controle elétrico de distância controlada. Ele pode ser totalmente aberto e fechado através de um botão rotativo na porta do motorista ou um botão no chaveiro do carro.

Para facilitar a carga, a porta traseira abre para baixo ao nível do pára-choques com um elevador de altura ao longo de apenas 648 milímetros. O piso da plataforma de carga também é liberado com a abertura traseira para facilitar o deslizamento de cargas pesadas no interior. Luzes laterais fornecem uma excelente iluminação do espaço de carga durante a noite.
 

Fonte: News press

Novo Audi A1 2011

O novo carro compacto da Audi, o modelo A1, é carro do segmento premium que vem motor TFSI e vem equipado com a tecnologia TFSI ®. A característica especial: ele combina as vantagens do FSI ® – Eficiência e dinâmica – com um turbocompressor, o que proporciona maior potência. O recém-desenvolvido motor 1,2 TFSI com 86 cv, dispõe de uma carcaça de alumínio fundido, com buchas que trabalham em cadeia, inovação na manutenção e diminuindo o nível de ruído. O grupo de pistões leves, geram pouco atrito, o óleo passa por dois circuitos de resfriamento para garantir maior eficiência. Com isso você irá controlar o consumo de combustível com um confortável média baixa de apenas 19 km/l e um binário máximo de 160 Nm a 1.500 min 1. O motor 1.4 TFSI desportivo produz 122 cv e é claramente desenhado para atingir alto desempenho e consumo de combustível favorável. Ele conduz o Audi A1, com um binário de 200 Nm a 1.500 min 1-203 km / h. Seu sistema de arrefecido da água está integrado no colector de admissão, o que reduz o volume do sistema de ar de sobrealimentação e traz para você mais dinâmica. Audi é o primeiro fabricante do S tronic com sistema Start Stop-Start-stop System para ajudar você a economizar combustível e as emissões CO2. Motor TDI O Audi A1 pode ser equipado com o motor Diesel de 1.6 litros TDI com motor de 105 cv são utilizados. O sistema de injeção Common Rail opera com quatro injetores e é caracterizada por uma excelente relação de performance, conforto e acústica do motor. Assim, esta unidade consome uma média de 25 Km/l. Ainda mais impressionante: os níveis de emissão. Com 103 g de CO2 por quilómetro. É claro que ele cumpre o Euro-5 padrão de emissões.

Fonte: Audi press