Dupla feminina da Renault do Brasil completa Rallye des Gazelles pelas areais do Saara

Após duas semanas de muito esforço e trabalho em equipe, as funcionárias da Renault do Brasil Assiane Adada e Valérie Vilatte cruzaram a linha de chegada da 22ª edição do Rallye des Gazelles, a bordo de um Duster.

O maior rali do mundo disputado exclusivamente por mulheres teve início em 17 de março, quando 150 equipes partiram rumo ao Saara, no Marrocos, para a grade prova de resistência e técnica dividida em três categorias: Quadriciclo/Moto, 4×4/Caminhão e SUV.

A engenheira Assiane (única brasileira a participar da competição) e a francesa Valérie, analista de engenharia e desenvolvimento de produto, terminaram na 10ª posição na categoria SUV. Para participar, a dupla aprendeu técnicas de pilotagem nas dunas e de navegação com bússolas e mapas, pois o uso de GPS não foi permitido pelas regras da competição. Elas encararam representantes de 33 países, incluindo Reino Unido, Estados Unidos, França e Canadá.

Para chegar ao Marrocos, Assiane e Velérie venceram uma seleção com 220 candidatas do mundo inteiro. A dupla integra a rede Women@Renault, um plano lançado em março de 2010 com o intuito de reforçar a importância da mulher entre os colaboradores da marca no mundo inteiro.

Articulado em três níveis: evolução dos processos de recursos humanos (RH), mobilização dos talentos femininos e mudança de percepção, o projeto tem como objetivo recrutar 30% de mulheres para os cargos técnicos e 50% para os perfis comerciais. A intenção é garantir que, para cada função gerencial em aberto, pelo menos uma mulher faça parte da lista de candidatos potenciais. 

Leia também:

Land Rover confirma produção do DC100

Barrichello, Castroneves e Kanaan treinam nesta segunda

Button espera dar a volta por cima no GP da China

Fonte: Auto Estrada

Você também pode gostar...