F-3 Brazil Open: Lucas Foresti e Vinícius Alvarenga são os campeões da edição 2012

Piloto brasiliense dominou o fim de semana e conquistou o bicampeonato no torneio de forma consecutiva. Alvarenga, por sua vez, levou a melhor na divisão Light, que teve quatro vencedores diferentes em quatro corridas

Lucas Foresti e Vinícius Alvarenga, dois jovens talentos do automobilismo brasileiro, conquistaram neste domingo (22), em Interlagos (SP), a terceira edição do F-3 Brazil Open – torneio idealizado pelo ex-piloto Roberto Mourão. 

Na divisão principal, que utiliza os modelos Dallara F-309 da F-3 Sudamericana, o brasiliense Lucas Foresti chegou ao bicampeonato. Ele havia conquistado o Open de 2011 de forma invicta, e neste ano venceu novamente as quatro corridas do fim de semana. Já Alvarenga, que disputou a Fórmula Futuro em 2010 e estava a sete meses longe das pistas, recuperou sua melhor forma ao longo da competição e venceu justamente na corrida que lhe valeu o título.

A pova final deste domingo foi a mais movimentada desta edição do torneio. A principal característica da pilotagem de Foresti, que se mostrou a capacidade de abrir vantagem nas primeiras voltas e administrar o restante da corrida, foi testada três vezes. 

Ainda nas primeiras voltas, um incidente entre Pipo Derani e Victor Guerin na Curva do Lago ocasionou uma intervenção do safety-car, que reagrupou o pelotão. Na relagarda, um novo acidente. A demora na saída do carro de segurança provocou uma confusão nas parte final do grid, que provocou o abandono de Igor Hoffmann, Fabiano Machado e Ricardo Landucci.

Por isso, a direção de prova teve de intervir com uma bandeira vermelha para que os carros fossem rebocados até os boxes. O procedimento acabou prejudicando o então líder da classe Light, Victor Franzoni, que enfrentou um problema de embreagem durante o segundo alinhamento no grid e não conseguiu largar para defender a posição que lhe daria o título.

Na terceira e definitiva largada, Foresti manteve a liderança e cruzou a linha de chegada em primeiro. André Negrão, que sofreu com problemas no carro durante a maior parte do evento, conseguiu se recuperar na final e garantiu o vice-campeonato – repetindo o resultado obtido na primeira edição do Open, em 2010. 

"Esse autódromo é uma coisa espetacular. E para andar aqui o Cesário já tem a mão do carro, então são poucas as coisas que precisamos ajustar para ficarmos competitivos. A equipe está de parabéns pelo trabalho que fez para eu poder vencer essas quatro corridas e me tornar bicampeão do F-3 Brazil Open", destacou Lucas Foresti, que vai disputar a temporada 2012 da World Series by Renault. "Encarei cada relargada como uma oportunidade de aprendizado. Cada corrida é uma experiência importante. É muito bom ganhar, ainda mais sendo difícil assim, com safety-car, aquela confusão na sua cabeça de não saber se vai largar nessa ou na outra volta. Então eu acho que quanto mais dificuldade nesse momento, melhor para a minha carreira daqui para frente", completou Foresti, que ainda estabeleceu o novo recorde oficial para o autódromo de Interlagos, com uma volta em 1min30s270.

O aprendizado promovido pelo F-3 Brazil Open também foi ressaltado por André Negrão, que também usou o torneio como preparação para o campeonato da World Series. 

"Considerando que tivemos uma série de problemas de motor e chassi no começo do Open, terminar com o vice-campeonato foi muito bom. Foi um fim de semana de muito aprendizado com todo o trabalho que tivemos de fazer no carro", comentou.

Enquanto a categoria principal teve apenas um vencedor, a divisão Light do F-3 Brazil Open, que usa os modelos Dallara F-301, apresentou uma nova geração de pilotos que está ingressando no automobilismo. Assim, terminou o evento com quatro vencedores diferentes em quatro corridas, e o título de Vinícius Alvarenga seguido por Raphael Raucci. 

"No sábado larguei em último, mas me aproveitei de alguns acidentes e já estava em primeiro na minha categoria quando o carro voltou a apresentar um problema. Hoje, mais uma vez fiz uma ótima largada e assumi a liderança. Tive um problema de embreagem, mas consegui vencer e isso foi muito bom. A única corrida que não tive problemas foi a mais importante do fim de semana, e venci", contou Alvarenga.

Raucci, por sua vez, comemorou o vice-campeonato em sua estreia com carros de Fórmula 3. O atual campeão paulista de Stock Júnior correu em Interlagos supervisionado por um dos mais conhecidos preparadores do automobilismo brasileiro: Luiz Trinci, o Dragão.

"Estou muito feliz. Venci a primeira corrida do Open, terminei como vice-campeão, foi muito legal. Minha expectativa era só colocar o carro na pista e treinar, sem me preocupar com resultado. Então foi bem melhor do que a gente imaginava", destacou Raucci.

Confira como terminou o F-3 Brazil Open 2012:

1) Lucas Foresti (A), (16 voltas) 28:20.441
2) André Negrão (A), a 9.648
6) Vinicius Alvarenga (B), a 25.158
5) Raphael Raucci (B), a 26.485
4) Pipo Derani (A), a 8 voltas
7) Victor Guerin (A), a 8 voltas
3) Victor Franzoni (B), a 9 voltas
8) Higor Hoffmann (B), a 10 voltas
9) Fabiano Machado (A), a 10 voltas
10) Ricardo Landucci (B), a 10 voltas
11) Roberto La Rocca (A), a 13 voltas

Melhor Volta: Lucas Foresti (1), 1:30.270 (média de 171,844 km/h), na 4ª volta

Veja quem foram os campeões em todas as edições do torneio:

2012
Lucas Foresti (BRA) – Categoria A – Equipe: Cesário Fórmula
Vinícius Alvarenga (BRA) – Categoria Light – Equipe: Cesário Fórmula

2011
Lucas Foresti (BRA) – Categoria A – Equipe: Cesário Fórmula
Raphael Abbate (BRA) – Categoria Light – Equipe: Cesário Fórmula

2010
William Buller (IRL) – Categoria A – Equipe: Hitech Racing Brazil
Leandro Florenzo (BRA) – Categoria Light – Equipe: RC3 Bassani Racing

Fonte: Inova Comunicação

Você também pode gostar...