Kia Optima chega por R$ 96.900 para brigar com Série 3

Ele estava prometido desde o ano passado. Mas só agora a Kia estreou o Optima no mercado brasileiro. O sedã, que chega para substituir o Magentis, que deixou de ser importado em 2010, já está nas concessionárias da marca coreana, oferecido em duas versões: a de entrada, por R$ 96.900 e a topo de linha, que custa R$ 106.900.

O Optima vem preencher uma lacuna entre o Cadenza e o Cerato e tem um objetivo claro: tentar tomar uma fatia do segmento disputado por BMW Série 3 e Mercedes-Benz Classe C. Os argumentos do modelo coreano começam pela vasta lista de itens de série. Na versão "básica" ele sai de fábrica com ar-condicionado digital dual-zone, direção elétrica, seis airbags, freios ABS com EBD, controle de tração, controle de estabilidade, sistema de fixação de cadeirinhas – Isofix -,bancos de couro, sistema multimídia com entrada para iPod, computador de bordo com controles no volante, regulagem elétrica dos bancos, entre outros. A versão topo de linha acrescenta teto-solar panorâmico, faróis de xenon e sistema de partida sem chave.

Para fazer mover o três volumes está o motor 2.4 l 16V de quatro cilindros em linha a gasolina, que gera 180 cavalos de potência, e que trabalha em conjunto a uma transmissão sequencial de seis velocidades com paddle-shift – borboletas atrás do volate.

Leia também: 

MG – Com projetos de privatização desatualizados, BRs de Minas continuam com problemas

Crescimento da Chrysler nos EUA compensa crise da Fiat na Europa

SRT libera teaser final do novo Viper

Fonte: Terra

Você também pode gostar...