Mundial de Rali: Brasileiros não completam Rali da Suécia

Mini Cooper de Paulo Nobre e Edu Paula saiu da estrada e ficou preso em um banco de neve com o radiador quebrado.
Terminou neste domingo a segunda etapa do Campeonato Mundial de Rali, o Rally da Suécia. Disputada sob neve, a competição se mostrou um grande desafio para os competidores, inclusive para a dupla brasileira Paulo Nobre/Edu Paula, que não chegou ao final da prova neste domingo, após uma saída de pista quando restavam duas Especiais para o encerramento. A vitória ficou com a dupla finlandesa Jara-Matti Latvala/Mikka Anttila com um Ford Fiesta.

Nos três dias de competição, os brasileiros abriram as trilhas sendo o primeiro o carro a largar. Isso se tornou mais uma dificuldade para Nobre e Paula, que pegavam as estradas sem trilho e com pouca aderência. A situação poderia ser ainda mais complicada, mas a organização da prova passava um trator nas estradas durante a madrugada para tirar o excesso de neve por onde os carros passariam. Com uma espécie de pá montada em sua frente, o trator vai retirando o excesso de neve, jogando para as laterais e formando os bancos de neve ao lado dos trechos.

Na parte da tarde deste domingo, após todos os carros já terem percorrido as estradas uma vez, o trilho formado já permitiu aos brasileiros acelerarem mais, mas logo veio a saída de pista que os tirou do final do rali. "Ao contrário de ontem, hoje a parte da manhã estava muito pior de acelerar que a parte da tarde. Como nevou a noite, a estrada estava coberta por uma camada fina de neve que deixava todas as curvas muito lisas. Com o trilho na parte da tarde, afinal todos os carros já tinham passado uma vez, ficou bem melhor de acelerar e imprimimos um rítmo muito mais agressivo. Mas bastou uma curva em alta que escorregou um pouco mais do que esperávamos, para irmos pra vala!", disse. "Ahhh que frustrante! Faltava só uma Especial e o Power Stage! Quando o carro escorregou acelerei o que dava pra tentar escapar da vala e quando caiu não desisti e continuei acelerando de lado dentr o dela e quase consegui sair. Mas tinha uma senhora pedra que não só nos parou como furou o radiador, aí a temperatura subiu assim que a água foi embora e “game over”! Faz tarte do jogo, morremos lutando, mas não deu desta vez", completou o piloto claramente chateado.

A humildade e determinação dos brasileiros ao longo dos três dias de prova cativaram o público sueco, que revelaram sua torcida para o Mini Cooper verde e branco. "O público que lá estava disse que vários carros também quase caíram e que, infelizmente, justo o nosso acabou caindo! Fiquei impressionado com a frustração deles. Disseram que nós éramos a dupla eleita pelo público sueco para torcerem! É claro que não para ganhar nada, mas para chegar ao final e etc. Me impressionou o carinho que tiveram conosco! Nas entrevistas para a rádio do rali, os repórteres nos disseram que nossas entrevistas eram, de longe, as mais comentadas, twittadas e etc. Que o público adorou nossa humildade, sinceridade e espontaneidade ao final de cada Especial durante o rali! No local do acidente eles queriam, de qualquer forma, tirar o carro e nos fazer cheg ar ao fim, e quando disse que o radiador tinha furado e o carro não tinha mais como ficar ligado, a frustração foi grande e isso me emocionou!", contou Palmeirinha.

A próxima etapa do Campeonato Mundial de Rali será o Rally do México, entre os dias 8 e 11 de março.

A classificação final do Rally da Suécia foi:
1º Jari-Matti Latvala/Mikka Anttila (Ford Fiesta), 3h18min28s3
2º Mikko Hirvonen/Jarmo Lehtinen (Citroen DS3), a 16s6
3º Mads Ostberg/Jonas Andersson (Ford Fiesta) , a 38s8
4º Petter Solberg/Chris Patterson (Ford Fiesta), a 1min14s3
5º Evgeny Novikov/Denis Giraudet (Ford Fiesta), a 2min41s4
6º Sebastien Loeb/Daniel Elena (Citroen DS3), a 2min55s1
7º Henning Solberg/Ilka Minor (Ford Fiesta), a 3min49s5
8º Patrik Sandell/Staffan Parmander (Mini Cooper), a 5min08s9
9º Martin Prokop/Zdenek Hrüza (Ford Fiesta), a 5min30s0
10º Eyvind Brynildsen/Cato Menkerud (Ford Fiesta) , a 6min27s2

Classificação do Mundial de Rali:
Pilotos
1º Sebastien Loeb, 39 pontos
2º Mikko Hirvonen, 32
3º Petter Solberg, 29
4º Jari-Matti Latvala, 26
5º Evgeny Novikov, 21
6º Dani Sordo, 18
7º Mads Ostberg, 15
8º François Delecour, 8
9º Pierre Campana, 6
10º Henning Solberg, 6
11º Ott Tanak, 4
12º Martin Prokop, 4
13º Patrik Sandell, 4
14º Armindo Araújo, 1
15º Eyvind Brynildsen, 1

Equipes
1º Citroen WRT, 65 pontos
2º Ford WRT, 55
3º M-Sport Ford, 28
4º Mini WRC Team, 26
5º Qatar WRT, 8
6º Armindo Araújo WRT, 4
7º Palmeirinha Rally, 2

Fonte: crossbrasil

Você também pode gostar...