Pilotos da ATW/BVA entregam presentes para crianças com câncer

Dupla Cristiano Federico e Caio Lara pode conquistar o título na última rodada dupla da temporada da GT4. Provas serão dias 17 e 18 em Interlagos.

São Paulo (SP) – Os pilotos Osvaldo Federico e Cristiano Federico, pai e filho, em parceria com a Red Nose, um dos patrocinadores da Equipe ATW/BVA, fizeram uma doação ao Hospital A.C. Camargo, em São Paulo. Cris, que corre em parceria com Caio Lara com um Aston Martin Vantage e na última rodada da temporada da categoria GT4 a dupla precisa de dois pontos para se sagrar campeã, disse que esse ato de generosidade é realizado há muito tempo pela família Federico.

"Entregamos a eles roupas, brinquedos, como carrinhos e bonecas, material como lápis para pintar, canetas, agenda da ATW, entre outros materiais, para tentar auxiliar de alguma forma aquelas crianças que estão ali sofrendo com essa doença terrível", disse Cristiano.

Junto com Cris e Osvaldo esteve o vocalista Leandro Delta, representante da Banda Supersonix, que é apoiada pela família Federico. O grupo musical, autor da música tema da Equipe ATW/BVA, fará uma apresentação especial para as crianças na quarta-feira, dia 14 no Hospital A.C. Camargo.

A dois pontos do título

Apesar de só precisarem de dois pontos para garantir, matematicamente, o título da temporada da GT4, Cristiano Federico e Caio Lara prometem brigar pela vitória já na corrida do sábado, dia 16, no Autódromo de Interlagos. Os únicos adversários que podem atrapalhar a vida da dupla da ATW/BVA são Valter Rossete e Fábio Greco, que para manter as chances de conquista do título precisam vencer as duas e contar que Cris e Caio deixem de pontuar no final de semana.

Até agora, em 18 corridas no ano, os pilotos, que trocaram a Ferrari F 430 pelo Aston Martin Vantage, deixaram de marcar pontos somente na última prova da rodada dupla realizada no Velopark, quando foram atingidos pela Maserati dos vice-líderes. Em todas as outras 17 eles pontuaram. Até agora foram seis vitórias em 2011. A dupla líder tem 264 pontos contra 226 dos segundos colocados. Na GT4 a vitória vale 20 pontos.

"Esse tem sido o nosso propósito desde o início do ano. Claro que tentamos a vitória, mas queremos continuar a manter a regularidade nessas duas últimas corridas para ver se conquistamos o título. Sabemos que nossas chances são boas, mas nada está garantido", disse Caio Lara.

Como o carro novo de Cris e Caio chegou ao Brasil, eles devolvem para Osvaldo Federico o Aston Martin Vantage, que foi emprestado para as duas últimas rodadas duplas, realizadas em Campo Grande e em Nova Santa Rita, Rio Grande do Sul.

Fonte: ZDL

Você também pode gostar...