RJ – Fiscalização circulante do Detran vai agir em 17 áreas nos próximos dias

De 10 a 16 de abril, o Detran vai agir com sua nova modalidade de Fiscalização Seletiva Eletrônica, a Circulante, em 17 áreas distintas da Região Metropolitana, incluindo as Linhas Vermelha e Amarela e no Leme, Copacabana, Gávea, Barra, Recreio, Duque de Caxias, Niterói e São Gonçalo.

Esse tipo de ação, denominada de FES Circulante, detecta veículos em situação irregular — como, por exemplo, a inadimplência do IPVA –, através de câmeras situadas em viaturas que transitam pelas ruas, avenidas e vias expressas, onde as operações comuns seriam tecnicamente desaconselháveis por provocarem retenções no trânsito. O mesmo equipamento informa também aos agentes se a Carteira Nacional de Habilitação do responsável pelo carro está suspensa ou vencida.

Segundo o presidente do DETRAN, Fernando Avelino, o objetivo da fiscalização não é surpreender o motorista, mas, basicamente, alertá-lo para que regularize a situação do seu veículo ou da sua CNH.

Avanço tecnológico

Cada comboio da FES Circulante é integrado por quatro veículos (a viatura aparelhada com um sistema de leitura de placas, duas motos da Polícia Militar e um caminhão-reboque). Descoberto o carro em situação irregular, os PMs das motos, avisados por rádio, determinam que o mesmo seja estacionado e, em seguida, agentes do Detran registram a apreensão. Depois disso, o carro, é colocado no reboque para ser conduzido ao depósito. Tudo sendo realizado sem problemas para o trânsito, embora em ruas e avenidas das mais movimentadas, como a Av. Vieira Souto, em Ipanema, e a Avenida Brasil.

Além das áreas e vias já citadas, a FES Circulante está programada para agir, até segunda-feira, no Centro do Rio, em São Cristóvão, Ipanema, Leblon, Lagoa, São Conrado, Jacarepaguá e Sulacap. Vale salientar que a nova modalidade veio se somar às duas outras que já vinham sendo realizadas: a Fiscalização Eletrônica Seletiva Fixa (FES Fixa), em que o sistema do Detran opera integrado ao sistema de câmeras fixas da Prefeitura do Rio; e a Fiscalização Eletrônica Seletiva Móvel (FES Móvel), que é operada por viatura do Detran estacionada na via pública.

Assim, no mesmo período de sete dias, haverá fiscalização pela FES Móvel em Araruama e Macaé e pela FES fixa na Barra da Tijuca.

Fonte: correiodobrasil.com.br

Você também pode gostar...