RS – Motoristas devem ter cuidado com controladores

Os sete controladores de velocidade instalados em julho do ano passado na BR–386, no trajeto de ida e volta entre Santa Cruz do Sul e Porto Alegre, começarão a multar os motoristas infratores no próximo mês, em data ainda não definida. Entretanto, os motoristas que circulam pela rodovia já devem tomar cuidado, pois poderão ser autuados mesmo antes de abril. O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) está concluindo o software que faz o cadastramento e a finalização das multas para iniciar a efetivação das cobranças. Enquanto isso, os equipamento já estão fotografando todas as infrações no trecho. Pelo Código de Trânsito Brasileiro, os registros têm validade de um mês. Dessa forma, quem for fotografado hoje, por exemplo, receberá a multa caso a instalação do sistema seja finalizada até o dia 26 de abril.

Em funcionamento desde janeiro, os aparelhos instalados entre os quilômetros 446, em Canoas, e o 402, em Triunfo, fotografam as placas dos veículos que passam acima da velocidade permitida na faixa. Esse registro serve como base para a aplicação da multa, ou seja, é essa ferramenta que irá possibilitar que o Dnit notifique o condutor multado. Apesar de estar infringindo a lei, os motoristas que forem flagrados até 30 dias antes da inauguração do sistema não irão precisar pagar a multa e nem perderão pontos na carteira de habilitação. Na maioria dos casos, os condutores nem ficam sabendo que ultrapassaram o limite de velocidade.

No trajeto de ida e volta entre Santa Cruz do Sul e Porto Alegre são sete pontos onde os motoristas serão fiscalizados. No sentido interior-Capital há quatro aparelhos, enquanto no sentido Capital-interior estão operando três equipamentos. A previsão inicial do Dnit era instalar nove controladores no trecho onde 30 mil veículos trafegam por dia.

Fonte: www.gaz.com.br

Você também pode gostar...